segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Resultado? Abusei. Ficou ranhosa, mas acho que "valeu a pena".

Acabou. Acabou mais um fim-de-semana que começou assim (ver foto em baixo) com esta cara de quem parece ter destruído aquelas prateleiras todas de chocolates e pastilhas ao pé das caixas de supermercado. Uma das coisas boas de voltar ao trabalho? Esta: o fim-de-semana volta a existir e ganhamos uma vontade SÔFREGA de comermos as nossas crias vivas e de fazer coisas novas, diferentes, estimulantes.

Resultado? Abusei. Ficou ranhosa (não sei se terá sido do dia de praia - ver aqui - ou ontem da festa de aniversário do Diogo - bebé de um ano - em que andou demasiado à vontade entre o pátio e a sala). Anyway, enquanto não vir uma evolução horrorosa do ranho do nariz, vou achar que "valeu a pena". 


No instagram: Cara de quem vai ter com a cria para fim-de-semana.


À segunda custa mais sair de casa. A Irene apanha uma rasteira... porque está habituada ao forrobodó de sábado e domingo, mas hoje às vezes já nem chorava quando se apercebia que a mãe ia "trabalhari". 

Foi um fim-de-semana maravilhoso, cheio de coisas, cheio de mimos e de brincadeiras, muito mais preenchido e intenso que algumas das semanas em que fiquei em casa com ela. É impossível ter esta noção de fim e vontade de "deitar tudo abaixo" quando os dias são todos iguais. 

Isto é bom. 

Vamos ver se é só ranhinho para não me arrepender do pézinho no mar e do fim-de-tarde na praia e de ter andado lá fora a correr a dar chutos nas bolas na festa de aniversário do Diogo...


*update: (escrevi este post de manhã) agora já sei que ela tem febre e tosse e ranhoca... Já não me parece ter "valido a pena". 

3 comentários:

  1. Sim, a parte boa de voltar a trabalhar é aproveitar ainda mais e melhor o tempo que temos com eles.
    Cá em casa, o nosso tempo é sagrado. Pensamos sempre muito bem onde que é que o vamos usar o que nos torna ainda mais seletivos.
    Resultado: a nossa vida começa a ficar povoada só de gente bem disposta e positiva.

    ResponderEliminar
  2. Joana a minha filha anda a 1 mês c ranhoca e tosse mt tosse. Tenho feito P tratamento Q a pediatra recomendou mas não vejo melhorias. Hoje acordei eu fanhosa e com uma sensação de impotência tremenda. As vezes só me apetece chorar! Será normal? O que fazer perante isto? N quero tar doente mas mil vezes estar eu que ela. Estou triste hoje! Desculpa P desabafo. Boa noite. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá o meu filho também assim com tosse há meses, umas vezes fica quase bom outras piora. Qual o tratamento que faz à sua filha?

      Eliminar