segunda-feira, 20 de julho de 2015

A mãe sugere - Parque dos Poetas, em Oeiras

Este passeio já aconteceu há um século e meio, mas estava agora a ver as fotografias e lembrei-me de vos fazer esta sugestão.

Já fui lá passear com a Isabel algumas vezes, mas só desta vez levei a avó. Quando lhe disse que podíamos ir ao Barrigas de Amor, disse logo "já vi na televisão, sei muito bem, é em Oeiras. É muito bonito, as grávidas pintam as barrigas". Pronto.

Depois de uma sesta de três horas da Isabel (e nossa também, uma maravilha!), lá fomos ao Parque dos Poetas, em Oeiras, apanhar os cartuchos da festa (sim, porque já estava quase, quase no fim). Foi um lusco-fusco, mas deu para passear por lá um bocado. A Isabel ainda viu os póneis e a bisavó ainda conseguiu ver as estátuas dos poetas e ler os excertos dos poemas. Ficou encantada com o jardim, temos de lá voltar para um piquenique. Ao ver uma senhora muito, muito grávida na fila disse espantada que a senhora anda ia ter ali a criança. Sempre espirituosa a minha avó. E talvez tenha falado um bocado alto demais. Talvez...


 










Vi agora que foi no dia 5 de julho. Afinal não foi há um século e meio, mas a nossa vida com filhos avança de uma forma vertiginosa. Ia jurar que tinha sido há mais tempo!

6 comentários:

  1. Olá Joana! Escrevi um comentário a este texto e penso que fiz qualquer coisa errada que não o enviei... Fiz um teste com outro comentário a dizer isto mesmo e acho que o anterior não foi mesmo enviado. Se foi então peço desculpas pela repetição... vou tentar ser mais curta agora...!

    Começava por dar os parabéns pelo blog e que gosto imenso do vosso sentido de humor, a vossa ironia e de tudo aquilo que escrevem. Sou uma leitora recente, pois também fui mãe recentemente (3 meses e meio), e só durante a gravidez e tal é que comecei a ver coisas relacionadas com bebes e maternidade.

    No entanto, a verdadeira razão que me levou a fazer o meu primeiro comentário neste blog (já quis comentar outros, mas sempre que penso em fazê-lo a minha filha começa a acusar que está ali e quer atenção acabando, eu, por deixar para depois os comentários que acabo por não fazer :P ...por isso tenho de ser rápida), foi o facto de ter visto nas fotos as sandálias que a sua filha está a usar. Eu, como profissional de saúde que sou - Podologista - não podia deixar de reparar... E quero dar-lhe os parabéns por isso! As sandálias provavelmente serão de plástico o que potencializa a transpiração, mas nada que uma boa higiene dos pés e do calçado não ajude. Mas é o tipo de sandálias, o formato da mesma. Este é o tipo de sandália que recomendo aos pais usarem nos seus filhos (mesmo rapazes... bom talvez não dessa cor), pois dão um suporte ao pé muito maior e evitam as quedas frequentes que nestas idade podem acontecer, ao invés de eles usarem as tão famosas crocs e chinelo tipo havaiana (principalmente se este não tiver uma fita atrás do calcanhar, e mesmo assim), pois estes para além de não darem suporte nenhum ao pé também não ajudam em nada a evolução dos pés e acima de tudo da marcha. Portanto os meus parabéns pela escolha e se por acaso tiver lá por casa algum dos que não recomendo limite o uso ou o tempo de uso. :) eheheheheheheh

    Parabéns mais uma vez pelo blog.

    Beijinhos
    Joana Silva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joana, muito obrigada pelo seu comentário! No início achei que me ia dar uma descasca (das úteis, claro). Ahaha Apesar da Isabel andar só de sapatos em passeio (uns 30min por dia, no máximo), de resto deixo-a andar descalça em casa e na creche (para a creche tem lá sapatos só para a ida ao recreio). Crocs e havaianas não tem, por acaso. Pelo que li, é bom andarem descalços quando estão no início da marcha, confirma?
      Sim, estes parecem dar-lhe estabilidade. Lavo-os varias vezes, é verdade, mas acho-os do mais prático que há. Já encomendei uns parecidos, porque já estão a ficar pequenos. De resto, anda de sapatilhas e sandália (mais) clássica, mas sempre tive algumas dúvidas nisto do calçado, mas, como o restrinjo tanto, penso não ser problemático. No inverno lá terá de ter uns mesmo bons para caminhar mais horas por dia.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
    2. Joana realmente o ideal é deixa-la andar o maximo de tempo possível descalça quando em casa pois ajuda da propriocepção deles sentido a diferentes texturas e temperaturas, bem como na praia. O importante é que ao usar calçado este não deixe o calcanhar sem apoio e dê um bom suporte a nível geral, até para proteger o pé de eventuais topadas que possam acontecer evitando que se magoem. No Inverno pode também andar descalça mas de preferência com meias antiderrapantes por causa do frio... mas isto já fica ao criterio de cada mãe, pois conheço casos que as meias antiderrapantes não o eram assim tanto e as crianças não gostavam de as ter calçadas.

      Bom, fica a dica! Eu cá continuarei a ler este blog e a estar atenta também às vossas dicas ;)
      E um dia quem saiba ainda nos cruzemos algures num parque qualquer. :)

      Beijinho
      Joana

      Eliminar
    3. Olá.
      Ainda ontem o meu marido teve uma "pega" com a pequena por ela estar descalça. O pai insistia para ela se calçar mas ela não queria.
      É o que faz-me muita confusão andarem descalços no chão de mosaico. Só imagino aquele frio todo "a chegar aos ossos" e ela a ficar doente.
      Não faz mal, Joana podologista? :-)
      Obrigada.

      Eliminar
    4. Olá Joana Silva podologista,

      aceitas o desafio de fazer uma lista de características a procurar num calçado para bebés para publicarmos aqui no blog? ;) Podemos referenciar o consultório, se quiseres ;) Acho que seria interessante para todas as mamãs e tu pareces muito simpática e competente, o que achas?

      Eliminar
    5. Acho que seria interessante.
      Porque realmente por vezes certamente que nos deixamos fascinar pelo bonito e fofinho e secalhar de recomendável tem pouco, ou nada...
      :-)

      Eliminar