domingo, 12 de julho de 2015

Vesti um vestido! Wow!

Num dia destes fomos passear, comer um gelado. Sempre odiei as pessoas que usam esta expressão para combinar coisas e a minha melhor amiga era uma delas. Aliás, são duas expressões: "anda daí comer um gelado" e vou passar por lá "para dar um beijinho". Não gosto de "dar um beijinho", é horrível. Ou se está ou não se está, mas isso sou eu e que no outro dia fui dar um beijinho à Joana Paixão Brás quando ela estava em recuperação eheh. É diferente! É diferente!

Fomos a Belém à geladaria italiana no Altis e adorei os gelados. Como como sempre os mesmos sabores em todo o lado (banana e stracciatella) consigo ter bons termos de comparação e os gelados são mesmo bons. Claro que nunca como o meu gelado em paz. A Irene ou quer fugir ou lamber cadeiras ou quer comer o nosso gelado, já sabem como é. "Comer um gelado" é uma ficção e uma birra. Eu nunca chego a aproveitar, o gelado, claro. A companhia sim. Não há nada melhor do que quando saímos os três. Em família. 


Este é o meu borracho. O fecundador. O Frederico. Toda a gente diz que a Irene é a cara chapada do Pai. Ainda bem porque gosto muito dele. Espero é que ela depois acerte melhor a barba. ;)


Tem de estar sempre a comer para se calar um bocadinho com o gelado que queria comer. "Quer maçã? Quer maçã? Ai tão bommmm, olha a maçã!"


Já repararam como a miúda está linda? Betinha e arranjadinha? Claro que o vestido foi oferta da Joana Paixão Brás. O que ela faz para tornar o mundo num local mais bonito e lavadinho. Até nos compra roupas. Sempre que vou ter com ela agora vou de fato-de-treino para ver se também me começa a oferecer coisas. Foi prenda de aniversário e é lindo, Joaninha. O meu vestido preferido até agora. 




Aqui estão as inseparáveis! Pelo menos até Outubro, sniff. Vou ter tantas saudades disto. De andarmos sempre coladas e de, todos os dias, irmos fazer qualquer coisa. Comer pedras ao jardim, por exemplo. Sei que o tempo, mais tarde, vai passar mais rápido e não queria. Bem, já vi que tenho aqui tema para outro post. 


Sim, eu sei o que parece. Parece que tinha mesmo de fazer xixi e agarrada à Irene, mas não. Mesmo assim, nesta foto, ainda pude esconder os boxers do meu marido que levava por baixo por causa das ventanias e porque, sejamos sinceras, o vestido é muito curto para o meu porte. Coube nele é o que interessa. Grande missão de pós-parto (sem fazer nada, só dar de mamar e comer muitas bolachas milka xl à noite).


A ideia era estarmos as duas a saltar para a foto, mas... há uma questão: a Irene não sabe saltar. Tentámos.

Vestido da Irene - Não sei mas é lindo
Ganchinho da Irene - Claire's 
Sandálias - Igor

Agora eu (como se alguém quisesse saber)

Vestido - Springfield (de há 3 anos ou 2)
Sandálias - Hunter (prenda do dia da Mãe do ano passado)

12 comentários:

  1. Opa.. Quero uma filhota para poder vestir/lhe vestidinhos assim!! Desde q não me saia uma princesinha pirosa.. Lol! Se calhar ainda bem que tive um pilas.. Eheheh

    ResponderEliminar
  2. Joana, não sou mãe mas gosto tanto das traquinices dos "piquenos" que sigo o vosso blog com gosto. Mas, entre posts que aqui leio e os comentários que se seguem, a Joana está sempre a colocar-se para baixo; ou porque não se acha bonita cara-capa-de-revista, ou porque não perdeu quilos que considera estarem a mais. Eu acho as suas fotografias tão bonitas quanto as da JPB e, conquanto a pequenota estar lindissima nesse vestido, também a Joana está! Não sei o que lhe andam a dizer para ter essa ideia sobre si mesma, ou se é ao olhar ao espelho que se convence disso, mas acredite que, como é, está uma beleza. Não que a beleza externa seja o mais importante, mas é isso que tenho visto a Joana a achincalhar em si própria, e não vejo motivos para isso, seriamente.
    Talvez o faça quase como a pedir desculpas para quem virá aqui criticar - há sempre quem venha - mas não devia. É linda cara-capa-de-revista tal como é. Que se dane quem não acha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Você é um amor. Muito obrigada pela intenção. Claramente deverá haver algo por resolver, mas que não sinto assim grande negatividade em relação a isso. Acho que terá mais que ver com o facto de ser humorista ou comediante ou uma tipa bem-humorada e que encontra aqui um assunto que pode pegar para gozar com ela própria. Sinto-me sempre mais segura a gozar comigo que não "me levo a mal" do que com as outras pessoas. Claro que é humor "mais fácil", mas eu gosto. Agora, se preferia ser elegante? Claro que sim, mas não o suficiente de me privar de coisas que gosto ou de fazer da comida algo consciente. Se houvesse uma maneira de emagrecer ou de mudar o estilo de corpo sem ter que me chatear com isso, confesso que aproveitaria mas, assim, sinceramente, não me dou ao trabalho. Não creio que seja tão importante assim, como diz, mas também há a possibilidade disto ser um esquema da minha cabeça para não me sentir mal todos os dias. Seja como for, queria agradecer-lhe as suas doces e tão, mas tão queridas palavras que senti como um abraço enorme. E confesso que acho que até tenho um palminho de cara, tenho é de usar base hahah ;) Beijinhos!!!

      Eliminar
    2. Eu achei que poderia ser humor, mas também achei que poderia ser um humor defensivo, como que a desculpar-se pela sua figura, quando não há necessidade de o fazer! Gostei muito de ver as suas fotos - adorei o seu vestido e fica-lhe lindamente - por isso comentei, porque não concordei com nenhum dos defeitos que atribuiu a si mesma!
      Mas,claro, sabermos gozar com nós próprios é bom, mas que não sejam palavras sentidas! Beijinhos!

      Eliminar
  3. Oh pá tão lindas as duas, e que grande cumplicidade!!! <3

    ResponderEliminar
  4. A Joana não tem noção do quão gira é! E de cabelo solto... adoro!
    Não tenho filhos, mas venho todos os dias, várias vezes ao dia, ao vosso blog porque adoro. Mesmo, mesmo! :)
    A Irene é uma bonequinha querida. * (E a Joana Gama é gira todos os dias. Valorize-se!) *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro-o(a) anónimo! ;) Gosto tanto quando somos boazinhas umas para as outras!! :)

      Obrigada!!! ;) Beijinhos enormes!!

      Eliminar
  5. Familia Linda!
    Adoro as suas sandálias!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As minhas sandálias também a adoram ;) Obrigada

      Eliminar
  6. Eu acho a Irene a maior cara de boneca que há - quase, quase tão boneca como a minha lá de casa! ;)
    Ela está linda mas linda. A boquinha dela, sempre muito carnudinha, é de uma expressividade amorosa.
    Sei lá se é a cara do pai - mas o Frederico (adoro o nome e ainda não desisti de vir a ter um filho chamado assim) também é um boneco, hein?
    E também a Joana é bonita (menos nas fotos do corte de cabelo estúpido :D), seja lá em que tamanho for. Adoro o humor descontraído.
    Mas do que eu gosto mesmo deste blog é da Irene, a sério...

    ResponderEliminar