domingo, 5 de novembro de 2017

FORBES - A Mãe é que Sabe no TOP5 de blogues de família! OBRIGADA!

Há 3 anos, por estes dias, estávamos a escrever os primeiros textos daquele que viria a ser o nosso blogue, o a Mãe é que sabe. No meio de tantos blogues de família, não sabíamos bem no que iria dar, mas tínhamos sonhos. Talvez o nosso maior sonho fosse chegar a muitas pessoas e fazer a diferença, de alguma forma, na forma como se encara a maternidade. Mais do que um diário, tocar em assuntos que não víamos ser tocados em mais lado nenhum, ou não da forma que achávamos que mereciam, ou não da nossa forma. Quisemos, desde o primeiro instante, mostrar-nos como somos: felizes, infelizes, vulneráveis, fortes, despudoradas, mais ou menos românticas, parvas. Quisemos, desde o primeiro instante, falar de nós, das nossas dúvidas, das nossas certezas. Quisemos, desde o primeiro instante, comunicar. Não negamos (não negámos nunca) que, a par do puro prazer em escrever, em emocionar (e emocionarmo-nos), da necessidade em desabafar e em ter desse lado carinho e compreensão, de ajudar, da vontade de fazer rir, divertir, da vontade de debater e de informar, queríamos também deixar a nossa marca. Fazer uma marca. Criar. Sermos reconhecidas pelo nosso esforço. Sermos pagas para que pudéssemos investir neste cantinho, dar de nós, ver recompensadas as horas e os minutos que lhe dedicamos e em que podíamos estar a fazer outras coisas.

O meu maior desejo é, e sempre foi, partilhar. Emoções, ideias, descobertas. Partilhar amor. Desconstruir mitos. Crescer com a maternidade, tocar em feridas, desconstruir ideias românticas que às vezes fazem com que exijamos mais e mais da vida ou de nós e que nos fazem achar que somos más mães. Exorcizar demónios. Fazer um registo dos nossos dias, guardar memórias. Falar com humor das coisas mais corriqueiras. Falar a sério. Fazer listas parvas de coisas que observamos. Mostrar coisas de que gostamos, que compramos ou que gostaríamos de comprar, ou coisas que nos oferecem e achamos que merecem ser vistas, de marcas giras, de marcas pequenas, de marcas portuguesas, de marcas sustentáveis, de marcas grandes com as quais nos identificamos. Já fomos pagas para escrever. Já fizemos parcerias. Continuaremos a fazer. Sendo fiéis ao nosso estilo, aos nossos gostos. Já recusámos muita coisa com a qual não nos identificamos ou não consumimos ou não queremos que as nossas filhas consumam, nem aconselhamos que os vossos filhos o façam.
Já errámos, já dissemos disparates, já pedimos desculpas, já voltámos atrás, evoluímos e desejamos continuar a evoluir, como bloggers mas principalmente enquanto pessoas. Com a vossa ajuda, também. Quantas vezes já aprendi coisas com os vossos comentários ou com os vossos emails? Quantas vezes me deram coragem e força? Quantas vezes me emocionaram e fizeram chorar? Quantas vezes já corei na rua quando me abordaram e me disseram que gostam de nos ler? Quantas pessoas espectaculares já conheci à custa do a Mãe é que sabe? É impagável. Além de escrever ser altamente catártico, receber abraços em troca, perceber que de alguma forma ajudámos alguém, é a melhor sensação do mundo.

Temos responsabilidade também. Influenciamos. E não me refiro só às pessoas que começaram a fazer desporto impulsionadas por um post ou que foram fazer bolinhos de côco ontem depois da receita que sugeri nos stories do instagram. Ou que fizeram esgotar uns lápis que sugerimos ou um macacão que vesti. Influenciamos na forma como encaramos a vida, os afectos, de como gerimos as birras ou como resolvemos assuntos pessoais, que expomos aqui. É um peso enorme ler que, afastada de casa e dos amigos, somos as únicas pessoas em quem uma mãe emigrada confia. Isto tornou-se ENORME. 

E as coisas enormes às vezes também se tornam difíceis de levar ao colo. Ficam pesadas. Parecem maiores do que nós. Para o bem e para o mal, ter um projecto grande, que chega a tanta gente, é difícil. O escrutínio a que nos expomos, a dureza com que às vezes nos tratam, as palavras que nos dirigem vindas de almas a quem não conseguimos chegar e que se escudam atrás de um teclado, no anonimato, com a simples vontade de nos atacar para se sentirem superiores, sem nos conhecerem intimamente, sem saberem como estamos e de que forma algo nos pode afectar, é um jogo difícil de jogar. Já foi mais difícil, vai-se ganhando calo, criando uma capa, dizendo para nós próprias que aquilo que disseram sobre nós não nos define e diz mais de quem escreve do que de quem é alvo. É um processo. E faz parte. Assumir que nunca agradaremos a todos faz parte do crescimento. O lado positivo de ter o a Mãe é que sabe é mais forte. 

Eu, Joana Paixão Brás, e a Joana Gama, fazemos parte do Top 5 de bloggers de família mais influentes de Portugal, pela revista Forbes. Foi com uma enorme alegria e satisfação que recebemos esta notícia e este reconhecimento. Estar numa lista de bloggers, influenciadores, comunicadores tão experientes e conceituados soube-me a pato [Parabéns à Rita Ferro Alvim pelo primeiro lugar na categoria família, ela merece!]. É uma conquista que nunca imaginei ser possível em tão pouco tempo. É bom, mas bom. Deu-me vontade de sambar. É um "vale a pena", mesmo com todas as dores de parto, com todas as dúvidas e com todos os dias em que a inspiração demora a chegar.

Obrigada, Forbes.
Obrigada, Joaninha (Gama) por seres a melhor parceira [e amiga] que eu poderia ter.
Mas principalmente obrigada a vocês, que nos seguem, que nos lêem, que nos partilham, que nos motivam. 
São 3 anos muito bons. 

2018, nos aguarde.










 
Sigam-me também aqui: 


a Mãe é que sabe Instagram


15 comentários:

  1. Parabens amigas!! Voces merecem!

    ResponderEliminar
  2. PARABÉNS! {Não conheço o 3o e 4o lugar, mas cá para nós pynha-vos logo depois da Rita Ferro Alvim, porque o Bolg da Carlota não me é familiar o suficiente para estar nesta categoria }

    ResponderEliminar
  3. Parabéns!gosto muito do vosso blog. Continuem assim.

    ResponderEliminar
  4. Cocó na Fralda e a Mãe é que sabe são os meus preferidos! Parabéns! Continuem assim!

    ResponderEliminar
  5. Vocês merecem. Ao longo destes 3 anos tem sido um privilégio acompanhar o vosso crescimento... sim, as vossas filhas cresceram mas vocês também. E fizeram escolhas e mudaram de vida e arriscaram. A vossa autenticidade é desarmante. E é por ela que voltamos ao blogue uma e outra vez como se pegássemos no telefone para ligar a velhas amigas de sempre. Um beijinho e continuem, para mim o primeiro lugar era vosso :) Marta

    ResponderEliminar
  6. Eu punha-vos em 1ª lugar...por ser o blog mais autêntico, mais despretensioso, mais vida real e com 5 miúdas super giras!!
    Muitos Parabéns Joanas!

    ResponderEliminar
  7. Muitos Parabéns, vocês merecem por aquilo que escrevem e como escrevem. Só conheço o 1º e o 2ª lugar, mas eu diria que o 3º lugar vos calharia muito bem. Também não conheço o 3º e o 4º.
    Beijinhos Joanas

    ResponderEliminar
  8. Parabéns! É merecido, sem dúvida.
    Se vos colocaria no lugar mais no topo, talvez, mas não sou em quem avalio e como não sigo os outros blogs fica difícil comparar ;-)
    Continuação de muito sucesso e nunca percam a autenticidade :-)

    ResponderEliminar
  9. Parabéns a vocês! O mérito é todo vosso!!! Posso dizer-vos que se tornaram um vício! É muito bom encontrar duas "pessoas da vida real", bem diferentes, mas com as quais me identifico. Fazem-me rir, fazem-me chorar, dão dicas maravilhosas e fazem-me sentir uma pessoa também normal, com todas as minhas dúvidas, nesta viagem que é ser mãe! Obrigada. Continuem assim... autênticas! Sílvia P.

    ResponderEliminar
  10. Enquanto tecnica da educaçao e responsável por um infantário, inverti esta tendência com um projeto para o ano letivo, Faça Chuva ou Faça Sol, é o tema. Apoio de todos os pais e este ano vamos sair, sair..... no ERA UMA VEZ 1,2,3. www.eraumavez123.pt

    ResponderEliminar
  11. Enquanto tecnica da educaçao e responsável por um infantário, inverti esta tendência com um projeto para o ano letivo, Faça Chuva ou Faça Sol, é o tema. Apoio de todos os pais e este ano vamos sair, sair..... no ERA UMA VEZ 1,2,3. www.eraumavez123.pt

    ResponderEliminar