domingo, 21 de fevereiro de 2016

Adoro mudanças! (Not)

Epa é que gosto mesmo! Estou a ser irónica. É cansativo, é moroso, há sempre mais lixo que aparece não sei se onde, viagens, acartar coisas (tenho de ter algum cuidado nisto que no outro dia abusei e tive umas contrações estranhas)... É a maior seca! E acho que a Isabel concorda comigo:


No meio de tudo isto, há uma coisa boa, que nos deixa mais leves: aquela coisa do "destralhar". A quantidade de porcaria que uma pessoa é capaz de armazenar! Deus meu! 

Outras coisas boas: começar a projectar, devagarinho, o quarto das miúdas! E as coisas mais lindas que uma pessoa recebe!!! Mandem vir, pá! :)


Adorei, Caparinas! Mesmo mesmo a minha cara! Obrigada!

Estes miminhos dão-me ânimo para continuar nesta saga dos encaixotamentos. Parece não ter fim!!!

Nota-se muito que escrevi este texto a abrir? Quantas vezes escrevi a palavra "coisa"? Hahaha 

3 comentários:

  1. Olha, eu adoro! Empacotar tudo, embrulhar em jornal, acondicionar em caixa, pegar em coisas que já não eram pegadas há algum tempo e recordar momentos, e depois redescobrir tudo quando se desempacota, decidir o novo lugar para cada coisa!

    ResponderEliminar
  2. Eu adoro mudanças... Adoro mesmo. SE pudesse mudava-me todos os anos.
    Só desde que vivo com o meu namorado (há 4 anos) mudámo-nos 5 vezes. Como comprámos casa na última vez é possível que não façamos mudanças tão depressa.
    Adoro a sensação de destralhar, de colocar as coisas nos armários novos, escolher móveis e apetrechos para a casa nova, até gosto de dormir no chão quando ainda não houve $ ou oportunidade de comprar mais do que um colchão.
    Podia fazer disso estilo de vida. :P

    ResponderEliminar