terça-feira, 31 de janeiro de 2017

8 coisas a fazer antes de ter um bebé.

#1 Mudar imensas vezes a areia dos gatos.

Depois, se não formos imunes à toxoplasmose, não convém que mudemos nós a areia e podemos ficar com saudades. 




#2 Olhar imenso para o pipi 

Quiçá até conversar um pouco com ele. Ele vai sentir a nossa falta durante 9 meses. 




#3 Fazer amor em várias posições que não a de frango.

Só para nos despedirmos daquelas posições em que não estamos tão expostas ou até daquelas em que parecemos uma pessoa que pratica yoga e que gosta muito de sexo. 

#4 Ir ao dentista.

Literalmente. Tratar dele se for engraçado. Depois de ter um filho, isto das traições cai pior. Brincadeira. Tratar da dentuça toda que depois a ben-u-ron e a brufen não há grande coisa que nos acuda. Contar com os 9 meses de gravidez mais não sei quantos de maminhas e tetinhas e não sei quê. 

#5 Usar todas as lingeries mais atrevidas que tenham.

Depois, quando estiverem grávidas e mesmo uns tempos depois da criança nascer, as mamas não vão caber nos soutiens do costume (vão parecer um mocaccino entornado) e o pipi também não caberá tão bem nas cuecas. Fica a parecer quando tentamos embrulhar algo em papel de alumínio e não tirámos papel suficiente.



#6 Fazer análises.

À vida, ao tempo, à conjuntura, ao buço da melhor amiga... e ao sangue! Convém mesmo saber se o nosso corpo está em condições ou se parece aqueles panos húmidos nojentos que às vezes deixamos no lava-loiças e que estamos em negação sobre a quantidade de bactérias que terão.

#7 Deixar de tomar contracepção

Parecendo que não, é importante. Há quem dia que, quando tomamos contracepção, não há grandes probabilidades de ter um bebé. Pelo sim, pelo não, acho melhor tirar ou deixar de tomar. 

#8 Arranjar esperma.

Maria engravidou sem badalhoquices, mas a maior parte das pessoas é capaz de precisar de um pouco de sémen para gerar vida. Somos muita boas e multi-task mas ainda não conseguimos fazer isto dos bebés sem essa parte da equação. Podemos tentar, quer dizer. Nada nos impede. Se calhar se fecharmos os olhos e pensarmos só em coisas boas... 

:::::::::::::::::::
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui
O nosso canal de youtube é este

17 comentários:

  1. O que eu me ri! Obrigada!!

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Se calhar estou a confundir com agora... durante a amamentação!

      Eliminar
    2. Ainda?!?! Isso vai até aos 20 anos? Já roça o ridículo!

      Eliminar
    3. Caro anónimo ou anonima, o desmame natural pode ir até aos 7 anos! Qnd a criança quiser deixa!! Ridículo é trocar leite de uma mãe para uma vaca qualquer!!

      Eliminar
    4. Que a vaca seja de qualidade!!

      Eliminar
    5. O anónimo não mamou, hihihihi ( eu por acaso tb nao...lol).Que a vaca seja a mãe da criança, para não tirar leite aos vitelos! ;D

      Eliminar
    6. 7 anos???!!!!! Porque não 8, já agora...

      Eliminar
    7. Sim... e ir para a escola nos intervalos dar de mamar...
      São os fundamentalismos! Basta verificar.l na natureza para ver que as coisas não se processam assim! Mas a mãe é que sabe e o filho não é meu!
      A nível de independência da criança parece-me profundamente contraproducente e é o que os médicos dizem... mas as experts são as conselheiras de amamentação... por isso! Cá por casa foi até aos 2 anos e considero que foi muito bom!

      Eliminar
    8. Eu sou a mesma que acha estes post da Joana Gama sempre exagerados. Ehhhh pahhh mas este comentarios até me dao comichoes. As mamas sao dela, a filha é dela, o tempo é dela. . . Ela gasta o tempo, usa as mamas e alimenta a filha como bem entender. Digo eu. Se for ate aos 20 anos que seja. Se soa a estranho amamentar ate aos 20 anos? Talvez. Mas continua a ser ela que sabe... e nao me parece que a Irene queira maminha ate aos 20 anos. Oh criaturas larguem de implicar com as mamas alheias.

      Eliminar
  3. Acho que no meu caso só faltou mesmo ir ao dentista... Mas fui à dias redimir me e está tudo bem :-)

    ResponderEliminar
  4. Amei 😂 Eu não diria melhor ... mas agora lembrei me de outra. Cortem as unhas dos pés!!! As minhas no final gravidez e primeiros meses depois do puto nascer parecia que ia cavar a horta

    ResponderEliminar
  5. A do papel de alumínio foi awesome 😂😂😂

    ResponderEliminar
  6. Gostei logo da primeira. Sou imune à toxoplasmose, portanto podia mudar a areia do gato descansada. Mas resolvi deixar esse privilégio para o meu marido, porque ele merece tadinho!!! 😉

    ResponderEliminar
  7. Joana diz que isto foi só porque nao tinhas nada para escrever e pensas-te bora lá tentar ser engraçada. Oh pah eu leio sempre os teus post na esperança de ler alguma coisa que nao caia neste exagero, nesta necessidade de ter graça. Ainda bem que há publico para tudo e que há quem goste do que escreves.eu continuo a achar simplesmente exagerado. Felicidades

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pensaste. Não tenha esperança, não gosta não leia. Haters gonna hate.

      Eliminar
    2. Obrigada pela correçao. Agradeço também o facto de defender a Joana, a correçao do meu erro ortográfico nem tanto mas sair em defesa da Joana é capaz de ser considerado um serviço público.
      E para fim de conversa as opiniões são como as cabeças cada um tem a sua. E graças ao 25 de abril podemos exprimir as nossas opiniões livremente.
      Um bem haja Joana hoje já podes dormir feliz tens aqui uma fã e defensora.

      Eliminar