domingo, 4 de outubro de 2015

Para os pais dos bebés que ainda não falam.

Tudo a seu tempo.

A Irene já fala bastante bem para 18 meses, mas enquanto a Isabel da Joana Paixão Brás consegue subir para uma cadeira de adultos e sentar-se sozinha, a Irene nem sequer tenta porque não sabe por onde começar. Cada criança desenvolve mais uma parte, mas todas chegarão ao seu potencial. Lá está, tudo a seu tempo. 

Coisas que vocês ainda não têm o prazer de saber, mas que vão ADORAR saber: 

- Antes de dormir, ela pensa em toda a gente que conhece e de quem gosta. 

Não há um único dia em que, antes de dormir, não pergunte pelos avós, pela Paula, pelos meus amigos que conheceu recentemente, etc.

- Fica com músicas na cabeça.

Ao longo do dia cantarola várias músicas à maneira dela.

- Lembra-se de coisas com 3 meses de diferença.

É impressionante e assustador. Lembra-se de uma chávena de café que uma vez usei para lhe dar água, há 3 meses. Apontou para ela e disse "água". 

- Lembra-se de dias inteiros (apesar de os confundir se forem repetidos)

Sabe que, quando foi à casa da Avó Sílvia que ouviu a Tieta, que comeu melão, que fez um dói-dói, que viu o tio Pedro, que foi à piscina, que viu um cão...

- Sempre que pegamos no telefone, acha que vamos ligar a um familiar que ele goste.

Diz sempre que é a avó ou o pai...

- De manhã diz olá a tudo o que vê, porque reconhece que é um espaço familiar.

- Lembra-se de coisas que aprendeu no próprio dia de manhã, apesar de nunca mais se ter voltado a falar delas...

Achei que iriam gostar de saber. Eles são mesmo esponjas. E estão a viver TUDO convosco. :)


1 comentário:

  1. Que giro Joana.
    Realmente são esponjas, e há tendência para achar que até aos 3 anos, não guardam grandes memórias, mas realmente já estão em formação e a registar tudo!

    Bjs

    ResponderEliminar