quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Maternidade: Ficção VS. Realidade

O mundo da maternidade é, segundo alguns continuam a fazer parecer, um mundo cor-de-rosa. Para pessoas românticas como eu, era fácil acreditar na história dos pequenos-almoços dignos de telenovela brasileira, crianças todas alinhadas em escadinha, sorridentes e bem-comportadas, vestidas de igual e com sapatinhos de verniz, um quarto de brinquedos de chão branco, onde os filhos brincam com pijamas clássicos. O casal, depois de um dia cheio, até tem tempo para não fazer nada e a história termina sempre com um “e foram felizes para sempre”. Agora que sou protagonista da minha própria história, apercebo-me de que são as dificuldades, o improviso e até as expectativas goradas que tornam a maternidade divertida, viva, humana, real. Apesar de gostar de coisas bonitas e de floreados, gosto também muito da simplicidade e da espontaneidade.


Deixo-vos uma lista em que, num ringue de boxe, a realidade dá um K.O à ficção


Como queremos que eles fiquem nas fotografias:


Como eles realmente ficam:

Como fantasiámos um domingo à tarde:



Como é o nosso domingo à tarde:


Como planeámos o quarto deles:



Como ele é:




Como sonhámos que eles fossem comer:



Como eles comem:



Como desejamos que acabe o nosso dia:


Como acaba realmente:




E, se assim não fosse, não teria grande piada. 


*Imagens We Heart It

12 comentários:

  1. Estavam a falr de nós? Não é que é tal e qual.
    Que bom saber que não estamos sozinhas!

    ResponderEliminar
  2. agora imagine como é numa família monoparental.....um dia mostro algumas fotos k identifiquem a realidade hihihihiiihihi

    ResponderEliminar
  3. Adoro o ultimo. Estou desejando todos os dias que chegue a hora dele dormir e nós podermos descansar um pouco no sofá mas acaba sempre como na imagem, desmaiamos sem sequer dar por isso.

    ResponderEliminar
  4. Maravilhoso! 5 a 0 a favor da (divertida) realidade!

    ResponderEliminar
  5. sou uma sortuda pou então uma mãe-mulher magnifica....tudo o que diz ser ficção na minha vida maternal é a realidade!!! Bem, quase, porque no ultimo ponto tenho o marido a dormir no sofá, mas eu acordadissima :)

    ResponderEliminar
  6. Por acaso eu imagino logo os piores cenários possíveis e preparo-me mentalmente para eles. Mas, no fundo espero o melhor. Por isso, por cá até está a correr bem. A casa não está tão desarrumada como eu esperava, eu não estou tão cansada como imaginava, comer não é tão dramático como temi... Ou isso ou vejo tudo com uns óculos cor de rosa. O facto é que, desde que fui mãe emagreci imenso. Voltei a um peso que tinha há 10 anos atrás, o que pode significar algum stress e cansaço mas... nem sinto... muito.

    ResponderEliminar
  7. Joana... não será bem assim... e aqui por casa desses só "apanho" o ultimo da realidade....

    O resto (e vendo o que escreveu e aos blogues que se refere ) "O mundo da maternidade é, segundo alguns continuam a fazer parecer, um mundo cor-de-rosa." se tiver quem limpe a casa, passe a ferro, cozinhe... consiga estar por casa a trabalhar... até que é bem possível... 😉😉😉

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Casa onde há crianças não pode estar arrumada nem com uma criada para cada brinquedo! !! As crianças têm de brincar...desarrumar faz parte da idade!!!

      Eliminar
  8. check , check, check, check. falta falar do nosso ar arrumadinho e tão perfeito(ficção) vs o nosso ar descabelado e vermelhas após uma birra daquelas(realidade)

    ResponderEliminar