sexta-feira, 24 de junho de 2016

Como mãe... podemos?

Às vezes penso que, por ser mãe, que devia comportar-me de outra maneira ou de me vestir de outra maneira. Já senti isso, já não sinto. Sinto que ser mãe me mudou por completo, mas só mudou o que mudou. Não tenho que mostrar ser coisas que não sou. 

Apetece-me usar ténis? Uso. Ténis reflectores verde água? Uso.

Se um dia me apetecer usar totós, uso. 




Mas como diz uma amiga minha (que é advogada): "tu não tens um emprego de gente séria". E é verdade, não tenho. 

Tenho um emprego onde se vier de blazer toda a gente acha que me morreu alguém da família. 

Tenho sorte. 

PS - Porém, apeteceu-me tirar mais de 10 piercings que tinha nas orelhas. Não sei se foi de ter sido "mãe" ou de me ter fartado, mas achei que já não faziam parte de mim, do que queria passar. 

3 comentários:

  1. Revejo-me muito no que escreves aqui menos na parte de achar que devia comportar-me de maneira diferente. Nunca pensei isso mas já me tentaram fazer sentir isso, muito antes de ser mãe.
    A minha mãe, de cada vez que ia a casa, depois de não morar em casa dos meus pais há anos, perguntava-me se não podia usar uns saltos altos e uma roupa mais aprumadinha quando fosse ao café. Claro está que eu ando sempre de t-shirt, calças de ganga e ténis. E, às vezes totós e tranças. Apetece-me, sinto-me bem assim.
    Não lhe ligava nenhuma, era o que faltava. Achava isso uma grande foleirada, isso sim.
    No trabalho a coisa é um bocado mais espinhosa. Como não lido diretamente com clientes estico-me um bocado, mas existem ocasiões em que tenho que tirar os vestidos mais aprumados e os saltos do armário.
    Agora, como mãe, vou continuar a ser exatamente a pessoa que sou. Se pareço uma mãe tão séria como a maior parte das minhas amigas? Não, se calhar não, mas o que é que isso interessa.
    As mudanças vão-se fazendo de uma forma natural. Também tirei os piercings que tinha quando engravidei da minha filha de 2 anos e depois não me fez mais sentido voltar a colocá-los. Foi uma coisa tranquila, natural e não pensada. Existem vestidos de adolescente que também já não consigo usar. Por mim, não pelos outros.
    Mas continuo a correr nos corredores dos hipermercados, a rebolar na areia da praia e nos parques com a minha filha e a fazer figuras de macaca com ela e para ela. :)

    ResponderEliminar
  2. Já agora, e como à uma semana tive o meu segundo filho, esses ténis são da onde? Adoro e ficariam mesmo bem no meu estilo de mãe de dois! Haha

    ResponderEliminar