sábado, 6 de fevereiro de 2016

Lanchámos num autocarro suspenso.

Sei que não é suspenso, mas olhem para a fotografia! Como queriam que eu explicasse? Já conhecem a Village Underground Lisboa? É isto. No Museu da Carris. Adorei. Adoro. Isto para quem passou parte da juventude na "carruagem" do Jardim de Oeiras, foi uma boa lembrança. 

A tia Inês veio fazer a sua visita e aproveitámos para ir dar uma volta, a um sítio novo, não necessariamente focado na Irene. Foi bom. 

O Frederico encontrou este sítio na Zoomato (uma app) - eu já sabia que ele existia - e foi tiro e queda. Tinha bolos, hoje apetece-me bolos.


A Irene adorou o sítio onde ficou sentada (metade na cadeira, metade ao meu colo) porque conseguia ver a linha do comboio e, por isso, de 20 em 20 minutos fazia uma festa. Lugar estratégico. Foi ela que quis por os pom-pons lá dentro.







A tia Inês a pegar no telemóvel para tirar umas fotografias à fatias de bolo. Ui. Que bolo. Banofee (será que era assim?). Foi o melhor bolo que já alguma vez comi até hoje. Comemos algumas fatias, a dividir por duas. Mesmo que tivesse odiado o sítio, voltaria pelo bolo. Pronto. Está dito.


Claro que vocês já estão bem a ver o que aconteceu ao copinho bonito que estava em cima da mesa. Isso mesmo: Irene. Quando deixou de estar distraída com a torrada, tungas. 


Agora as fotos dos instagrams (o famoso bolo): 

Estou no dia da semana sem maquilhagem - depois falo-vos disto. 

Bananofee ou Banofee ou... sei lá. MARAVILHOSO. Dava a minha vida por isto. Quase. 

1 comentário:

  1. Que sitio fantástico!!!
    Adoro estes novos conceitos!

    http://ourpicturingdays.blogspot.com

    ResponderEliminar