quinta-feira, 23 de julho de 2015

Menina ou menino?

Quando a Isabel começou a ter noites seguidas de sono ou a acordar só uma vez para beber leite, começámos, devagarinho, a colocar a hipótese de avançar para um segundo. Mas depois lá nos vai surpreendendo e acordando novamente, como que a dizer-nos "não, não, quero ser the one and only" e de manhã juramos que só nos metemos noutra daqui a 40 anos. 

Só estou a falar nisto porque ontem publiquei uma fotografia no meu feed do Facebook com a Isabel...


e o meu irmão Frederico, um fofinho, disse "ainda que pequenina, já se nota a barriguinha do segundo!" 

O segundo não vem aí, mas gostava que eles não tivessem 8 anos de diferença. Para o ano, pensamos nisso. Mas, o mais estranho, é que quando visualizo a cena, não consigo imaginar uma menina ou um menino. Nem sei o que desejo. Não me vou pôr com a história do "que venha é com saúde", que isso é ponto assente, mas a verdade é que não consigo decidir a minha preferência. Achava lindo a Isabel ter uma mana (amo o meu irmão e não o trocaria por ninguém neste mundo, mas, depois dele, adorava ter tido também uma irmã). Por outro lado, e porque não sei se iremos ao terceiro - o mais provável é que não aconteça, até porque a probabilidade de ganhar o Euromilhões é nula, porque não jogo - gostava muito de ter um rapaz.

E vocês? Tinham preferências? Ou era totalmente indiferente? As que têm dois filhos, são rapazes, raparigas ou casal? Como se dão eles?


33 comentários:

  1. Eu tenho um Martim de 13 meses e confesso que amava ter uma menina!
    Estou rodeada de rapazes, dois sobrinhos (rapazes) mais o meu filho e a menina vinha embonecar o cenário!
    A ver vamos se acontecerá... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na minha família, eu sempre fui a única menina, entre 8 primos meninos. Quando se soube que era uma menina que aí vinha, foi a loucura. Do lado do pai da Isabel, são só sobrinhas. :) A minha sogra adorava ter um netinho.

      Eliminar
  2. Eu tenho um Tomás de 13 meses e meio e confesso que tanto me faz. Só acho que a menina ia dar mais mimo à mae. O meu pisco é esguio e nao me liga meia :)!

    ResponderEliminar
  3. Pois eu tive 1 rapaz e quando fiquei grávida do 2o todos pensavam que eu queria a menina (que era a minha preferência para o primeiro filho)....mas enganaram-se; eu queria outro rapaz porquê? Porque já tinha tudo de menino, porque já tinha a casa cheia de brinquedos de menino e não me imaginava a adicionar a tudo aquilo as coisas de menina...por isso, por uma questão prática, económica e de sanidade mental, preferi que viesse outro rapaz...já estava preparada para isso! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu penso igual. Tenho uma menina, estou a pensar num segundo filho e gostava que fosse menina outra vez. ;-)

      Eliminar
    2. Podia ter sido eu a escrever este comentário! Estou grávida do segundo rapaz e já não me imagino a ser mãe de meninas!

      Joana eu também ia esperar o JM ter 2 anos para mandar vir outro, mas olha quem anda à chuva molha-se! Vão ter exatamente 2 anos de diferença! É que consegui ter DPP com apenas 4 dias de diferença!

      Eliminar
    3. Desculpem lá... mas o que é DPP?? :S

      Eliminar
    4. Data prevista para o parto. :)

      Eliminar
    5. Haha Filipa, isso é que foi pontaria! Eu não ando muito à chuva, pus anel. E não foi no dedo :) haha

      Eliminar
  4. Eu sempre achei que ia ter apenas miúdas. Tive uma. Engravidei do segundo e convenci-me (sem querer convencer-me) de que era outra menina. Cheguei à 1ª ecografia e a criatura estava tipo frango assado, uma perna para cada lado. O médico, sem querer dar certezas absolutas, mas dando, disse-nos que era um rapaz. A minha reação: a sério? Mesmo? Veja lá melhor... O meu marido furioso, claro. E eu sem saber como gerir aquilo. Como é que se educa um rapaz? Onde é que eu lhe punha os ganchos (como se a minha filha usasse ganchos... pfff... não usava!)? Fiquei ali entre a "tristeza" (uma estupidez) e o "olha, paciência". O rapaz nasceu e... é uma coisa indescritível! Nunca pensei que fosse gostar tanto de ser mãe de um rapaz, mas adoro. Adoro a forma meiga de ele ser. Adoro que ele me ache a princesa dele, adoro os mimos dele, tudo. Não o trocava por miúda nenhuma. Ainda pensámos em ir ao terceiro e aí sim, preferia que fosse rapariga (até porque, na altura em que pusemos esta hipótese, já havia mais rapazes na família e a minha filha é a única menina daquela geração). Não aconteceu, vamos ficar por aqui. Um casal. E eu não trocava mesmo isto por nada!

    ResponderEliminar
  5. Eu também tenho um Martim (à beira dos dois anos) e confesso-me indecisa. Queria muito ter a oportunidade de educar uma menina, de lhe passar valores de independência emocional, solidariedade feminina, amor próprio e depois as coisas patetas como vestir-nos de igual, trocar segredinhos e calçarmos as duas os meus saltos altos... Mas o meu Tinzoca é tão, tão, tãããão ternurento, que me deixa com a egoísta vontade de ter um monte de 'meninos da mamã' (no sentido de serem fofinhos para a mãe e não - que isso não quero - de serem mimadões protegidos a todo o custo até terem idade para serem, eles próprios, pais). Dilema, dilema...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, a Isabel já começa a delirar com o "papá" "pá" e eu ando a ficar enciumada! lol Os meninos são super "mamã" e eu tenho muita curiosidade em saber o que é ser mãe de um menino! :)

      Eliminar
  6. Publicidade enganosa :p Já te ia dar os parabéns, Joana. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehe desculpa! Ando a aprender Marketing com a Joana Gama. Lol
      Beijinhos e espero que esteja tudo bem com a tua princesa

      Eliminar
  7. Há uns anos, antes de pensar em engravidar, gostava muito de ter uma menina. Depois engravidei e só conseguia pensar "no meu filho". Tinha a certeza que ia ser rapaz. E foi. Agora confesso que gostava de ir à menina daqui a uns anos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu, apesar de desejar há anos uma miúda - só tinha pensado em nomes de menina - quando descobri que estava grávida, pensei sempre num menino. Não faço ideia porquê, imaginava um bebé nos meus braços (o pai queria miúdo e a avó paterna já tinha dito que vinha aí um menino). Hehe Quando descobrimos que era uma menina eu chorei de alegria. (Acho que se fosse menino, era igual). Queria era saber, para o começar a tratar pelo nome! hehe

      Eliminar
  8. Eu sempre quis um menino, talvez porque já tivesse 4 sobrinha. E agora que engravidei, a minha irma e cunhada tiveram ambas meninos (e eu estou gravida de um menino). Ou seja, 3 rapazes em 1 ano :) já só falta o meu nascer. No entanto, mal soube que era um menino, o meu marido disse-me logo que também quer uma menina :) e eu tambem. Daqui a uns anos vamos a ver o que nos calha na rifa :)
    P.S. Desde que conheço o vosso blog que o sigo diariamente e A-DO-RO! Beijinhos pras 4

    ResponderEliminar
  9. Sempre me vi mãe só de um filho... mas hoje tenho a C. com 8 meses e penso que ela merece saber o que é o amor de um irmão :)

    ResponderEliminar
  10. A minha familia e cheia de mulheres, mas sempre quis meninas :) Tenho duas :)

    ResponderEliminar
  11. Eu já tinha uma princesa de quase 4 anos qdo engravidei. Se da primeira nao tinha preferência, do segundo nem punha a hipótese de ser rapaz. Primeiro por questões práticas de ja ter tudo o que precisaria e de te apenas 1quarto sendo mto mais fácil conciliar as coisas e em segundo porque achava que não saberia ( nem queria) criar um rapaz. Os rapazes são por norma mais atados e menos despachados que as meninas.
    Pois bem, quando na 1a eco o médico falou em rapaz eu saí de lá em negação, a dizer que era muito cedo e que de certeza era uma menina....Pois não! Na eco seguinte sem espaço para dúvidas confirmaram que vinha um pilinhas? E eu? Saí de lá desfeita em lágrimas. Coisas como "que venha com saude" só serviam para me deixar ainda mais descompensada!!!! Até que percebi que era melhor guardar o desgosto para mim, mas acalentando (mesmo se a cada uma das eco insistiam em mostrar que ele tinha uma coisinha pendurada) a esperança que todos os profissionais que me seguiam estavam com graves problemas de visão!
    Mas os médicos tinham razão e depois de uma cesariana assim assim, puseram-me em cima o meu Martim! Agora ja nao havia volta a dar.
    E agora passados quase 3 anos? ADORO! É bom ter meninas, mas um menino é sem dúvida muito mais menino da mamã, e eu não podia estar mais feliz. Mas confirma-se, muito menos desenrascado que a mana ��
    Mas ainda tenho a esperança de mais uma menina, isto claro, se me sair o euromilhoes (jogo de vez em quando ☺)

    ResponderEliminar
  12. Bem... Na 1a gravidez queríamos um Francisco... Acabou por vir uma Madalena, tem 3 anos. Na 2a veio o Francisco, tem 2 meses! Tem sido adorável ver como ela mima o mano! :)

    ResponderEliminar
  13. Na minha família existe o estigma das "meninas"... tudo teve meninas, as minha primas, o meu irmão, tudo! O único rapaz é o meu irmão(E teve duas meninas :), o resto são tudo "primas"! Claro que, quando engravidei, toooooda a gente disse logo: "Não te safas... Vais ter uma menina"! Pois enganaram-se redondamente, tive um menino. Desvantagem: Não pude aceitar roupinhas de ninguém, era tudo meninas!
    Mas para esclarecer a dúvida da Joana, eu tenho um irmão (mais velho) e temos exatamente 22 meses de diferença (Eu fui um acidente de olhinhos azuis, como diz a minha mãe) e apesar de adorar o meu irmão de coração, podia ter sido um pouco mais fácil. Muita rivalidade, eu era uma lapa, andava sempre atrás dele, e ele sempre a desmarcar-se! Muitas lutas pelos mesmos brinquedos.
    No meu caso, se for ao segundo (se, se, se, ai jasus), quero deixar passar pelo menos uns 4/5 anos! Além de que o meu filho ainda é muito pequenino, ainda precisa muito de mim! Acho que nem ele, nem eu, estamos preparados para um "entruso/a" no nosso "mundo!
    Os meninos são mesmo da Mamã, e as meninas do Papá (pelo menos lá em casa era assim).
    AND

    ResponderEliminar
  14. Tenho uma menina de um ano e meio e gostava muito de lhe dar um irmão e sim... adorava que fosse outra menina!

    ResponderEliminar
  15. Não tenho filhos, aliás ainda estou muito longe disso, tenho 19 anos. Mas sempre disse que gostava de ter pelo menos dois filhos e quem sabe mesmo três. E não sei porque imago sempre que teria primeiro um menino e depois duas meninas. Não sei, sempre quis ter um irmão mais velho (apesar de adorar o meu maninho mai'novo do fundo do coração). E claro as duas meninas iam ser as princessinhas do mano mais velho, as "protegidas". Não sei... Sempre pensei assim, mas lá está ainda falta tanto tempo até lá posso mudar de ideias :)

    ResponderEliminar
  16. Tenho uma menina de 11 meses. Queria tanto mas tanto uma menina que quando soube que o era só não dei pulinhos de alegria porque ao mesmo tempo assustaram-me dizendo que ela era demasiado pequenina para o tempo (vivo na holanda e aqui os bebes sao sempre pequeninos, apesar do meu marido ser holandês, ela saiu meia leca como a mãe).
    A Lia é a minha vida (eu, que não me imaginei ser mãe). Queremos ir a um segundo e quicá a um terceiro e gostava muito que fossem tudo meninas. Adoro meninas. O pai concorda. Diz apenas que sente falta de um menino para ver e jogar futebol com ele.
    Eu acho, honestamente, que ele é pai de meninas. Vamos ver!
    Já agora. Eu também só tenho uma irmã, que também tem duas meninas!
    É uma família de mulheres!

    ResponderEliminar
  17. Toda a minha vida sonhei em ter uma menina mas sempre me convenci de que teria um rapaz para "aprender" a gostar de meninos mas não.. há dois meses chegou a minha princesa, tal como sempre desejei :D Não quero mais filhos mas se tivesse um segundo voltava a querer mais uma rapariga :X

    ResponderEliminar
  18. Dois rapazes, 6 anos de diferença :P
    Para já o mais novo com 15 meses faz a vida negra ao irmão, está sempre a apanhá-lo desprevenido e morde-lhe :/

    ResponderEliminar
  19. Cá por casa temos um casal, com 18 meses de diferença. A menina veio primeiro, para alegria imensa do papá que sempre se viu pai de uma menina. Eu, quando me disseram na eco que era menina, fiquei triste, nunca me vi mae de meninas, só tinha nome de menino... Claro que passados uns 15 minutos já eu andava toda contente pelo shopping a ver as coisinhas para ela e com o nome de menina escolhido.
    9 meses depois engravidei de novo (e não foi acidente, foi planeado desde antes da princesa nascer) e na 1a eco tive a confirmação que era um menino.. fiquei radiante claro, mas hoje tenho a certeza que ficaria na mesma caso tivesse vindo outra menina...
    A princesa sempre adorou o mano, não houve ciumes e são desde sempre inseparáveis... contam um ao outro os "segredos", apoiam-se em tudo... derreto a ver a cumplicidade entre eles...
    Não sei se seria diferente caso fossem 2 meninas ou 2 meninos, mas posso garantir que é mágico o olhar de amor e ternura que eles têm um pelo outro.
    E confirmo, as meninas são mais pai, mas os meninos são todos mãe....

    ResponderEliminar
  20. Na 1.ª eco, insistimos muito com a médica para ver se ela já conseguia ver alguma coisa... Ela com muitas incertezas disse que provavelmente seria meninA. Fiquei num estado que ninguém compreendeu... Há anos que falavamos que iria se chamar Dinis e eu só queria um rapaz. Tenho um irmão e cresci rodeada de primOs! Já estava habituada e adorava a rebeldia, as roupas, a personalidade dos rapazes. Tal como algumas mães sentiram, apesar de muitos dizerem ser egoísmo e o que interessava era que fosse saudável, não me entrava na cabeça que ía ser rapariga e não me via num mundo cor de rosa (essa cor nunca foi uma cor que gostasse muito ainda por cima)...
    O que é certo é que realmente veio mesmo um Dinis! Eu sentia que ía ser um meninO! Não podia ter ficado mais feliz quando o médico o confirmou! Tive um ataque de riso naquele momento e a minha sogra ao lado (que queria uma menina, pois tem 2 rapazes) só perguntava se ele tinha a certeza!! E eu ria-me e ria-me!!
    O Dinis tem 10 meses, é o menino da mamã e espero que continue a ser por muito mais tempo! Não sei se quero ter outro, neste momento preciso de lhe dar muita atenção, pois ainda é muito pequenino, e também o orçamento é curto. Alem disso, tenho muito receio que venha uma menina e eu não goste dela como gosto do meu pequenito. Chamem-me o que quiserem, mas tenho esse medo, que posso fazer?
    Beijinhos a todas :)

    ResponderEliminar
  21. Eu sempre disse que o meu 1º filho queria que fosse uma menina. Quando engravidei, disse logo ao meu namorido que o nome tinha que ser Leonor(era o nome da minha avó, a mulher que na vida fez tudo em função da minha mãe e dos netos, era a minha heroína), já durante o nosso namoro eu lhe tinha dito isto, ao qual ele disse que SIMMM!!
    Na ECO das 13 semanas o médico disse que era um menino, fiquei feliz... claro que sim era meu filho, mas ao mesmo tempo fiquei triste. No fundo eu sentia que ia ter uma menina, eu queria uma menina!! Saímos da clínica e eu disse, "pronto é o Rafael", o nome que tínhamos escolhido em caso de ser menino, já era o Rafael para cá e o Rafael para lá, todos diziam "eu não disse que ia ser um menino" "tens barriga de menino" "eu disse, eu disse". O meu namorido só dizia, "o médico enganou-se, eu sei aquilo que faço e é o menina".
    Na ECO seguinte, o médico virou-se e disse, "não acredito, é uma menina"!!! Eu perguntei, "O QUE"???? E comecei a chorar baba e ranho, o meu namorido a única coisa que disse foi "eu sei aquilo que faço"!! Ficamos os dois tão felizes!!
    5 anos depois voltei a engravidar... a nossa Leonor dizia que queria ter uma mana e todos diziam que ia ser um rapaz!! Não tinha qualquer preferência e o meu namorido também não(apesar de ele dizerem sempre que se viesse outra menina não se importava).
    Tive que fazer uma ECO de urgência, porque comecei a ter contracções ás 15 semanas e fiquei super nervosa e só chorava... levei uma gravidez de alto risco até ao final. Nesse dia levamos a nossa princesa à ECO, e o médico conseguiu ver o que era, outra MENINA, a minha filha ficou eufórica e começou a gritar dentro do consultório, "eu vou ter uma mana, estou tão feliz, sou a mais feliz do mundo", não sei se já estava a chorar pela felicidade dela, por saber que estava tudo bem com o bebé ou pelo sorriso parvo do meu namorido!! ahahah
    Ficou a Laura!! As minhas princesas LL
    Se estou feliz? Sim! Adoro ser mãe de duas meninas, adoro ver o amor da minha Leonor pela mana!!
    E pronto... quase que contei a historia da minha vida!!! ahahahah

    Beijinhos a todas :*

    ResponderEliminar
  22. Olá meninas... :) andava aqui a " passear" e vi este blog... Não posso deixar de dar o meu relat..
    Sou mãe de dois lindos rapazolas... Um de 3quase 4 e outro de 9.. São a minha vida , a minha paixão... Sempre atrás de mim..(às vezes até irrita porque é mãe para tudo..) mas são de uma ternura... 3 homens em casa é dose.. Mas é tão bom ser mãe de meninos.. Lá está.. Não posso dizer que é melhor que meninas..porque não tenho meninas... Mas era um sonho meu. Quando engravidei do mais velho, queria um menino, com o sonho que se tivesse outro filho(menina) seria o protector dela.. No segundo, desejava muito ter menina... Quando soube que era uma rapazote.. Na altura fiquei "triste" .. Mas hoje olho para ele, e vejo um menino brincalhão..pestinha.. Loll mas veio dar mais luzaos ânimo à nossa vida.
    Conclusão:
    Gostava muito de um terceiro (menina) mas a probabilidade de ser rapaz... É tanta... Que nem sei. :)

    ResponderEliminar
  23. Olá meninas... :) andava aqui a " passear" e vi este blog... Não posso deixar de dar o meu relat..
    Sou mãe de dois lindos rapazolas... Um de 3quase 4 e outro de 9.. São a minha vida , a minha paixão... Sempre atrás de mim..(às vezes até irrita porque é mãe para tudo..) mas são de uma ternura... 3 homens em casa é dose.. Mas é tão bom ser mãe de meninos.. Lá está.. Não posso dizer que é melhor que meninas..porque não tenho meninas... Mas era um sonho meu. Quando engravidei do mais velho, queria um menino, com o sonho que se tivesse outro filho(menina) seria o protector dela.. No segundo, desejava muito ter menina... Quando soube que era uma rapazote.. Na altura fiquei "triste" .. Mas hoje olho para ele, e vejo um menino brincalhão..pestinha.. Loll mas veio dar mais luzaos ânimo à nossa vida.
    Conclusão:
    Gostava muito de um terceiro (menina) mas a probabilidade de ser rapaz... É tanta... Que nem sei. :)

    ResponderEliminar