sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Já está pronta para o desfralde?

Já há muito tempo que a Irene faz isto, mas nunca demos muita importância. Ela costuma ser muito certinha e fazer o nº2 (cocó) sempre depois das refeições maiores. Qual é o processo? Afasta-se e esconde-se, faz o que tem a fazer e depois volta com ar comprometido. Perguntamos se ela fez cocó e numas vezes diz que sim envergonhada e começando a correr (blergh) e noutras diz que não e pensa que ninguém dá por aquele saco de berlindes que de repente apareceu na fralda. 

Conseguem encontrá-la na fotografia? Mandou-me o pai ontem por whatsaap a dizer que "a Irene foi à casa de banho". O que me ri com isto e ainda me rio. Entretanto ficam a conhecer a minha sala de estar (como se tivesse outra). 




Partilhei isto (com toda a gente, a verdade é essa) com a Raquel (minha colega) que é mãe de uma menina já de três anos e ela disse-me que isto é sinal de que está pronta para o "desfralde do cocó" porque já quer ter a sua privacidade quando o faz, porque já sabe quando tem, etc. Que devia comprar um redutor e começar (eu não, o pai) a ensiná-la que o cocó é na sanita. 

Também fizeram o desfralde por fases? Primeiro o do cocó? Saltaram o penico (parece um nome de um jogo de crianças na primária) e usaram redutor? 

Não quero nada fazer o desfralde (mesmo que seja do cocó) sem que ela esteja preparada. Às vezes temos muita pressa e exigimos coisas dos miúdos cedo demais e torna-se uma fonte de nervosismo para todos. 


13 comentários:

  1. Eu não fiz isso do desfralde do cocó, nem nunca tinha ouvido falar em fazer separado...
    Começou na creche a usar cueca fralda e depois juntamente com as outras crianças (tipo excursão) começaram a ir à sanita, muitas vezes por dia. Umas vezes faziam outras nem por isso.
    Agora já anda sempre de cuecas mas às vezes ainda tem uns "descuidos". E já diz muitas vezes: Mãããe tenho cocó/ xixi e lá vamos nós "passear" LOL.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Bom dia.... quantos meses tem a Irene? O desfralde de sei iniciado entre os 18 e 24 meses. Nesta altura do ano Outono/Inverno é muito mais difícil, mas se acha que ela está preparada força. Se não correr bem volta a tentar novamente mais à frente sem stress. Beijinhos MC

    ResponderEliminar
  3. A minha fazia o mesmo q a Irene mais ou menos pela mesma altura, iniciei o desfralde (diretamente no redutor tb) e nas primeiras semanas correu maravilhosamente, pedia sempre pra ir fazer coco (chichi só as vezes). De repente deixou de pedir, começou a fazer birra para se sentar na sanita, então nao pressionei,e desisti. Não achei que valesse a pena a luta, como ainda nem tinha dois anos. Agora q tem 25 meses, tento e tento, mas ela n quer sentar-se sequer no bacio ou redutor. Só se estiver completamente nua (adoooooora andar nua, canta e dança à frente do espelho) é que vai buscar o bacio e tratar do assunto sozinha. :/ Mas eu sugiro que tentem, se correr bem óptimo, se não, tentas mais tarde :)

    ResponderEliminar
  4. Foi dificil encontrá-la :)! Eu comecei o desfralde ao mesmo tempo que começaram na escola, para nao ser diferente em casa e correu bem. Não usei o penico, por duas razões: o pediatra disse que era escusado, que é só um passo a mais, temos de habituá-los ao penico e depois à sanita e porque sinceramente acho pouco prático ter de tirar o cóco do penico, passá-lo para a sanita, limpar o penico, blá blá bla...Optei pelo redutor que fê-la sentir-se uma crescida, porque fazi xixi e cocó onde os pais também fazem e ela adaptou-se muito bem.
    Beijinhos e boa sorte.

    PS: Lembro-me de nesta fase ter sentido um misto de alegria e tristeza: a minha filha estava a ficar uma menina crescida, mas por outro lado estava a deixar de ter um bebé de fraldinha... por isso realmente acho boa ideia não haver pressas para estas coisas, quando for será! :)

    ResponderEliminar
  5. Parece um bicho de sete cabeças (a mim pareceu-me) largar as fraldas, mas não é!
    Primeiro de tudo não separar o cocó do xixi! Ela quando tiver vontade tem de saber pedir, e é esse treino que se faz!
    Começar a levá-la ao pote nos momentos certos: Quando acorda, antes da sesta, depois da sesta, depois do lanche, antes do jantar e quando vai para a cama. E estar sempre atenta às expressões, se virem que ela se prepara para "invernar" (o meu era igual, escondia-se para fazer o cocó na fralda) é logo colocá-la no pote. Na minha opinião, acho menos assustador o pote.
    Eu ao início perguntava mil vezes ao dia ao meu filho se ele queria fazer xixi, até que um dia ele disse-me que não com aquela entoação: "Que chata, não para de falar no mesmo!", a partir daí nunca mais perguntei e ele quando quer pede! Descontração acima de tudo e não pressionar a criança, mas não deixar passar o facto de fazer xixi na cueca, tentar explicar que não se faz, é errado!
    Tive sorte, foi de um dia para o outro, de dia e de noite! Experimentei tirar a fralda de noite (só mesmo para ver...) e quase 1 ano depois, só tivemos 2 pequeninos acidentes! (xixi)
    Aconselho a tirar a fralda só no verão, é mais prático, no inverno é muito desconfortável e suja muito mais roupa!
    Boa sorte!

    Andrea

    ResponderEliminar
  6. Só tens uma forma de saber (acho eu!): é experimentar. Se vires que é stressante para ela, deixa passar um tempo. A minha também já me fez isso, já lhe dei bacio e redutor para experimentar... Brincava e não fazia nada... Ok, experimentamos daqui a um tempo, sem stress. A Mia tem 29 meses...

    ResponderEliminar
  7. O meu tem 14 meses e Tb se esconde atrás da cadeira da papa para fazer coco!! É coisa que acontece prai há uma semana, logo de manhã ;) ainda não pensei muito sobre isso, mas o penico para mim era dado adquirido.. Depois de ler os outros comentários é que vi que há quem salte essa etapa :) nada como experimentar, tornar a coisa agradável e interessante, e nunca recriminar pelos acidentes! Há quem diga que se deve fazer quando eles já "avisam" que tem coco ou xixi, mas não tenho ainda experiência..

    ResponderEliminar
  8. Experimente. Se ela quiser faz, se não quiser não faz. Sem pressões. A minha mãe diz que fiz o desfralde com 18 meses (também sou de Março como a Irene), mas a filha tem 25 meses e não quer largar a fralda. E já diz mt bem, xixi, cocó, sanita, penico. Na creche ás vezes faz no penico depois da sesta, qd acorda com a fralda seca. Em casa, nem sequer aquece o penico. As vezes chama-me a dizer cocó, põe ela própria o redutor na sanita, eu sento-a lá e passado uns segundos pede logo pra sair. :)
    Acho esta fase muito chata mesmo, ainda mais que agora com o Inverno, ainda mais complicado torna-se. Por isso não pressiono. Quando ela quiser largar, larga. Sem pressões.

    ResponderEliminar
  9. Olá Joana. Trabalho numa creche e portanto vou dar a minha opinião. Começamos o desfralde entre os 18/24 meses, no entanto não há uma idade fixa, pois depende da maturidade da criança e da linguagem que já utiliza. O Verão é sempre a época preferida para o fazer, por causa das constantes roupas sujas e banhos para dar, mas com alguns acontece calhar no outono/inverno. Acho que se pode ultrapassar a fase do bacio e utilizar logo o redutor. E nunca ouvi falar do desfralde do coco. O que se deve fazer é explicar (varias vezes por dia e todos os dias) à criança que se vai tirar a fralda, que já são crescidos e vão usar cuecas e a sanita como os papás. Normalmente ficam entusiasmados. Mas nem todos gostam de ir à sanita e as vezes é preciso ser criativa para manter o entusiasmo da criança pelo processo, que é difícil para eles. Histórias na sanita, músicas e uma festa quando fazem algo (xixi ou coco). Muitos pais esperam que a criança peça para fazer... mas é raríssimo isso acontecer nos primeiros tempos. Os pais têm de lhes perguntar 500 vezes por dia se querem fazer e leva los à sanita de meia em meia hora, mesmo que a resposta seja não. Só mais tarde são capazes de perceber a dinâmica de pedir. Com o tempo vao alongando o espaço de tempo e a frequência de ir à sanita. E se fizerem nas cuecas (vão fazer muitas vezes) só têm de dizer que ficam tristes mas que não faz mal e incentiva los a pedir na próxima vez. Recomendo é que quando começarem o processo, o façam de forma determinada... não aos bocados. Se é para tirar, tirem o dia todo. A criança fica confusa se usa fralda de manhã e cuecas à tarde, por exemplo. Coloquem só para dormir. Espero ter ajudado. Falem com a equipa pedagógica da sala dela e resolvam o melhor método. Beijinhos, Sara

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sara, a Irene não anda na creche. Está em casa com os papás (agora com o papá), que sorte... :-)

      Eliminar
  10. Olá, fiquei a pensar se partilharia isto ou não convosco, mas revejo-me em tantos textos que decidi partilhar a minha experiência. :)
    A Maria também começou cedo a retirar-se para fazer cocó, e era engraçado, já sabíamos onde estava e o que estava a fazer, mas só a decidi pôr na sanita com o redutor depois de ela fazer os dois anos que coincide com o inicio da Primavera ( dizem os antigos que é mais fácil andarem com a pernoca ao léu ou mesmo se houverem " acidentes") e lá foi. A Maria deixou de usar fralda numa semana, sim, até eu fiquei incrédula e daí foi um instantinho para a retirar de noite, no fim de Março nem para dormir. O caricato é que ela pede quando quer fazer xixi, inclusive a meio da noite (4h00+-) chama-me que quer fazer xixi, o cocó é que na linguagem dela é intitulado de xixi força. Maravilhoso. Claro que desde Março até agora teve uns pequeninos que ela chama de acidentes mas tudo se resolve. Boa sorte :)

    ResponderEliminar
  11. O meu pequenino começou a usar bacio cedo mas não lhe iniciei o desfralde. Ele ainda não comunica bem. As vezes é que o apanho a fazer força e o ponho no bacio. Ele não gostava de fazer coco na fralda, ficava muito vermelho e quase que pedia ajuda. Devia ter bebido pouca água, sei lá, mas também fazia cocos tão grandes que não cabia lá!!
    Resumindo, começou a usar o bacio ao 10 meses, mas não existe desfralde á vista, nem o existem pressões nesse sentido. Tento só incentivar que ele me comunique e ficar atenta ao que ele me tenta dizer.
    E boa sorte

    ResponderEliminar
  12. A minha filha passou directamente para o redutor e banquinho para usar a sanita, nao passou pelo bacio. Assim, ela percebia que era para fazer como os crescidos. Tb largou as fraldas numa semana (de dia), e ao fim de poucas semanas largou tb de noite (acordava sempre com a fralda seca). Ela tinha 2 anos nessa altura, e foi na primavera, para haver menos roupa a lavar, secar, etc. e ela poder andar mais despida, só de cuequinha em casa.

    ResponderEliminar