domingo, 29 de maio de 2016

Viver no campo é mesmo, mesmo bom

Não sei quanto tempo esteve a arrancar flores amarelas da relva. Quando vivíamos num apartamento, em Lisboa, tentava ao máximo tirá-la de casa e fazer programas e passeios. Agora passeamos menos, fazemos menos planos, mas é incrível como ela é capaz de estar entretida, na rua, com pequenas coisas: regar as plantas, apanhar as flores amarelas preferidas da mãe (não são as minhas preferidas, mas tive de lhe contar esta pequena mentira para que não arrancasse as que estão nos vasos), dar comida aos cães, escová-los ou simplesmente andar por ali, de chinelos e em cuecas, à descoberta. Viver no campo é mesmo, mesmo bom. Só a primavera nos tem falhado, mas com sorte o verão compensará.

















3 comentários:

  1. Mesmo com o dentinho partido esta miúda arrasa! Parabéns JPB, tens uma menina linda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou com o(a) Anónimo(a)! :) Dá-lhe um ar castiço e continua uma fofinha. É como diria a Elsa, e talvez a própria Isabel, "Já passou!" :)

      Eliminar
    2. Tadinha :/ Mas a verdade é que já me habituei também e acho que ela é linda sempre, claro! :) hehe

      Eliminar