domingo, 8 de março de 2015

No "dia da mulher" o homem foi ao Spa e a mulher ficou em casa a cuidar da cria.


Fui a primeira vez fazer uma massagem e não sei se foi por ser o dia que hoje se assinala, mas a verdade é que me agraciaram com uma tanga fio dental. Fiquei assim a saber que, aparentemente, é também "dia do homem se sentir mulher". Felizmente, escrevo-vos já em casa, a ver a bola e a afagar ocasionalmente a genitália. Podia ser muito pior não tivesse a massagem sido feita por uma menina em fato de banho com calças de lycra. Equilibrou a cena da tanga e "corta, corta" como na matemática. 


Calma, eu explico. Fui mesmo a um hotel e não a um "hotel". Era na Rua de Santa Marta e não "ao Saldanha", atenção. A profissional estava com esta indumentária porque a massagem consistia num braço repleto de chuveiros que a Vera (sim, aqui elas dizem o nome verdadeiro) fazia passar por cima de mim enquanto fazia a sua arte. Eu sei que mesmo depois desta explicação ainda vai haver quem julgue que fui "ao Saldanha". Eu próprio reli e compreendo, mas a verdade é que não há outra forma de explicar. 



Experimentem, que vale muito a pena. Sítio muito giro, com classe e tratam muito bem as pessoas. Para os maridos, aconselho levarem fato de banho de casa. No entanto, se for para levar uma sunga, a preocupação já terá de ser da mulher, porque uma coisa é por não ter opção, outra é por escolha deliberada. "Ah, dá mais jeito que calções...". Dá? Para quê? Se for para o que estou a pensar é tão fácil baixar quanto desviar. "Ah, assim dá para bronzear tudo.". Dá? Para quê? Para não ser preterido numa sauna, no Chiado? Mulheres, não vão nisto, façam-se vocês homens e acabem com isso.



No "dia da mulher" o homem foi ao Spa e a mulher ficou em casa a cuidar da cria. Calhou ser no "dia da mulher". Tal como calha ser "dia da mulher" todos os dias cá por casa e por isso não o termos assinalado hoje, sequer. 



Igualdade é um dia já não haver "dia da mulher". Não por esquecimento, mas por já não ser necessário. E se for por esquecimento, que seja precisamente por já não ser necessário. E essa altura será quando todos os dias duma família acabem, ao contrário da minha massagem, com um final feliz.

Frederico Pombares
Conhecido por ser o marido da Joana Gama e não por ser
Argumentista de Cinema, Televisão e Teatro.
Não tem nada no IMDB nem nada.
Ver aqui. Sim pus o link porque sou uma cagona. 


Vamos ter esta massagem que os nossos "mais que tudo" foram fazer para vocês darem aos pais das vossas crias. É estarem atentas. ;) À vida no geral, mas principalmente ao blogue.

Sem comentários:

Enviar um comentário