sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Sino de Natal

Ou "Raio dos TPCs para os pais", em homenagem a este post do Pais de Quatro (que, já agora, é hilariante).
Sendo "mãe de primeira viagem" e já tendo o bebé na creche fui, também, agraciada pela referida tarefa!
Fiquei toda orgulhosa, devo dizer!
"Eu? Participar nas festividades da escola? Já? Querem que decore um sino feito em cartão de Cerelac? Com muito gosto! Adoraria!" Isto foi o que eu pensei... na altura!!! Na hora de fazer já foi um bocado diferente, para variar.

Foram dias e dias a imaginar como poderia fazer para que o sino ficasse A Melhor Obra de Arte Jamais Produzida em Tempo Algum. Colagens? Papéis xpto com brilho? Bling bling? Purpurinas? Adoro isto!!! Até tinha os olhos a brilhar com o potencial piroso de tal obra de arte! Entretanto o tempo foi passando e o tempo para ir comprar os materiais também se foi.

Ok, não há crise, pensei. Tenho cá em casa tintas acrílicas, com as cores primárias e ainda uma cobre. Perfeito!!! Vai ficar Quase a Melhor Obra de Arte Jamais Produzida em Tempo Algum! Afinal, tirei um curso de Arquitectura, para alguma coisa há-de ter servido. Mas, claro está, o tempo foi passando...

Quando não dava para adiar mais, resolvi cingir-me então aos lápis de cor. Já não me lembrava como era difícil pintar com lápis de cor... Mesmo com os meus Caran 'Dache Supracolor Soft todos cromos de 22 anos, pintar em cartão não estava ser nada fácil... Pelo menos de modo a que ficasse alguma coisa de jeito. Ouvia a minha mãe na minha cabeça a dizer para pintar em círculos de modo a não se verem riscos nenhuns! Também não queria que aquilo parecesse ter sido feito por uma criança de 4 anos... Consegui começar na última sesta do Lucas, intervalei para ele jantar e tomar banho, e lá consegui acabar quando ele regressou ao sono. Ufa! Estava a ser um parto a ferros...

Observei a minha Quase Obra de Arte. Eh lá.... Até nem ficou nada mau, pensei. Deixa lá tirar uma fotografia para a posterioridade. E não é que na fotografia ficou muito melhor (tirando a minha infeliz ideia de colocar um "Feliz Natal" todo rococó)?


E as vossas Pseudo Obras de Arte ou Lá Como é Que Querem Chamá-las? Tiraram-vos o sono? São competitivos em relação aos outros pais? Têm mais filhos como os Pais de Quatro e rogam pragas aos professores?

4 comentários:

  1. Claro que se rogam pragas aos Professores. São merecidas!
    Quanto ao Sino, não ficou nada mal :)

    ResponderEliminar
  2. Gostei do sino e a lápis de cor é mm old school!!
    felizmente, na creche do Rafael nao mandaram nada pra fazermos. Hurreyyy!!

    ResponderEliminar
  3. Só com um a coisa até se vai levando, com dois na mesma escola, começa a complicar porque têm de ser trabalhos diferentes... posso dizer que há 2 anos fui presenteada com dois cartões A4 e a msg "blá, blá blá...., construam... presépio 3D", no ano passado os mesmos 2 cartões A4 e a msg "blá, blá blá...., construam... arvore de natal 3D". Nem vou explicar o trabalhão que deram, porque pior que a mãe é o pai, e daquelas mãozinhas não sai uma coisa qualquer que não tenha sido estudadada e projectada ao mm. Portanto sempre x2. Juro que este ano tremi quando vi chegar 2 cartões A4, e pensei... lá vem o Pai Natal 3D. Mas não! Decorem e escrevam uma msg de natal... ja não sei o que deu mais trabalho... se os 3D se estes, mas... fico com medo de pensar sequer num 3º filho e em mais projectos 3D.

    ResponderEliminar
  4. Posso partilhar q aos 4 já é um ultraje a catrefada de resposta criativa q nos solicitam.. (e tambem q os sinos ca destas maos em copo de yogurte revestido com aquela materia esponjosa em grelha q embala a fruta exotica individualmente no supermercado, ficaram soberbos!). E o retorno 'sorriso complacente e amarelo' (a prof tem dentes amareeeelos (tomaaaaaa!), q se tem na entrega é tudo menos digno. E ate defendia a nota mas faltam outros 3 tpc's diferentes. Todavia nao seja toda esta partilha anti-concepcional. Defendo e promovo a natalidade sempre. Os colégios é q nao pensam assim tb.

    ResponderEliminar