segunda-feira, 24 de julho de 2017

Que comida levar para férias?

Em primeiro lugar, depende do tipo de férias (se em Portugal, estrangeiro), para onde se vai (se hotel, se casa, se campismo...), idade dos miúdos e mood. Por mood entenda-se uma trilogia vontade-dinheiro-espírito (descontraído OU picuinhas). Há pessoas que descontraem nas férias com a alimentação dos miúdos, há quem ache importante continuar a dar-lhes a melhor comida possível. Eu sou adepta, em podendo, de um misto, de um equilíbrio. Podem comer um gelado ou uma bola de berlim, umas batatas fritas (à Luísa ainda não dou, prova uma ou outra), mas se o resto puder ser nutritivo, variado e saudável, melhor.

[Por exemplo, para Barcelona levei apenas uma sopa para a Luísa, para o primeiro dia, e depois "logo se via". Seriam apenas 4 dias, com voos pelo meio, por isso decidi ser prática. Houve refeições em que comeu bem. Havia creme de legumes em dois dos restaurantes e depois comia o que houvesse: carne, croquetes, pizza e fizemos um jantar em casa (arrendámos casa no centro). Comprámos, na merceeria, iogurtes, bolachas e fruta, comeram muita fruta.]

Desta vez, viemos para o Algarve, para uma casa, uma semana (com o avô Fernando). Se por um lado, não queria complicar muito e ter trabalho a fazer todas as refeições, por outro gostava que comessem bem e com variedade. E, em vez de estar a ir aqui às compras grandes, trouxemos já muita coisa cá de cima e lá em baixo compramos o pão, a carne, o peixe, os ovos e o que for faltando. Comemos, salvo raras excepções, em casa.

1) SOPAS
Copiei a ideia de génio de uma amiga da Joana Gama e trouxe sopas para toda a semana para as miúdas, já feitas, da BebéGourmet que são saudáveis, nutritivas e saborosas. Sopa de Couve-portuguesa com Vitela, Sopa de Brócolos com Frango, Sopa de Espinafres e Grão, Sopa de Cenoura com Massinhas e Pescada e Sopa de Beterraba são algumas das que trouxe. Comeram logo uma na estação de serviço.



2) LEGUMES E FRUTA
Já que iria ter de comprar cá em baixo, por que não levar comigo o meu cabaz? Desde que a Joana me pôs o bichinho, salvo seja, dos produtos biológicos (sim, mesmo depois da investigação da Sábado, eu prefiro confiar), que recebemos um cabaz de produtos bem-bons do Bio Cabaz todas as 6as feiras (o David recebe em Carnaxide e traz). Mirtilos, pêras, meloa, maçãs, pêssegos, curgetes, batatas, cebolas, alfaces, cebolinho, cogumelos, tomates e mais mil e uma coisas que vão variando semana a semana e que se podem adicionar extra ao cabaz. Vejam só a belezura destes alimentos <3






3) FRUTA EM PURÉ
Gosto de levar para a praia, em caixinhas, melão partido aos bocadinhos (que memórias boas de infância!!!), melancia, uvas, etc, etc, mas também acho super prático levar fruta em puré (e a Isabel adora e a Luísa também já gosta). Já há imensa oferta fixe no mercado, sem açúcares adicionados, por isso, compramos de diferentes marcas e até de "marca branca", desde que os rótulos me agradem. Se preferirem bio, têm estas, que encontram já em alguns supermercados (arranjei da Vitabio) em promoção no Continente), no celeiro, e online tamebém aqui.


4) SNACKS
Bolachas, bolinhas energéticas, tiras de cenoura, queijinhos - dá jeito levar algumas coisas destas na mala, para irem(irmos) picando na praia.


5) PAPAS PARA O PEQUENO-ALMOÇO
Aqui já sei que a aveia tem de andar sempre atrás de nós (ou a "papa boa", como lhe chama a Isabel), assim como a Maizena, que lhes comecei a fazer há pouco tempo (receita aqui). De resto, comem ovos mexidos, fruta, pão, o que fizermos para nós.


E venha o resto, que também faz parte: a bela da bola de Berlim, o geladito, os petiscos (elas adoram caracóis, por exemplo, e eu também)...

Ficar em hotéis com tudo incluído é bem porreiro, mas, em não podendo, lá nos amanhamos com as nossas comidas e um ou outro jantar fora, e é bem bom! Ainda por cima, viemos com o avô Fernando que cozinha bem, o que mais se pode pedir?


FÉRIAS, QUERIA-VOS TANTO!
Queria, já não quer? (cssssstum).

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade.

13 comentários:

  1. Nas férias há mesmo que simplificar. Indo para uma casa prefiro comprar lá os legumes e fazer uma sopa no local. No aninhásseis aderi aos saquinhos de fruta em que nos colocamos o que nos apetece lá dentro e os dois lanchavam na praia de forma saudável :)

    ResponderEliminar
  2. Ora aqui está!!!! Equilíbrio!!! Aquilo que falta a tantas das pessoas que comentaram o post anterior. Os miúdos não têm SEMPRE que dormir na cama e no maior silêncio, nem acredito que as outras mães os levem todos os dias para festas e arraiais na hora da sesta. Também não têm que andar todos os dias a comer batatas fritas, bolos e hamburgers, mas dentro de uma alimentação equilibrada, podem fazer "avarias" de vez em quando. Ou porque estão de férias, ou porque é um dia especial... Embirro tanto com fundamentalismos! Equilíbrio senhoras(es)! Não custa nada!

    ResponderEliminar
  3. Adorei o jeito descomplicado e despachado principalmente das sopas na estação de serviço, ora vamos atestar o carro e assim como assim atestamos também já as miudas de sopa!! Assim mesmo é que é, pessoalmente nas férias também não complico muito e sou mais desleixada com os horários das refeições, para essas "complicações" tenho o resto do ano! Boas Férias!! :)

    ResponderEliminar
  4. Gosto que descompliques mas dizeres que sopas pre-feitas e boiões de frutas, sejam biológicos ou não , são saudáveis .. mas gosto que sejam menos fanáticas .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa empresa serve várias escolas e Jardins de infância? Não são saudáveis?! Vamos entrar nessa onda fanática de que nada é saudável porque nem o que é biológico é biológico porque apanha água das chuvas, que por si só já está contaminada etc etc??

      Eliminar
    2. Não estou contra dar porque eu também dou estes pacotes quando é necessário. Mas nem tudo o que se dá nos jardins de infância é saudável, não nos podemos guiar por aí. No da minha filha, com cerca de 12 meses já as crianças estão a comer ovo estrelado, batatas fritas. Sem contar com as papas de compra e bolacha Maria a toda a hora. Alguns jardins de infância ainda precisam de aprender muito sobre alimentação saudável.

      Eliminar
    3. Não é o caso. Usam alimentos biológicos e não adicionam sequer sal.

      Eliminar
  5. Posso fazer-lhe uma pergunta? Como levou as sopas? Numa geleira? Comprou congeladas? Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Congeladas numa geleira, menos as que eram para o dia.

      Eliminar
  6. Ola. Tb em modo ferias, as refeicoes sao por casa. Em nao podendo de outro modo, assim ja ē perfeito. E sim, cozinhamos ä mossa maneira e dentro do possivel, saudavel.Nao e preciso complicar mas também nao é á vontadinha.

    ResponderEliminar
  7. Acabei de vir de férias e assim fiz: abasteci-me de purés de fruta e fiz sopas em casa e congelei para poder levar na geleira. Conheço a bebé gourmet, tem-me salvado naqueles dias do 'e-agora-que-já-são-8-da-noite-e-eu não-tenho-sopa-feita'!
    Carla Oliveira
    http://carlapoliveira.tumblr.com

    ResponderEliminar