sábado, 18 de abril de 2015

Não têm vergonha de ir à praia?

Espero mesmo que não. Espero que uma coisa tão pouco importante vos retire a vontade de fazer algo que, além de vos fazer bem, faz bem a toda a família. Nada nos devia limitar a nossa liberdade, muito menos macaquinhos da nossa cabeça. Borrifem-se para isso! 

Lembrei-me de falar sobre isto porque vi este artigo há uns tempos. 

“Tenho estrias e uso biquíni. Tenho uma barriga que é permanentemente flácida de ter gestado três bebês e eu uso um biquíni. Meu umbigo é flácido... (que é algo que eu nem sabia que era possível antes!!) e eu uso um biquíni. Eu uso um biquíni, porque eu estou orgulhosa deste corpo e de cada marca nele. Essas marcas provam que eu fui abençoada o suficiente de carregar meus filhos e que a barriga flácida significa que eu trabalhei duro para perder o peso que eu podia. Eu uso um biquíni porque o único homem cuja opinião importa sabe pelo que eu passei para estar assim. Esse mesmo homem diz que nunca viu nada mais sexy do que o meu corpo, com marcas e tudo. Elas não são cicatrizes, moças, são estrias e você as ganhou. Ostente esse corpo com orgulho! #HollisHoliday”



Acho isto tão importante e tão bonito. Há mães que não vão à praia por terem vergonha das suas estrias de maternidade, do que o corpo conta que aconteceu, de como nasceu o amor da vida deles. Esta imagem, por muito "facebook" que possa ser, é mesmo o que eu sinto. 

E as estrias? Qual é, afinal, o nosso problema? A imperfeição é a única maneira de sermos perfeitamente humanas. Por que é que nos massacramos por sermos normais? 

Vi isto no buzzfeed (aqui) e decidi partilhar convosco. Está a haver uma nova moda pelo instagram: a de partilhar fotos de estrias com o hashtag #loveyourlines.














Somos miúdas. Somos mulheres. Somos mães. Somos esposas. Somos namoradas. Melhores amigas. irmãs. Colegas. Amigas. Somos tanta coisa... e vamos deixar que umas linhas nos definam para pior? Somos nós. 

Somos uma folha pautada, cheia de linhas. E então? 

Fico à espera de um convite para escrever para a Maria Capaz. Ahah.


17 comentários:

  1. Barraaaaaal! My savior. Escapei-me a essas malvadas!!! Mas acho q quem n escapou n tem nd q ter vergonha! A minha mae tem a barriga cheia de estrias e é uma jeitosa e usa bikini na maior!

    ResponderEliminar
  2. Eu não tenho "desculpa"... :) tenho imensas estrias no rabiosque e nada têm a ver com a bebecas. Parvoíces da adolescência. Mas tenho um umbigo flácido lindo!!!! :D

    ResponderEliminar
  3. Eu nunca vou deixar de ir a praia por causa do meu corpo! Confesso que ja houve alturas em que tive vergonha da minha barriguita (e ainda nao estava gravida) com os seus quilos a mais , e tentei disfarça-la com uns triquinis (ou la como se chamam) que comprei na altura ... mas um dia desisti por causa do calor que aquilo me dava e assumi os meus kilos a mais usando o belo do bikini. E de certeza que depois da minha menina nascer com esterias ou sem vou continuar a usa-lo!!

    ResponderEliminar
  4. Eu concordo com tudo isto, mas uma coisa é certa, mulher alguma se deve sentir bem com 20Kgs a mais em cima e, acreditem que existem muitas assim, que com a desculpa da materninade não cuidam de si... Não é uma cristica a ninguém, eu estou longe da perfeiçãp, não consigo fechar a boca e tenho preguiça de exercicio fisico. Ando a fazer um esforço para reverter tanta fraqueza, pois tenho saudades do meu corpo, por mim e não pelo que os outros pensam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo anónimo! Eu não tenho 20kg a mais,tenho apenas 4kg a mais,mas esse peso faz diferença num corpo de 1,51cm! Sinto-me uma bola! Fui à praia no outro dia (naquela semana da Páscoa) e confesso que me senti desconfortável com esta figura que teimou em ficar,mesmo depois do nascimento do meu pequeno. Mas este desconforto teve que passar,porque tive que ir brincar com os pequenos (tenho dois),correr, rebolar na areia,jogar à bola...sempre na esperança de queimar umas calorias!

      Eliminar
  5. Confesso que tenho alguma vergonha porque apesar se ter voltado ao peso antes da gravidez, fiquei com a barriga flácida e com bebé é preciso andar sempre curvada e faz ali a bela da bóia! E depois há aquelas mães jeitosas com bebés mais novos todas enxutas!

    ResponderEliminar
  6. Confesso que tenho alguma vergonha porque apesar se ter voltado ao peso antes da gravidez, fiquei com a barriga flácida e com bebé é preciso andar sempre curvada e faz ali a bela da bóia! E depois há aquelas mães jeitosas com bebés mais novos todas enxutas!

    ResponderEliminar
  7. Não tenho vergonha das estrias, são marcas de amor, já as varizes são outra história :-(

    ResponderEliminar
  8. eu tenho muita vergonha,,,, tenho 18 anos e tenho um bebe de 6 meses tenho estria no corpo todo, choro toda hora me sinto horrorivel minha amigas são lindas fico com vergonha de ficar de biquini perto de alguem.... não consigo superar :'(

    ResponderEliminar
  9. Tenho 25 anos e fiquei com muita estria na barriga. Hoje vou a praia sim mas morro de vergonha. Quando sento da pra ver quanto minha barriga é flácida. Já descobri mentiras do meu namorado e sempre penso que é por eu ser assim. Vejo nas revistas, facebook, nos sites pornos, ou revistas sexy, sempre mulheres com corpos perfeitos e penso onde é meu lugar na terra. Não sou a mais inteligente, nem consigo falar, sou fechada, séria, e alem de tudo corpo feio. Sinto que estou em depressao e pior não tenho dinheiro para psicologo. A vida é muito triste. Não sei como mudar minha auto estima assim. E pior quanto mais depressiva menos me movimento, ou seja menos emagreço e assim vai. É um ciclo triste.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha linda tenha orgulho de si,eu também gerei um filho que hoje tem 5 anos também tenho estrias na barriga e flacidez,o umbigo já era mas sabe o que aprendi com isso?Que cada vez que olho para meu príncipe eu faria tudo de novo, passaria por todas estas marcas novamente se fosse preciso.Vai por mim homem que troca a esposa ou mãe do seu filho por uma"durinha sem marca" mal sabe que um dia ela também ficará assim.Faz parte do processo de gerar um filho,de ter um amor maior que o seu coração. E se ame sempre,se achr linda afinal você precisa estar bem para fortalecer seu filho.Não se sinta menos que ninguém nunca,estamos juntas nesta luta.Um megaaa beijos pra ti.

      Eliminar
  10. No início do nascimento da minha filha, estava insatisfeita com meu corpo, sou magra, porém, minhas belas linhas não deixaram de aparecer.. Sentia-me mal, medo e mais um milhão de coisas juntas.. Cheguei a pensar que nunca mais poderia ir a praia, pois ainda me deixava influenciar pelos padrões de belezas inseridos pela mídia..
    Mas, quando olhei pra cama e vi minha bebezinha dormindo toda linda, pensei: -Porquê estou preocupada com isso, se na verdade deveria agradecer pelas minhas belas ondas naturais, pelas raízes que surgiram juntamente com o maior amor da minha vida? Sou linda, minhas ondas só aumentaram minha beleza natural..
    Amei o blog, com certeza vai incentivar mais mulheres mães a serem aquilo que são, a não se importar com a opinião alheia.. :*

    ResponderEliminar
  11. Eu também tenho estrias, confesso que no começo tive depressão, mas graças a Deus com o apoio familiar fui superando isso. Confesso também que ainda sinto vergonha do meu corpo, mas jamais deixo de ir à praia ou coisa do tipo. Afinal, eu sou como Deus quer e eu gerei a pessoa mais bela e amada desse mundo que foi o meu filhote Luiz Fernando de 4 anos e 5 meses. ����❤��

    ResponderEliminar
  12. Eu odeio minhas estrias moro no litoral e só vou a praia de roupa eu odeio o meu corpo a garvidez detonou com minha barriga,mi sinto menos mulher por isso minha oauto estima é lá em baixo vivo mi escondendo por causa das minhas Estrias elas são pretas e grossas é terrível tem dias q eu nem consigo nem olhar no espelho e muito Ruim😔

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não pensem assim.nada nem ninguém é prefeito....minha barriga era a minha dor de cabeça.decidi fazer uma abdominoplastia.e depois de tanto sofrimento as estrias e a flacidez ficou.não vale a pena criarmos ilusões....lembrem se que o mais importante e termos saúde.o corpo perfeito esta na nossa mente.sejam felizes.

      Eliminar
    2. Não pensem assim.nada nem ninguém é prefeito....minha barriga era a minha dor de cabeça.decidi fazer uma abdominoplastia.e depois de tanto sofrimento as estrias e a flacidez ficou.não vale a pena criarmos ilusões....lembrem se que o mais importante e termos saúde.o corpo perfeito esta na nossa mente.sejam felizes.

      Eliminar
  13. È tão feio as estrias,e não adianta nada tentarmos passar uma imagem que não estamos nem ai,hoje os 52 anos e meus filhos com 30 ainda odeio essas marcas,fiz abdominoplastia e flacidez foi embora,porém a vida nunca foi a mesma coisa,quando minha nora engravidou cuidei dela alimentação ,hidratação ,fortalecimento da pele ao sol etc... com 45 dias apos o nascimento a barriga já estava retinha e nada flácida ,sem uma estria ,linda,do mesmo jeito de antes de engravidar,só nos resta cuidar das mulheres que gostamos pra que isso não aconteça,não sou depressiva,sou pé no chão pelanca não é bonito façam a abdome pelos menos a barriga fica lisinha e disfarça as estrias :]

    ResponderEliminar