quarta-feira, 29 de junho de 2016

Saudades de conseguirem conversar com uma amiga?

Na quarta-feira fomos ao jardim de Belém. Nem me lembro há quantos anos não ia para aquela zona (a não ser para jantar na Enoteca de Belém que recomendo vivamente - sem crianças). A Bruna (minha amiga desde o 12º no Liceu Camões) e o Vicente (um dos seus três filhos) e nós (a Irene e eu) chegámos praticamente ao mesmo tempo (vou parar com isto dos parênteses, não é?). Levei um lanchinho para eles para comerem na relva enquanto púnhamos a conversa em dia e assim foi. Não resistimos em ir ao McDonalds, quais adolescentes e a Bruna mamou um smoothie (já não ia ao Mc há tempo suficiente para não saber que isso existia e que havia infra-vermelhos nas máquinas de despejar os tabuleiros - whaaat?) e eu um sundae de caramelo (acho que foi a primeira vez que comi um sundae até ao fim). Fomos até aos baloiços numa de "lhes dar o que eles querem", mas ficámos tão cansadas de estar a acompanhar e a restringir e a aconselhar que voltámos para a relva outra vez. 

A Irene comeu um pedacinho de pau, o Vicente fartou-se de cair (acho que vai ser duplo), atirou a Irene ao chão por ela ter sido chata e ter tentado roubar a bola dele (é uma das coisas que me preocupa na creche - a Irene levar safanões dos outros meninos), a Bruna e eu quase que conseguíamos acabar uma frase de vez em quando, mas foi maravilhoso: sentir o vento fresco (em vez de estar em casa a fabricar suor), ver tanto verde, ver os miúdos entretidos e estar com uma amiga de longa data. É sempre incrivelmente bom voltar a estar com amigos "de sempre" e ver que não mudaram, que a dinâmica continua igual. No nosso caso, até é assustador. Estamos mesmo iguais. 

Só tive mesmo pena que não desse para falarmos mais profundamente e disse-o à Bruna. Tivemos conversas de "quem está ali com os filhos", mas também foi muito melhor por eles estarem ali connosco. Compensa. 

























Macacão - Zippy (está grande demais, daí ter cortado um elástico e feito um nó atrás)
Sapatos - IGOR
Gancho - Claires
Chapéu - Zara

Sigam-me no instagram aqui @JoanaGama
e a nós aqui @aMãeéquesabe

6 comentários:

  1. O q tu precisas meeesmo são uns ganchos em condições para a Necas. Eu andava como tu feita estúpida a comprar na claires ou daqueles carérrimos q nem justificam o preço e não suportam grande coisa, até que uma querida paciente me falou numa página de facebook maravilhosa, onde a variedade de laços é infinita e o preço uma verdadeira pechincha. Ainda franzi o nariz à qualidade, dado o preço ser tão baixo, mas depois da minha primeira encomenda os receios foram-se. Lindos, tamanhos do XS ao L, podes escolher se queres em gancho, elástico, bandolete, etc. Agora o q interessa, a página chama-se Lost Colours. Vou deixar aqui o link. https://www.facebook.com/lostcolourshandmade/ atendimento é espectacular, a senhora é incansável, uma querida. Espreita :) Os ganchos q ela usa são óptimos, seguram mesmo bem o cabelo (e olha q a minha tem uma juba enorme ;))

    ResponderEliminar
  2. Olá Joana, sempre que vejo um post teu com fotos da Irene, só consigo exclamar: "que linda!!", "tão linda!!"....juro!! Todas as vezes!! Não falha!!
    Gosto muito do vosso blog e leio religiosamente todos os dias,desde que soube da vossa existência. Confesso que venho aqui várias vezes ao dia para ver se já tem alguma publicação nova (para veres o grau de adição que EU já tenho :p).
    Continuem assim( as duas Joanas, porque também gosto muito da outra Joana e das suas meninas)são realmente maravilhosas, muito queridas, simpáticas e reais!! E bonitas :D
    Identifico-me muito contigo, essa tua maneira louca de ser e viver. Tudo o que escreveste no inicio do blog, na gravidez e nos primeiros tempos de vida da Irene eu também senti isso com a minha filha (a Clara com quase 17 meses) mas depois fez-se um clique não foi? E agora é tão bom!! Um beijinho muito grande para vocês que não conheço pessoalmente, mas que parece que conheço de toda uma vida...é isto que o "a mãe é que sabe" faz...entra nós nossos corações e as protagonistas também... Bem, vou-me embora, já pareço um bocadinho fanática....beijinhos e continuem a fazer-nos sorrir!! E saúde, muita saúde para vós é o que vos desejo!!
    Carolina Névoa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu também :-) (a parte de vir aqui espreitar se há post's novos) :-D

      Eliminar
  3. Saudades até de conseguir conversar com o marido :-D ahahahaha
    A miúda é uma tagarela, que às vezes é mesmo complicado :-)

    ResponderEliminar
  4. Pois, conversar enquanto se está com os filhos... não vai acontecer tão cedo.
    Em relação à Irene levar uns safanões (e sapatadas e dentadas) de outros meninos na creche vai acontecer e não há nada a fazer. Mas muito provavelmente ela também vai dar por isso tudo se encaixa.

    ResponderEliminar
  5. Concordo aqui com a Célia do comentário acima, ás vezes é muito dificil conversar com o meu marido porque o Diogo está sempre "mãe???????" :))
    A tua filha está uma menina linda!

    http://ourpicturingdays.blogspot.com

    ResponderEliminar