quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Estas ainda não foram mães, de certeza.

Em Londres, numa troca de linha


Se fossem, saberiam que ter uma criança (mesmo que de 10kg) alapada a nós é dose. ;)

"Acabem lá de fazer likes que eu estou com as costas feitas num oito", comentou o David.

Adoro esta fotografia, modéstia a parte.

Mas claro que não é representativa do que se passa em Londres. Em quase todas as escadas há alguém que se disponibiliza a ajudar-nos com o carrinho, dão-nos lugar nos transportes, homens e mulheres - mães ou não, que isso obviamente não interessa - mais velhos ou mais novos. Há até uns crachás que as mulheres em início de gravidez podem pedir (quando as barrigas podem perfeitamente ser só gases e ninguém percebe), a dizer "baby on board" para usarem na camisola e terem prioridade nos lugares do metro. Não há como não adorar aquela cidade.

11 comentários:

  1. É verdade que podiam ter dado o lugar, mas se calhar pensaram: "quando tiver muito cansado põe a bebe no carrinho." Eu pensaria assim, mas ainda não sou mãe. :P

    ResponderEliminar
  2. Realmente! Ainda há muita gente assim, não se tocam com estas situações e às vezes até com idosos.

    Mas fazer likes em pé, com o telemóvel na mão, também deve ser desagradável. Por isso David, tem lá paciência...

    ResponderEliminar
  3. Eu trouxe um crachá desses, porque achei um máximo. :) não havia Baby on board mas também não o usei. Foi apenas para oferecer a uma amiga para usar no metro de cá :p

    ResponderEliminar
  4. Se o bebê não começar a chorar no carrinho, claro...porque eu já sou mãe...

    ResponderEliminar
  5. Já sem falar dos obstáculo que aparecem quando se anda com o carinho...as mães é que sabem!!!!

    ResponderEliminar
  6. Realmente Joana, essa fotografia não ilustra nada do que presenciei em Londres numa semana em que lá estive de férias em Setembro. Pelo contrário, assisti a cenas bastantes cordiais de disponibilizar os lugares reservados a idosos e grávidas/crianças de colo!
    Em todas as regras há a excepção!
    Mas gosto de Londres na mesma!

    ResponderEliminar
  7. "Só 10 kg"?! A minha tem 6 e há dias que já custa bastante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha pequenita tem 6,500kg com tres meses e meio e as minhas costas gritam de dooooorrr!!!!

      Eliminar
  8. Nem quero acreditar que isso se passou em Londres! Em Portugal é perfeitamente normal mas em Londres....

    ResponderEliminar
  9. fui a Londres em Agosto e vi algumas mamãs com esses crachás, achei super giro!! se soubesse q podia pedir tinha trazido um de recuerdo hehehe :D

    ResponderEliminar
  10. Eu vivo em Londres com uma bebê de 2 anos e meio e infelizmente a maioria das pessoas não está nada importada em ajudar ou ceder lugar a grávidas ou crianças. Essa foto é a mais pura realidade!Portugal é um país muito mais educado nesse aspecto.

    ResponderEliminar