segunda-feira, 20 de julho de 2015

1º bolo da Irene

O que é que vocês dão de lanche e de pequeno-almoço aos bebés? Não sou muito a favor nem das papas com açúcar, nem das papas caseiras. Tenho-lhe dado salada de frutas, mas depois uma amiga falou-me na glicémia e não sei o quê e outra falou-me de que eles precisam de mais hidratos de carbono nesta fase. Vou continuar a dar salada de frutas, mas mais intercaladamente.



Adoro o blogue Na Cadeira da Papa, já conhecem? Apesar de não ser eu quem cozinha cá em casa (até as comidas da Irene é o Frederico quem as faz) gosto de acompanhar as experiências e sempre com aquela intenção do "um dia vou fazer isto". 

Ontem foi o dia em que fiz o "Bolo de Aniversário para a T" (aqui).

Não é o melhor bolo que alguma vez comi, porque... lá está! Não é para mim, se fosse para mim não era um bolo, eram só Oreo. Este é para a Irene  intercalar com as fatias de pão, as bolachas do Celeiro e a tal salada de frutas.


Vou fazer muitas mais receitas para os lanchinhos e pequenos-almoços da Irene. Pode ser que um dia acerte na bucha (intencional). 

Esta ela gostou, mas foi até me ver a comer pão... ;) Querem partilhar receitas de bolos apropriados para bebés ou vou continuar a ser stalker do Na Cadeira da Papa






8 comentários:

  1. Ola, sigo a pouco o vosso blog mas tenho gostado muito.
    Tenho um menino com 17 meses por isso é engraçado seguir mães que tem filhos da mesma idade que o meu, aprendemos sempre alguma coisa umas com as outras apesar de nos acharmos sempre melhores mães lol.
    O meu filho de manhã por volta das 8:60h bebe o seu leitinho no biberão e depois come sempre ou um pouquinho de pão ou umas bolachinhas ou rouba um pouco de sprecialK a mãe lol.
    Depois as 11:30h come a sopa mais o prato de comida e uma peça de fruta, por volta das 15h come 150ml de papa( o pediatra não quer que dé mais do que isto) e umas bolachinhas, as 17:30h come um iogurte as 19:30h come a sopa mais prato de comida e antes de nanar o seu biberão de leite.
    Sei que agora as 18 meses o pediatra vai alterar o pequeno almoço e o lanche para refeições como as nossas disse-nos ele.
    Até lá faço como ele me mandou.
    Acho que dares essas doses de fruta a Irene também são exageradas.

    Espero ter ajudado

    ResponderEliminar
  2. A fruta deve ser comida, sobretudo, a seguir as refeições principais porque aumenta a absorção de ferro presente nas fontes de proteínas. Não convém exagerar nas porções de fruta (3 a 4 peças podre dia e não 3 a 4 papas de fruta que geralmente tem várias peças) ao longo do dia devido ao enorme teor de açúcar - frutose. (HC de absorção rápida). O pequeno almoço deve conter pelo menos uma porção de HC de absorção lenta.. Pão, tosta,.. devido ao grande número de horas em jejum. É verdade o que a sua amiga diz, após um período de jejum prolongado comer fruta vai fazer disparar a glicose e habituar o organismo a enormes picos glicémicos e consequente necessidade de pico mt mais elevado de insulina.
    Ao lanche alternar entre leite, iogurte, peça de fruta, pão com vários acompanhamentos. Os bolos, mesmo caseiros, em geral devem ser excepção ou seja 1x/semana por exemplo. Keep it simple

    ResponderEliminar
  3. A minha filha ainda não come bolos. Tem 16 meses. Já provou bolo uma vez mas optámos por lhe dar doces apenas a partir dos 2 anos. Confesso que sou paranóica com o açúcar porque fiquei com pré diabetes depois da gravidez.

    De manhã, a Lara come sempre papas de aveia e ao lanche iogurte natural ao qual posso juntar, às vezes, fruta picada ou 2 bolachas maria.

    Fruta tem bastante açúcar também. É uma opção melhor que bolos mas talvez se possa trocar por iogurte natural ou papas de aveia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não lhe dou açúcar nem planeio dar tão cedo ;) Este bolo não tem nada que lhe possa fazer mal. ;) Atenção à bolacha maria que essa sim tem muitas coisas desnecessárias. O açúcar da fruta é um bom açúcar e eles precisam dele, não a prive completamente disso hehe

      Eliminar
    2. Acho que como tudo na vida há que haver conta e medida. Não vejo o mal de comerem um pedacinho de bolo ou bolachas de vez em quando, faz parte da diversidade alimentar. É bom que eles experimentem a maior variedade de sabores possíveis para poderem gostar de tudo. A introdução do açúcar mais tarde não significa que sejam mais ou menos saudáveis. Uma alimentação variada sim. Conheço um caso de uma amiga cuja mãe só lhe começou a por sal na comida aos 4 anos. Hoje em dia ela só come a comida cheia de sal! Acho que há que optar pelo saudável o mais possível, mas deixa-los provar um pouco de gelado, bolo, etc não é nenhum drama :)

      Eliminar
  4. O nosso pediatra diz que ate aos dois anos, o pequeno almoco pode ser mama (ela tambem nao quer mais nada). O lanche é fruta ou pão ou mama.

    ResponderEliminar
  5. A fruta sozinha, sem pão (ou outro hidrato de carbono de absorção lenta) pode fazer pior do que uma bolacha Maria de vez em quando... Leia sobre o Índice glicémico e sobre diabetes... A fruta nunca deve ser comida isoladamente nem por um adulto e muito menos por um bebé.

    ResponderEliminar
  6. Olá, aqui andamos a tentar mandar os produtos processados para o sítio deles. Confesso que é difícil, vamos tentando. Quando não faço (eu ou pai) panquecas com base de aveia ou farinha de arroz, costumo dar uns bolinhos que faço. São fáceis de fazer e super nutritivos.
    * 100g de aveia
    * 1 maçã grande
    * 1 banana
    * 4 tâmaras
    * 1 csopa de mel ou xarope de arroz /milho
    * canela qb

    Triturar tudo muito bem. E vai ao forno a 180 c cerca de 15m (ou a gosto)

    A última vez que fiz, usei fruta (banana) muito madura e o resto de uma compota caseira (sem açúcar) , como estava tudo tão doce não adocei mais. E também aumentei quantidade de aveia.

    Aqui a princesa adora. Para nós, até são uns óptimos pré treino.

    ResponderEliminar