quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Isto não pode ser verdade!

A sério que isto está num livro do segundo ano?


A sério? A sério?

Estou incrédula. É assim que educamos para a tolerância e para a igualdade? Não haverá outras maneiras de ensinar os opostos? 

O filho da minha amiga estava até com dificuldade em resolver o exercício. Do alto dos seus 7 anos, o Tiago estava reticente em dizer que a rapariga era gorda. No outro exemplo, o rapaz era tão magro que tomava banho nos carris do eléctrico quando lavavam a rua. Really?

Se aos adultos, cursados, pedagogos, especializados em fazer manuais escolares e livros de exercícios para as crianças, não lhes cai a moeda... não nos surpreendamos que, depois no recreio, a rapariga gorda e o rapaz magro sejam gozados!... Não nos espantemos que estes estereótipos sejam perpetuados, que o bullying seja aceso... Mais consciência e responsabilidade, precisa-se!


Adenda ao post: Algumas pessoas vieram falar-me entretanto da história "O rapaz magro e a rapariga gorda", de Luísa Ducla Soares (do livro Tudo ao Contrário). Se o exercício estiver, de facto, contextualizado, com a história completa e com algum fundo de moral (não vejo nada de positivo neste exercício), ainda sou pessoa para dar a mão à palmatória. 

24 comentários:

  1. Nao estou em mim, como é possivel cometerem uma atrocidade destas num livro escolar?

    ResponderEliminar
  2. Estou incrédula!!! Rios de tinta que se escrevem e ditam tantas teorias sobre educação e depois vê-se "disto"...

    ResponderEliminar
  3. Estou chocada!! A sério que isso faz parte de um livro escolar??!!

    ResponderEliminar
  4. Realmente, tanta teoria, tanta pedagogia e depois vem um livro escolar estragar tudo. Assim não há miudo que compreenda!

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Manual - Alfa - Português 2 - 2.º Ano, Porto Editora, 2015

      http://www.portoeditora.pt/produtos/livros-de-ensino/ficha-manual/alfa-portugues-2-2-ano-bp?id=15766609

      Eliminar
  6. A sério que isso estava mesmo num livro?
    ...
    fico sem palavras...

    ResponderEliminar
  7. No outro dia ao ver o babytv reparei que também ensinavam as crianças a chamar banana às Ana's 'Ana banana Ana banana' e melão aos João's 'João melão João melao'. Aquilo não soou nada bem. Tal como esse exercício no livro é totalmente despropositado. E se for uma menina gorda a fazer o exercício ou um menino magro? Não pensam essas alminhas que fazem o livro em como essas crianças se sentirão?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Angela estou completamente de acordo com o seu comentário. Eu também vi esse desenho animado no babytv e fiquei estupefacta! Cheguei a comentar com o meu marido essa situação... Não são rimas que devam ensinar ou brincar num programa de TV... Se queremos uma sociedade melhor e queremos que os nossos filhos não vejam diferenças devemos começar desde pequenos...

      Eliminar
    2. Angela concordo plenamente. Eu também vi esse programa é fiquei estupefacta!! Cheguei a comentar com o meu marido! Não são rimas com que se deva brincar e ensinar num programa de TV... Como podemos querer uma sociedade melhor se ensinamos as nossas crianças a ver essas diferenças?!

      Eliminar
    3. Ana banana ou João melão é ofensivo?... Há algo que não seja ofensivo actualmente? lol
      Em relação à rapariga gorda e ao rapaz magro, sim, isso é inadmissível.

      Eliminar
  8. God... isso num livro escolar?! estou parva... Não dá para escrever à editora?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha amiga ia escrever pelo menos. Isto não pode passar em branco!

      Eliminar
  9. Devemos estar sempre atentas!

    Adorei o blog, passa para conhece o meu: http://mundinhodogab.blogspot.com.br/

    Beijos!

    ResponderEliminar
  10. Vá, se calhar os autores do livros estavam com um sentido de humor.... mais peculiar. O que é que a Joana gama acha disso hm?

    ResponderEliminar
  11. Este manual é deste ano? Está a ser utilizado nas escolas como manual obrigatório do programa curricular?
    Eu, da minha parte, não vou ficar quieta em relação a este assunto e, por isso, se me pudessem dar mais algumas informações concretas eu ficava muito, muito agradecida! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manual - Alfa - Português 2 - 2.º Ano, Porto Editora, 2015

      http://www.portoeditora.pt/produtos/livros-de-ensino/ficha-manual/alfa-portugues-2-2-ano-bp?id=15766609

      Eliminar
    2. Muito obrigada, Joana!
      E muito obrigada por escrever sobre isto, também.

      Eliminar
  12. Isto é daquelas coisas que devia mesmo ser denunciada... :(
    As pessoas, pelo menos as que escreveram o manual, nao têm ideia do mal que o bullying faz a uma criança/jovem...
    Obrigada Joana pelo alerta.

    ResponderEliminar
  13. Deviam verificar que o texto em questão não é dos autores do manual mas sim de uma conceituada escritora de literatura infantil, Luísa Ducla Soares e que o nome da obra é Tudo ao contrário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É fácil tirar foto e descontextualizar.
      Não conheço a obra, mas provavelmente no final da obra tem uma moral a história.

      Acredito que o exercício tenha um contexto que não seja apenas mais um "preconceito" com gordos ou magros

      Eliminar
  14. Que post mais ridículo. Além de estar claramente descontextualizado querem agora ver que vamos ter que abolir as palavras "gorda" e "magro" do nosso léxico?

    ResponderEliminar
  15. Ainda há coisas que me conseguem surpreender!

    ResponderEliminar