segunda-feira, 27 de julho de 2015

Mais uma estupidez...

Hoje foi ter saído da bomba de gasolina de Oeiras com o tampo aberto e pendurado no carro. 

As pessoas fartavam-se de buzinar mas eu achava que era só por eu ser muita linda. Afinal, não. Ou, se calhar, sim. Se calhar nem repararam no tampo, fui eu a reparar quando me olhava ao espelho para me adorar. A mim e à minha rosácea. A mim e à minha borbulha precisamente no centro do bigode. A mim e ao meu bigode de 4 meses (quase que já gatinha). A mim e às minhas sobrancelhas por fazer, quase que parecem a púbis duma pré-adolescente, tudo desordenado. A mim e às minhas californianas de meretriz cansada. A mim e às minhas unhas com o verniz do Jumbo a sair.  

Queria só contar-vos da minha distracção com o tampo do carro, mas depois deixei-me ir. Não só uns metros com o tampo pendurado, mas também com o texto. E com as californianas. E com o verniz. E com as sobrancelhas. E com o bigode. 

Já sei que uma mulher tem de andar arranjada, blá blá. A mulher não TEM que. Anda, se quiser. E eu vou fazer o meu make-over quando for trabalhar. Até lá vai parecer que adoptei dois Huskies acima dos olhos. Só não vai parecer que tenho um Huskie noutro sítio porque tenho de vestir um fato-de-banho de vez em quando e não quero parecer que roubei um manjerico e que o guardei entre as virilhas.

Pronto. Foi com isto que perderam uns minutos da vossa vida hoje. 


12 comentários: