segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Nem pensei na minha filha

Acho que sábado foi o primeiro dia desde que a Isabel nasceu que eu saí com o pai dela e que não andei sempre de volta do telemóvel para ver se a minha mãe estava aflita ou se algo estava a correr mal. Não enviei uma única SMS, como das outras vezes. Relaxei. Pensei: são 4 horas fora de casa, ela adora a "vovó" e mesmo que acorde vai conseguir readormecer. Mesmo que não consiga, não vem mal ao mundo, a minha mãe foi minha mãe (bolas, que raciocínio espectacular!) e não se saiu nada mal, por isso, não há nada a temer. Senti-me orgulhosa de não estar minimamente preocupada. 

Adorei ter ido jantar fora a dois (já agora, pessoas de Santarém que nos seguem - que devem ser umas três, além da minha mãe - abriu um restaurante novo tãoooo bom, chamado Dois Petiscos!) e adorei ter ido (finalmente!) ao cinema, ver um filme que me prendeu do início ao fim. Aconselho, aconselho: The Martian, do Ridley Scot. Estão a imaginar uma pessoa que dormiu três horas na noite anterior e que tinha a certeza de que iria adormecer no cinema a afinal nem pestanejou? Estão a imaginar alguém a ficar revoltada por haver intervalo? Esse alguém era eu. Muito bom.

E pronto, fui sair com o marido (que não é marido, mas um dia vai ser, que eu não perco a esperança), sem qualquer sentimento de culpa, feliz da vida e sem pensar na minha filha. Vá, falámos dela ao jantar, mas isso não conta, pois não? Hehe

Picapau com carne à séria e cebola caramelizada (não estão bem a ver...), duas caras ensonadas, peixinhos da hora do mais estaladiço que há. Comemos também ovos verdes e bombas (um prato da Catalunha) muito saboroso.

8 comentários:

  1. Boa! Finalmente!
    Tudo apetitoso...
    Fizeram muito bem!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Não sou de Santarém, mas sou de perto, de Torres Novas :)

    ResponderEliminar
  3. Eu sou de Santarém e sigo o blog diariamente. Não sou mãe (só tenho 18 anos) e adoro as duas Joanas mas confesso que comecei a ler o blog pela Joana Paixão Brás (mas aos poucos fui-me apaixonando pela outra Joana e pela irene, eheh)
    Parabéns pelo blog
    Beijinhos, Inês

    ResponderEliminar
  4. 2 petiscos a dois! Fizeram vocês muito bem! A Isabel ficou muito bem com a avó e agradece que os pais sejam felizes para fazerem dela uma menina ainda mais feliz!
    Há que cuidar do amor a dois e a três :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Eu pertenço ao distrito

    ResponderEliminar
  6. Sou fã do vosso blog!!! E sou de Santarém, ex aluna da prof. Isabel. Comecei a seguir o blog quando o vi no facebook da professora e adorei. Fiquei super apaixonada pela Isabel e pela Irene. Vocês são fantásticas!!! Não sou mãe, tenho apenas 20 anos, mas adoro ler as vossas histórias. Beijinho grande

    ResponderEliminar
  7. Eu gosto mais do Di Gusto. ��E também sou do distrito. Chamusca aqui representada e mãe da C. com 10 meses.

    ResponderEliminar