sábado, 20 de dezembro de 2014

Praga ou três dias sem a minha filha

Estou em Praga e completamente apaixonada por esta cidade.
Isto seria perfeito se eu não estivesse já cheia de saudades da minha filha.
Até 2a feira vou estar longe dela.


Chorei várias vezes durante a semana passada. Passaram-me mil coisas pela cabeça. E se o avião cai? E se ela fica órfã? Não deveríamos ir em voos diferentes? E se ela adoece? Se ela chama pela  "mamamama"? E se ela precisar muito de mim? Será que vai ficar zangada?
Quando nos voltarmos a ver, vou ficar tipo lapa agarrada a ela. Não vou desgrudar nem um bocadinho.

Já devem estar a pensar, no meio de tantos receios e angústias, "mas alguém lhe apontou uma arma à cabeça para ir viajar?"
Não, eu é que sou masoquista, pelos vistos. Antes de sair de casa custou-me muito, sentia-me a abandoná-la.

Podia vir dizer aquelas frases feitas para me consolar "antes de sermos mães, somos mulheres" ou "a mãe tem de estar bem". Acredito nisso, mas há coisas que têm de ser muito bem pensadas, não é ir passear sem a filha e logo se vê.
Quantas mães conseguem deixar os filhos com terceiros e não ter dúvidas de que estão a fazer o certo? Não é "adeuzinho que eu agora preciso um tempo". Não são decisões fáceis.

Mas agora que aqui estou e que recebo os relatórios da minha mãe - a segunda melhor mãe do mundo - percebo que posso estar descansada.
Comeu bem, sorridente, calminha, dormiu bem. Ela adora a avó e sente-se segura com ela.

E agora que aqui estou, tenho de aproveitar ao máximo para namorar, passear e deixar-me encantar pelos efeites de Natal da cidade. Sempre com ela no coração.







3 comentários:

  1. Boa estadia. Gabo-lhe a coragem ... Para mim não faz sentido viajar, para onde quer que seja, sem levar os meus filhos. Depois de sermos mães a nossa vida não volta a ser como antes e por essa razão não insisto em tentar fazer coisas como antes. Ou vamos todos ou não vai nenhum e acredite que nos divertimos muito.

    ResponderEliminar
  2. Olá Joana! Na sexta feira os olhinhos das duas brilharam quando se viram!!! Uma ternura...!☺️
    Divirta se e um Feliz Natal!

    ResponderEliminar
  3. Diverte-te. Não te culpes. Sente só saudades, porque isso não vais conseguir evitar. Vais sempre precisar destas viagens a dois. A Isabel está ótima, como tu dizes, com a "segunda melhor mãe do mundo". E, tendo em conta a minha experiência, vou já adiantando o depois.....
    Daqui a uns tempos, quando viajares a três, porque também vão viajar a três, vais ter saudades de viajar de avião, com um livrinho que aproveitas para devorar, de dormir um pouco, enfim....Tinha tanto para contar sobre viagens de avião com crianças....
    Aproveita e lembra-te que é muito certo quando dizem "as mães precisam de estar bem".

    ResponderEliminar