Mostrar mensagens com a etiqueta Joana Paixão Brás. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Joana Paixão Brás. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Caguei no blogue.

Há dias em que não apetece. Como em qualquer trabalho. Como em qualquer relação. Até como em alguns momentos no papel de mãe.
Há dias em que apetece faltar ao trabalho, mas não convém. Não sem justificar a falta. Não sem dizer alguma coisa às pessoas que aqui aparecem religiosamente todos os dias (obrigada).
Publicamos por aqui todos os dias - começámos a saltar o sábado, porque achámos que merecíamos algum descanso. De resto, é muito, muito raro falharmos (muito menos às 21h, o primetime). É como se fosse um canal de televisão, nunca encerra, muito menos a esta hora. Podia escrever um post sobre a vacinação e o sarampo, mas sinto que já fui tudo dito (blogues, imprensa, FB). Podia desabafar sobre estar 24h/24h horas com um bebé em casa, mas não estou para aí virada. Podia fazer um compile do que foi acontecendo estes dias, mas para isso há o instagram.

Há dias em que gosto mais de estar por lá. Será que é porque o sinto mais como um hobby? Será porque adoro fotografia e acho um piadão aos stories? Será porque dá menos trabalho? Não sei. É injusto e sinto-me muitas vezes como se estivesse a trair esta relação com o blogue, uma relação muito mais duradoura e que me dá muito mais: mais prazer, mais leitoras, mais feedback e também mais dinheiro (sim, não vou negar o evidente). É este casamento que eu quero manter e é também por isso que dá tanto trabalho (e prazer, tipo pescadinha de rabo na boca).

Mas hoje... hoje caguei no blogue. 

Vou aproveitar que elas já estão a dormir para:
- ver um episódio do Por Treze Razões (sabem do que estou a falar)?
- comer um quadradinho de chocolate 75% cacau e beber um cafezinho
- desfrutar um bocadinho do sofá até adormecer. [ou até uma delas me acordar rrrrrr].

O meu patrão vai compreender. Sou eu.










............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Dicas para o desfralde?



A Isabel e a Irene estão em processo de desfralde. A Isabel ainda usa fralda para dormir e a Irene ainda usa fraldas para fazer o nr.2. O "ainda" está ali a chatear-me, como se o normal fosse já não usarem. O normal é ir ao ritmo deles. E, por isso, decidimos gravar um vídeo sobre desfralde, comandado por eles. Estamos cá para ajudar, para incentivar, mas neste caso - e noutros - "o filho é que sabe". 


Foi muito divertido filmar as miúdas neste capítulo tão importante na construção da autonomia delas. Estavam todas orgulhosas a explicar tudo (a Irene é a coisa mais querida e explica-se tão, mas tão bem) e, além de terem feito uma degustação de toalhitas Kandoo - calma foi só com o olfacto, se bem que a Luísa chamar-lhes-ia um figuinho - pode ser que entusiasmem também os vossos filhos. 

Já conheciam estas toalhitas que, além de terem aromas, podem ser deitadas na sanita? São toalhitas próprias para que eles se limpem sozinhos e a verdade é que agora a Isabel não quer outra coisa - e eu orgulhosa fico de ver tanto desembaraço.

Se tiverem mais dicas a partilhar, sintam-se à vontade. E bons desfraldes!





............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Qual a idade certa para ir ao cinema?

Claro que dependerá de cada criança e do filme. Já andávamos louquinhos para levar a Isabel ao cinema há quase um ano, mas esperámos até que fizesse os três anos. Esperámos que visse filmes da Disney e Pixar inteiros (o primeiro que viu foi o Frozen, já viu Toy Story, Nemo, Mínimos) e lá achámos que era altura.

Fomos ver o Bailarina, ao El Corte Inglés - os melhores cinemas, na minha opinião -, e para a estreia acho que houve muita poupa e circunstância - bailarinas a receberem-nos à chegada, actuação de bailado, actuação da Mia Rose com o Miguel Cristovinho (que são quem dá voz às personagens principais) e - o mais engraçado - o dress code era, claro está, roupa de bailarina e ela e a prima Alice foram equipadas a rigor. Estavam tão queridas!

E depois o filme, com direito a pipocas. Eu gostei muito do filme de animação, bonito (músicas lindas), engraçado e bastante realista. A Isabel nem tanto. Apercebi-me, por comparação com a prima, que a Isabelinha é muito sensível (não é defeito, que disparate, é feitio). Não só fica assustada com os maus (e há uma bruxa bastante mázinha e realista), como chora quando as personagens choram, quando "sofrem", quando lutam. É um docinho. Pediu-me algumas vezes para irmos embora e acabámos por dar um intervalo mais para o fim, mas eu queria - não sei se bem ou mal - mostrar-lhe o final e que tudo acabava bem. 

Saí de lá a achar que ela teria pesadelos, mas na verdade não. Teve um com uma colega da escola que lhe roubava o pão entretanto.

No dia seguinte contou a uma amiga nossa, toda orgulhosa, que tinha ido ver o filme da bailarina. Fica a experiência. A repetir. Só não sei bem quando.

Quando começaram a levar os vossos filhos ao cinema? 


Os collants eheh

Concentradíssima






............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Miúda, miúda

As fotografias ficam sempre aquém do que ela é. 
Da astúcia, da meiguice, da malandrice. 
Esta miúda é um furacão. 
Mesmo com mais tempo, às vezes apresso-me e apresso-a.
Tiques de muitos anos, que demoram a sair da pele. 
No outro dia disse-me "vá, estou atrasada para o parque!". 
Esponjas, esponjas. 
E não é bem isto que eu quero que ela absorva. 
Quero que saiba que temos tempo. Para o que interessa temos tempo.

Aprendeu a deitar a língua de fora, quando se zanga. A dizer "és má" e "és mau".
Mas também aprendeu a dizer que "a mana não é má" quando ela faz algum "disparate".
Ou "o Pipo não é mau", quando me zango com ele.
Tem um sentido de justiça qualquer, uma pureza que me fascina.
No outro dia eu disse "mau, Maria" e caiu o Carmo e a Trindade. "Não sou má, Maria". Até chorou. Claro que não, filha, nunca disse que eras má. És boa.
Há equívocos ainda, muitos.
Mas sei que lá no fundo sabe que a adoro e confia muito em mim.

Começou a falar em cocó e em xixi com risinhos parvos (a que eu acho imensa graça).
Começou a responder "nada" para se esquivar quando lhe pergunto "o que estás a fazer, filha?".
Começou a ter um sentido de posse mais apurado, agora com a irmã.
Mas também calha emprestar-lhe alguma coisa, perguntar à irmã se quer brincar com ela, ajudar a distraí-la no carro quando vai a chorar, dar-lhe a mão e fazê-la rir.

Amo-a. Com tudo o que ela é.
Com os choros (às vezes tenho a sensação de que chora muito, mas ainda bem que se expressa),
Com as birras.
E com o mau feitio.
Com os desafios, as patetices, o bicho carpinteiro, os "nãos" e os gritos.

Ela é tudo isso e é muito mais.
Isabel, meu amor.


As flores que ela plantou com o João.

Toda orgulhosa.
 
Depois, explicou-me que aquelas não se podiam apanhar, só as selvagens.

Levamos o selvagem muito à letra cá em casa, como podem ver pelas ervas que crescem em todo o lado eheh



Estas eram para a avó





Vestido - Boboli
Sandálias - Maria Pipoca

............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

domingo, 16 de abril de 2017

Somos muita feios todos.

Sim, sou uma babada em tudo o que à minha família diz respeito. Gosto de nos ver juntos, com roupas a combinar ou de pijamas desemparelhados e cheios de remelas num domingo de manhã. Por alguma razão - talvez vaidosice ou aquela mania romântica com que a Joana Gama goza - acabo por escolher para aqui as fotografias de que gosto mais. Mas quem me segue nos stories do instagram já me viu de pijama de urso polar, a lavar a louça ou numa tentativa de spa na banheira da casa de banho - claro que tive de me limpar a correr porque a Luísa acordou. A vida como ela é. Mas esta também é a nossa vida: mesmo que a posar para a lente. Somos nós. Mais arranjadinhos, mas nós. Juro que o facto do David também estar a combinar não foi propositado, mas delirei quando o vi assim. Pirosos. Amorosos. 

Feios, para uma ou outra e mais que venham. Somos muita feios todos. Ou será que queriam dizer FELIZES? <3


O tio Frederico a fazer macacadas para elas se rirem







Apesar da minha postura que não lembra ao Diabo - e como me disseram no instagram, vem aí a terceira (ahahah) - amo esta foto!


Sandálias - Maria Pipoca
Vestido Isabel - Boboli
Túnicas Luísa e Joana (já de colecções passadas) - Ivens

............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

Páscoa assim.

Espero que tenham tido uma Páscoa tão feliz quanto a nossa! Não houve viagens nem passeios, mas houve família (vejam nos stories do instagram a minha avó a dançar eheh), docinhos e até direito a uns mergulhos. A Luísa é louca por água. A Isabel fica até ficar roxa e nunca tem frio (já fui assim!). Obrigada, querido Abril.

Bom, mas bom.


















Fato de banho Isabel - Principessa 
Bóias - Primark
Braçadeiras - Imaginarium

............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

O primeiro gelado da Luísa

Mentira, que já tinha provado dos meus saudáveis (à colher), mas agora foi o primeiro gelado oficial só dela. Pensei dar-lho eu (até para não sujar o fofo novo), mas a miúda já está habituada a ser ela a comer pela própria mão e ia armando um escarcéu. E lá lho dei para as mãos sapudinhas.

Ora, o gelado é nada mais nada menos que um bocado de água com um morango cortado lá para dentro e ela chamou-lhe um figo. Já tenho um de tangerina preparado no congelador. Estranhou os pingos do gelo a derreter nas mãos e nas pernas, mas não se incomodou por aí além. Fica a dica para os bebés que estiverem agora aflitos com os primeiros dentinhos.

E por falar nisso, começámos agora a usar o colar de âmbar (sou uma pessoa um bocadinho céptica, mas deixa lá ver. Tiro-o quando a miúda dorme para ficar mais descansadita e lá que lhe fica giro, fica!).















Fofo e laço - Principessa (ao vivo ainda é mais lindo!)
Colar - Welove Âmbar
Formas de Gelado - Tiger? Casa? Primark?
(Não me recordo, mas há em todas)

............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Enfiava-me já dentro de uma banheira do novo gelado da McDonald’s



Se é para sonhar, sonha-se alto. Fica a dica para os senhores da McDonald’s, já que estão numa de novidades: uma espécie de SPA com gelado N’Ice Fruit morango (99% fruta), que é tão mas tão bom para quem, como eu, anda a ver se perde o ar de texiguinho (nada contra, são fofinhos, mas gosto mais de gazelas). 

Ontem tive a oportunidade de conhecer o primeiro quiosque “The Ice Spot by McDonald’s” que não é mais do que um quiosque (boa, Joana) independente do restaurante, onde se pode comer não só os tão famosos Sundae e Mcflurry, como também este novo geladinho saboroso, que pode ser servido em copo ou cone, e ainda se pode personalizar o gelado com toppings líquidos e crocantes. São os Spot The Cone (ou Spot the Cup). As gulosas como eu caíriam na tentação de mandar mini-suspiros, brownies, triple chocolate, caramelo salgado, cookies, smarties, amêndoas caramelizadas ou pistácio, tudo para cima do gelado, que eu sei. Já estão para aí a salivar, também sei. E há ainda os toppings líquidos: chocolate, caramelo, morango ou maracujá. Isto tudo numa outra gelataria sairia os olhos da cara, mas ali fica baratíssimo, o que também é apelativo. 

Agora tenho a boa notícia para as pessoas da margem sul ou para quem, como eu, vá à praia para aqueles lados e depois passa ali a comer um gelado: o primeiro The Ice Spot é no Almada Forum. As restantes vão ter de esperar mais um bocadinho porque a McDonald’s prevê abrir 4 spots destes em centros comerciais até ao final do ano. 

Agora chega de paleio e vamos às imagens. Preparem o babete, que vão babar-se todas.



Eu e a minha texuguinha número dois, depois da praia

terça-feira, 11 de abril de 2017

Querem receitas saudáveis para a Páscoa?

Cá em casa é preocupação que se coma coisas o mais saudável possível. Não somos fundamentalistas, há dias em que entram na equação sobremesas com açúcar ou até batatas fritas, mas não fazemos disso hábito. À refeição há água - guardamos os sumos naturais ou estes de compra biológicos para dias de festa. Para o dia em que servem flocos na escola ao lanche, mando uns que a Isabel adora: quinoa, millet, trigo puff, arroz puff. Conseguimos substituir a 100% as papas de compra por papas de aveia, como vos contei aqui. Fazer coisas em casa, controlando o que se come, tem outro sabor. 
A Luísa, como sabem, é uma pequena debulhadora e até hoje ainda não me disse que não a nada (tirando a comida passada - e é por isso que começámos a fazer BLW -, mas agora até já aceita a colher e, por isso, vou-lhe dando de vez em quando papa de aveia - vê a irmã a comer e também quer; sopa; iogurte natural, etc, etc - quer é COMER!). Tenho partilhado algumas ideias e receitas nas stories do instagram.

Com o aproximar de épocas festivas, tentamos contrabalançar a oferta de doces com coisas saudáveis, que eles gostem, que fiquem atractivas ou que eles nos possam ajudar a fazer!  Há para todos os gostos: coelhinhos, ovinhos e um bolo mais simples que podem depois decorar. Vamos entrar no espírito da Páscoa?


PANQUECA COELHINHO



- 1 caneca de farinha com fermento (a farinha pode ser trigo integral ou até pode ser substituída por metade polvilho doce, metade polvilho azedo e uma colher de café de fermento)
- 1 caneca de leite (podem usar leite vegetal, se preferirem)
- 1 ovo
- 1 banana
- 1 colher de sopa de azeite, óleo de amendoim (ou óleo de côco)

Numa tigela, junta-se o leite à farinha e mistura-se tudo com uma colher de pau. Parte-se o ovo para a tigela e continua-se a mexer. Acrescenta-se o azeite. Esmaga-se a banana e envolve-se no preparado. Aquece-se uma frigideira untada com azeite/óleo de amendoim, em lume médio. Deita-se uma a duas conchas de massa na frigideira. Frita-se as panquecas durante alguns minutos ou até que façam bolhas e as bordas fiquem douradas. 

Usa-se uma espátula para virar as panquecas e deixem-nas alourar do outro lado mais 2 minutos, ou até que estejam bem cozinhadas.

Depois a decoração: corta-se uma banana ao meio e coloca-se as orelhas, usa-se 6 palitos de aperitivo ou gressinos para fazer os bigodes e ainda uns bocadinhos de queijo fresco ou mozzarela para os dentes e o nariz pode ser com uma rodela pequenina de morango, por exemplo.
 
OVOS DE PÁSCOA ORIGINAIS


- 6 ovos
- 1 batata
- 2 colheres de sopa de maionese (faço caseira)
- 1 cenoura
- 2 colheres de chá de mostarda (opcional, eu não uso)
- ½ colher de chá de sal (de preferência marinho)
- Pimenta q.b.
- Azeitonas



Coze-se os ovos, a batata e a cenoura. Descasca-se os ovos (eles adoram ajudar, peçam-lhes ajuda!). Corta-se a tampa do ovo e retira-se a gema. Depois amassa-se a batata e a cenoura com um garfo e levam-nas ao liquidificador com as gemas, a maionese e a mostarda. Acrescenta-se o sal e a pimenta.
Bate-se até a massa ficar homogénea. Depois coloca o conteúdo num saco plástico limpo e seco, faz um furo numa das pontas e enche os ovos ocos com a mistura. Para fazerem o bico cortam bocadinhos de cenoura e para os olhos podem usar pedacinhos de azeitona.

Nota
Maionese: (faço caseira - é simples! 1 ovo, sumo de meio limão, sal q.b, bate-se tudo com varinha e depois acrescenta-se um bocado de azeite devagarinho - uns 100ml - continuando com a varinha mágica até ficar creme e já está!)



LANCHE DA PÁSCOA PARA OS COELHINHOS

Uma sandes de pão escuro com uma fatia de queijo; fiambre de peru cortado em forma de coelho, bocadinhos de cenoura para as miniaturas de cenoura, tomate “cherry” e alface para decorar. Um copo de leite para acompanhar e à sobremesa uma mini salada de frutas com banana e frutos vermelhos. Os coelhinhos vão ficar satisfeitos!


Estas e outras receitas para eles fazerem (ou fazer com eles) estão no Rik&Rok.


BOLO DE IOGURTE
do Na cadeira da Papa
(com pasta de tâmara em vez de açúcar)

- 2 iogurtes naturais (de 120-125ml) - uso iogurtes naturais bio da Auchan
- 2 ovos
- 1 copo de açúcar mascavado ou outro adoçante a gosto (uso pasta de tâmara)
- 1 copo mal cheio de óleo vegetal (usei de côco)
- 1 colher de chá de essência ou aroma de baunilha (opcional)
- 4 copos de farinha de trigo ou espelta
- 4 colheres de chá de fermento para bolos
  1. Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma com o óleo usado
  2. Numa taça colocar os iogurtes, os ovos, a pasta de tâmara, o óleo e a essência de baunilha. Misturar com as varas.
  3. Juntar a farinha de trigo e o fermento. E envolver até ficar sem grumos.
  4. Colocar a massa na forma.
  5. Levar ao forno por 30-35 minutos ou até o palito sair limpo.
Notas
- Usar o copo de iogurte como medida para os restantes ingredientes
- Se usarem tâmaras secas tenham o cuidado de demolhar para ver se retiram ao máximo o xarope de glicose em que são envoltas; se usarem pasta de tâmara convém dissolver num bocadinho de água quente











A Leonor do Na Cadeira da Papa deixou aqui o link para fazerem o download desta receita com símbolos para serem os filhotes a fazerem, tal como a Isabel está a fazer aqui.



Próxima coisa a experimentar: panquecas de espelta e alfarroba ou estes muffins de banana. (a adorar este site com receitas maravilhosas e, melhor ainda, com link para todos os ingredientes necessários!)


Inspirem-se e partilhem!
BOA PÁSCOA!
............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.