sexta-feira, 10 de abril de 2015

Somos 10 mil maluquinhas

Somos 10 mil...

mães-galinhas
mães descomplicadas
mães que tomam banho religiosamente todos os dias
mães que tomam dia sim, dia não
mães com cabelo oleoso
mães sempre impecáveis
mães que saem à rua de pijama
mães que calçam salto alto
mães que trabalham muito
mães que trabalham muito em casa
mães que trabalham muito fora e dentro de casa
mães que se dedicam a 100% aos filhos
mães que têm tempo para si
mães que amamentam
mães que não amamentam e gostavam
mães que não amamentam e estão bem com a sua decisão
mães que vestem fofos e golas aos filhos
mães que vestem fatos de treino aos filhos
mães que se sabem rir de si próprias
mães que choram de amor
mães gordas
mães falsas magras
mães fit
mães com olheiras
mães com corretor de olheiras
mães (bitches) que dormem a noite toda
mães com medos
mães seguras e otimistas
mães que andam sem vontade de fazer amor
mães que fazem sexo todos os dias (é tanga, não é?)


grávidas
mulheres que não são mães mas desejam-no
mulheres que ainda nem pensam em ser mães
pais que também sabem e têm paciência para nos ler
o pai da minha filha
a minha mãe
o meu pai
a minha família toda (pago-lhes, claro)
o meu cão (ensinei-o bem, para ganhar mais visualizações)


Somos 10 mil maluquinhas que adoram ser mães, 
que o querem ser 
ou que nem querem ser mas adoram ficar de fora a ver este mundo tão especial da maternidade. 

Um mundo nem sempre fácil, nem sempre cor-de-rosa, mas muito, muito compensador (óbvio que não estou a escrever isto às 04h da manhã, quando a minha filha acordou para a vida, senão estaria a escrever que isto tudo era horrível e desgastante).

Completamos hoje 5 meses de blogue e já somos 10 mil no Facebook (uma relação para a vida, até que a morte nos separe), fora os que nos visitam diariamente por espontânea vontade (com quem temos uma relação muito liberal).

Obrigada por nos seguirem através Facebook ou simplesmente por virem cá visitar a nossa casinha. Temos aberto as portas da nossa casa e somos aqui o que somos na vida (agora parecia uma concorrente da Casa dos Segredos). Uns dizem que somos uma lufada de ar fresco, mas pelo menos a Joana Gama é bem pesadinha. E eu também, quem é que eu quero enganar?

Obrigada pela paciência de lerem este post até ao fim (aposto que só aqui está a ler a minha mãe - Olá, mãe!) e todos os outros e por nos ajudarem tantas vezes, quando achamos que estamos sozinhas, por se identificarem e ficarmos a sentirmo-nos menos aliens. Por discutirem, por argumentarem, por se rirem connosco (mais com a Gama, vá - vou ali chorar um bocadinho).

Obrigada, obrigada, obrigada!

18 comentários:

  1. Então, Parabéns!!
    Vocês são mesmo uma lufada de ar fresco muito divertido, estou sempre a cá passar para ver se há novidades e me rir um bocado :) Gosto muito dos posts das 2 e acho que o que vos distingue é serem sinceras, mostrar que nem sempre é tudo cor de rosa e perfeito e há momentos em que aqueles humanos pequeninos que saíram de nós nos irritam profundamente! Vocês dizem o que muitas mães têm vergonha de dizer (e às vezes até de pensar) porque os outros vão pensar que são más mães. Vocês fazem-nos identificar com vocês e fazem isso de uma forma muito divertida... E pronto, as vossas filhas serem umas fofas também ajuda ;)

    ResponderEliminar
  2. Eu também estou a ler :D Parabéns já me fizeste rir com a descrição das mães sou um pouco dessas todas :D por isso esta loucura tão depressa me rio com tudo como refilo com tudo, ando oleosa, outras vezes linda e de salto alto, oh pa eu quero é ser feliz e que o meu filho seja o mais feliz do mundo :)

    Parabéns

    ResponderEliminar
  3. Bom dia, acabei de constatar que sou uma mãe bitch! Pois durmo toda a noite desde que a minha filha fez 1 mês (desde que o pediatra disse que já não precisava de a acordar para comer) que maravilha :)
    Parabéns pelo blog, sou uma leitora assidua.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Ahahah...Adorei essas "mães" todas...
    http://margaridaflordaminhavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Sou uma mãe bitches (é melhor não atirar foguetes!) de um PiRiqUiTo de 4 meses, quase tantos como aqui o vosso cantinho... Uma mãe de cabelos oleosos que adora andar de pijama. Uma mãe que gosta de se pôr bonita só quando o rei faz anos. Uma mãe optimista que se sabe rir de si própria, uma mãe que chora por amor, uma mãe que tem dias maus e que desanima, uma mãe que amamenta e que (de vez em quando) tem tempo para si...parabéns, continuem a divertir.se e a divertir.nos...
    Joana

    ResponderEliminar
  6. Parabéns a esta malta toda que para aqui anda e muuitas felicidades para as suas famílias!

    ResponderEliminar
  7. Ehehehe, também estou de parabéns, pois faço parte das 10 mil maluquinhas :-)
    E li tudo até ao fim LOL
    Acho que tenho um bocadinho de todas as mães, menos da bitch (raios) :-)

    Obrigada pelo blog, pelas vossas partilhas. Quando leio cada post é como se de uma conversa de sofá ou de esplanada se tratasse. Consigo perceber qual das Joanas nos escreve, mesmo antes de chegar ao fim (por norma).

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Parabéns Joanas! E obrigada pela companhia :)

    ResponderEliminar
  9. Parabéns!! Beijos a todas as Mães: ternas e eternas.

    ResponderEliminar
  10. Sigo-vos desde o início e divirto-me muito por isso Parabéns!!! Ah tb sou uma bitch ihihih e enquanto lia o post extraí um biberão de leite,tal não e a distração :)

    ResponderEliminar
  11. Boa!!! As Mães que vos seguem É Que Sabem!!!

    ResponderEliminar
  12. Obrigada eu! Por estes posts maravilhosos!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Sexo todos os dias é mentira, ha dias q n da mesmo! Eu contento-me com o sempre q apetece !! QUAAASE todos os dias. ;) e amamentadeira, e de corretor nos olhos, e todas essas coisas maravilhosas. aaaamo!!! Este blog. :')

    ResponderEliminar
  14. Parabéns pelo blog! Gosto muito da vossa forma de escrever, cada uma à sua maneira! Obrigada pela vossa paciência em partilharem as vossas experiências connosco! Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Parabéns pela vossa escrita, são reais, verdadeiras coisa que faz falta no nosso mundo! Obrigada pela partilha e sorrisos...

    ResponderEliminar