quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Mamãke-over

Sim, sim. O título está infantil e muito pouco bem conseguido para quem queria dar uma de criativa e que consegue misturar as palavras mamã e make-over. Tentei (não muito, mas tentei). 

Estão boas? Hoje foi a minha vez de me armar em fina (não estou habituada a ir ao cabeleireiro e essas coisas, então parece-me sempre um dia esquisito de coisas boas) e, por causa da nossa entrevista de sexta-feira para uma revista (ler sobre isso aqui), fui por-me bonita, para quando as pessoas estiverem a comparar as duas, escolherem-me a mim como a mais linda e não a Joana Paixão Brás.  Sim. Amamo-nos, mas não deixamos de ser bitches umas para a outra. Brincadeira, brincadeira. 

Foi dia de deixar a Irene com o pai de manhã. Não é costume, já não o fazia desde que fui trabalhar em Setembro durante um mês e, confesso, que não fiquei nada nervosa. Claro que o Frederico é a melhor pessoa para tomar conta dela, mas será sempre depois de mim. Eu sou sempre a melhor hehe. 

Parece que correu tudo muito bem, apesar da miúda ter adormecido de cansaço na cadeira da papa. Tão, tão queridos. Além disso enviou-me um vídeo da miúda a dançar enquanto eu estava a ser pintada... derreti-me toda, claro! Bom!!!! Falemos do que fui fazer!! Vi umas imagens no Pinterest e, afinal (porque não percebo nada disto) o que eu queria eram uma californianas. E, para fazer coisa diferente no meu cabelo, só o Renato Luís. Não, não é patrocínio. Arrotei o preço todo na mesma, mas com muito gosto (e pensei que fosse mais caro). 

Comecei a ir ao Renato Luís (salvo seja) porque durante a gravidez queria fazer uma mudança de visual drástica. Queria ficar com aquele aspecto saudável e irritante das famosas. Então, à pita, procurei no Google qualquer coisa como "cabeleireiro dos famosos". Fui dar ao Renato Luís e ao Chill Factory em Oeiras. 

O Renato Luís (tenho de dizer sempre os dois nomes porque perguntei-lhe e é mesmo esse o nome artístico dele) faz as galas dos programas de televisão grandes (à excepção da Casa dos Segredos). Sempre que virem gente que, mesmo que tenha a cara de uma couve lombardo, tenha o cabelo impecável, foi ele. 


Como sabem, estou em casa com a Irene todos os dias e coitadinho do Renato Luís (aí estão os dois nomes), hoje teve de levar comigo, tipo melhor amiga. No final do penteado até levou um abraço que andou de lado. Falar com adultos é bom. De vez em quando. 

Aqui fica o ANTES: 




DURANTE: 


DEPOIS (sem óculos): 



Com óculos e sem casaco ou poncho ou lá o que é (porque faz toda a diferença haha):


Como as bloggers fazem e sempre quis fazer: 

Cabelo: Renato Luís
Óculos: Ray-Ban do Alegro de Alfragide 
(mereço porque andei 2 anos com uns da Ale Hop)
Camisola enorme: Zara 
Carro: Honda rasquinho (é a vida e já vou com muita sorte)

5 comentários:

  1. Está muito giro. Claro que o homem não vai perceber a diferença. Mas antes assim. Contam-se pelos dedos da mão as vezes que saio satisfeita do cabeleireiro. É tipo quase nunca. Vais estar muitaaaa gira. A outra Joana já veio mostrar as madeixas ou nem por isso? É que é um assunto que me interessa, ehehhe, já que eu, madeixada há anos vivo em profundo amor-odio com as ditas. Beijinhos e parabéns pelo looook!

    ResponderEliminar
  2. diria eu depois de olhar para as janelas das portas de trás do teu "honda rasquinho" (como lhe chamaste) que precisas de uns tapa sol mais bonitos! :) heheheheh :) de resto estás muito bonita!! :D <3 beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que quiseres hahahaha :D E de um sinal a dizer que há um bebé a bordo hahah :) Pratos para os animais, o que te apetecer! Sou fã! haha

      Eliminar