quinta-feira, 16 de abril de 2015

Tirei folga da minha filha

O que é que qualquer quase todas as mães fariam numa folga? Ficariam com os filhos. Eu não, desta vez não. Precisei de ser só a Joana por umas horas. Precisei de me mimar e ser um bocadinho egoísta.

Primeiro tive exames médicos, o que me ocupou a manhã quase toda. Depois fui tratar de coisas, pôr relógios a arranjar e coisas que tais, que estavam pendentes há séculos. Depois, fui comprar pijamas e bodies para a Isabel. Onde? Primark. Sim, e respondendo a uma boquinha da Joana Gama no outro dia, a mãe betinha, além de comprar em lojas portuguesas, compra na Primark. Fui às compras de coisas que "fazem falta" à Isabel, mas - quem é que eu quero enganar? - já ia com ela fisgada para as roupas de gaja. E gostei da sensação! Gostei de estar nos provadores e um 38 me servir e ainda ficar folgado. Gostei de estar a pensar no que é que fica bem com o quê e que peças de roupa vão ter um caso. Outras só se vão enrolar na máquina de lavar.

A seguir ainda fui a uma sapataria tentar encontrar umas alpercatas ou uns ténis com sola ou algo do género, mas 41 não é assim tão fácil. 
O quê?!! Tem 41 destes? E destes também? 50% de desconto? Levo já! Experimentei, claro, não sou assim tão maluca porque há 41s e 41s e o meu 41 tem de ser um bom 41... Ainda bem que a minha filha tem pé pequenino e que se preserve assim  - não um 18, credo! - mas que não tenha de passar pelos dramas da mãezinha dela, a sentir-se a Anastásia e a Drizella, ou lá como se chamavam as irmãs da Cinderela.

Compras feitas, qual Carrie Bradshaw versão pobre, lá fui eu a correr (de carro, que estes músculos não vêem exercício há 8 meses) buscar a minha filha. Às 16h saltou para o colinho de sua mãe, mas ainda teve de levar com uma ida rápida às compras para a casa. Adorou andar no carrinho das compras (só com estas idades para gostarem de se enfiar num supermercado!) e eu também adorei tê-la comigo. Deve ter sido por ainda não querer pôr tudo para dentro do carrinho e ainda não fazer birras de morte.

Casa. Brincadeiras no chão. Colo. Birrinha. Sopa. Então e como é que eu lhe consegui dar a sopa? Cozi esparguete. Foi tudo, uma maravilha. O que ela se diverte a chupar o esparguete e a dar-me a mim para ver aquilo pendurado até eu comer tudo! Por pouco não fomos a Dama e o Vagabundo naquela cena mítica do beijinho.

Banho e cama. Adormeceu em 2 minutos, nem deu tempo para aquecer o meu colo, nem para a pôr na cama e adormecer sozinha (há uma semana que eu e o pai estamos a conseguir que adormeça na cama dela).

Lá fui namorar as minhas compras, que é como quem diz tirar as etiquetas. Sinto sempre que compro etiquetas com um bocadinho de roupa à volta.

Cá estão:

A mala de fim-de-semana, que já andava fartinha do meu trolei todo desconjuntado

As duas gajas que há em mim: a das jardineiras e a do vestido comprido


Tem folhos e coiso.

Não vou para a Lua. Juro que calçados ficam lindos.

Joana Gama, ias adorar estes não ias? Não, para a Irene NÃO!


Sandaleca básica daquelas "não-aquece-nem-arrefece-mas-também-não-envergonha" para o dia-a-dia


Mais alguém que também tire folgas dos filhos?



15 comentários:

  1. Que alpercatas tão giras! Podes dizer de onde são? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comprei na Gardénia do Dolce Vita Tejo. :) e ficam um mimo calçadas

      Eliminar
  2. Sim!! Para ir correr 1 horinha pelo menos uma ou duas vezes por semana. Estou ainda de licença, e acaba por ser o meu escape às fraldas, maminhas e afins... mas quando volto já estou a morrer de saudades...
    Quanto a compras descobri no outro dia que a Zara do Colombo tem um provador gigante que cabe lá o carrinho e muito mais. Foi uma festa :D

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Oh, obrigada, preciso de uma para a minha segunda bebé e andava a namorar uma na misako, mas lá deve ser mais barato, nem me lembrava que também têm malas de viagem

      Eliminar
  4. Oh, que compras giras. :) Eu também gosto de ter os meus momentos de folga.
    As sandálias são da Primark? São mt giras. Também adorei o vestido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo Primark, menos os sapatos/alpercatas. Beijinhos

      Eliminar
  5. Ai o vestido é a minha cara! Adoro!
    Eu tiro umas folgas um pouco mais prolongadas pois viajo com regularidade em trabalho. Nos primeiros dois dias ainda se aguenta bem, não há jantar para fazer, roupa para apanhar, banhos para dar...uma maravilha! Há pequeno almoço de hotel, quem nos arrume o quarto, fazer sempre as refeições na rua...mas depois as saudades apertam e aparece vir a correr do outro lado do mundo para casa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagino! Quando tive dois dias sem ela, já estava a bater mal!
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Adoro as sandálias, tenho de lá ir!
    E tirar uma folguinha para nós é óptimo: amo muito o meu filho, mas é bom poder ir às compras despreocupada!

    ResponderEliminar
  7. Costumo tirar uma a duas vezes por mês. :)

    ResponderEliminar
  8. Costumo tirar uma a duas vezes por mês. :)

    ResponderEliminar
  9. Compras lindas :-)

    Há uns meses, talvez 1 ano, ir às compras com a minha filha até não fazia mal, agora (21 meses) é mais dificil... Se estiver no chão claro que mexe em tudo o que está nas prateleiras, se estiver no carrinho é certo que as compras vão ficar todas prensadas, tipo carro velho na sucata (eheh).
    Agora costumo ir à hora de almoço assim numa rapidinha (não dessas rapidinhas LOL, mesmo, mesmo a despachar).
    E até gosto, porque o fim de semana fica mais livre para brincar e estarmos com ela :-)

    ResponderEliminar