sábado, 30 de abril de 2016

Descontrolei-me toda.

Cheguei ao Alegro umas duas horas antes. Para quê, para quê? Para comprar a roupa que iria usar no lançamento do livro, na Fnac. Sim, muito previdente, sempre. Vesti uma Zara inteira e lá encontrei O macacão. Zero de fotos para vos mostrar o modelito, mas gostei. Por pouco não aparecia com a etiqueta. Onde é que me maquilhei? Na casa de banho do shopping mesmo, uns 25 minutos antes da hora. Quando acabei de me maquilhar senti que tinha perdido o cartão multibanco. Não me lembrava do momento em que o tinha deixado de ter na mão. Vai de esvaziar a mala duas vezes, de começar a escorrer em suor e de ter aqueles calores loucos das grávidas. Não pari ali por pouco. Estava na Parfois, felizmente. Isto tudo a minutos de apresentar o nosso livro. Boa, Joana. Até já estavas calma, até nem conseguiste almoçar nada de jeito, era mesmo disto que precisavas. Respira fundo. Já passou.












Adorei a experiência. Estava toda feliz por ter ali por perto as minhas "mamãs de março", a família, os amigos, gente que eu não via há imenso tempo e muitas leitoras mães, grávidas (e até quem ainda não o seja!) que se deslocaram até ali para nos dar força. A sério, que coisa boa.

O Raminhos é sempre aquela base (obrigada por teres ido apresentar o livro, no meio da tua vida caótica, pá!) e o ambiente estava descontraído, como era de esperar. Rimo-nos muito. Tinha de chegar o momento dos agradecimentos a la Oscars para aqui a chata de serviço se ter descontrolado. Não, não fiz chichi. Chorei e solucei, quando falei na minha mãe e no meu maridão. Misturado com aquele riso nervoso de quem se está a tentar controlar e a querer disfarçar. Estão a ver os maluquinhos a rir e a chorar simultaneamente? Euzinha. Mas sabem que mais? Até isso deu emoção à coisa e acabámos por "ser ali o que somos lá fora". Sim, muito como no Big Brother, mas com seios piores.

A Joana Gama enche uma sala (mesmo estando magra e linda) e eu tenho um enorme orgulho em estar neste projecto com ela e de ser amiga dela. Não, Joana, não recomecei a chorar.

A Marcador, a nossa Editora, foi incansável e pensou em pormenores giríssimos para este dia. Obrigada por terem apostado em nós! <3

E já chega. Ficava nisto mais uns 290 parágrafos, mas tenho de ir dormir, que o dia foi longo. Obrigada a todos.

8 comentários:

  1. Adoro a foto em que está a Irene e o Raminhos :)

    ResponderEliminar
  2. E estão a pensar vir ao porto fazer o lançamento do livro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adorariamos. Perguntei isso mesmo à editora no dia do lancamento mas os custos sao muito elevados para eles e ha o receio de nao vendermos livros suficientes para o break even sequer 😣 alem disso a Joana tem que descansar 😣😣

      Eliminar
    2. Joanas, e Leiria? É mais perto que o Porto, certo?
      Tipo centro do país, e tal, vinha pessoal um bocadinho de cima, um bocadinho de baixo, ãh? que tal?
      Pessoas lá da editora, pensem nisso com carinho :-)

      Eliminar
  3. E uma foto em que possamos ver O macacão?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou usá-lo mais vezes, porque me fica mesmo bem hehehe (olha a moral). Ver se depois tiro uma foto de jeito!
      Bjs

      Eliminar
  4. Pela Patrocinio a entrevistar deduzo que vai dar na sic, right?
    Quando, em que programa a que horas? Contem-nos tudo.
    Nós que não fomos, queremos ver (e as que foram também :-).

    ResponderEliminar