1.21.2015

Sou avó

Hoje sou avó, por uns minutos.

Uma avó cuida, ama ao quadrado e ainda leva reprimendas. 

Uma avó já foi mãe embora os filhos façam questão de lhe relembrar, vezes sem conta, que já foi há muito tempo, que já não sabe nada e que não é ela a mãe.

Uma avó quer agradar e passar tempo de qualidade com os netos. Não tem de ser mãe.

Uma avó não ralha e mesmo que façam o maior dos disparates “foi sem querer, coitadinho.”

Uma avó mima e (não) estraga. Em muitos casos, não vê os netos todos os dias e quer condensar o tempo perdido num fim-de-semana. Quer voltar a ver crescer e voltar a ser criança. Quer que uma hora seja uma montanha russa de emoções.

Uma avó deixa as maçãs e as peras na fruteira e encarrega-se de lhes adoçar a boca, mas não faz mal porque “é só hoje”.

Uma avó partilha segredos com os netos. Quer criar cumplicidade e não quer levar na cabeça.

Uma avó fala pausadamente, com carinho e frescura na voz, e com toda a paciência do mundo. Está disponível para fazer o avião, mesmo que as cruzes não colaborem, e para fazer ovos com salsichas, caso eles não queiram a sopa.

Uma avó é presa por ter cão e por não ter. Se o neto faz birra no supermercado, a culpa é dela, que o estragou. Se lhe compra o chocolate, faz-lhe as vontades todas.

Uma avó ama incondicionalmente e tem de levar com o peso da idade como desculpa para não saber nada.

Uma avó quer reaver o tempo que não teve para os filhos e dá o melhor de si aos netos.



À minha mãe, à minha sogra e a todas as avós que nos seguem, 
obrigada por serem o nosso e o outro lado.

Obrigada por serem Avós.


Sigam-me no instagram@JoanaPaixaoBras
e o @aMaeequesabe também ;)

10 comentários:

  1. Fantástico este texto Joana! Obrigada por nos lembrares que ser avó é isso e muito mais. Pode ser que depois de lermos este texto passemos a perdoara mais as nossas mães e sogras por estragarem os nossos filhos com mimos e nos lembremos de como era bom sermos mimados pelas nossas avós ( e avôs)...

    ResponderEliminar
  2. Fantástico texto Joana! É muito bom os nossos filhos terem avós que os querem bem e fazem tudo por eles. Como diz o ditado antigo "Quem meus filhos beija minha boca adoça" é bem verdade. Obrigada Avó Guida e Avô Bernardino.

    ResponderEliminar
  3. Obrigada Joana por teres escrito sobre as avós!! E que realista que foste! Ser avó é isso mesmo e assim será sempre!! tudo de bom para as vossas meninas e para as avós dessa família!!! beijinhos da tia Justa

    ResponderEliminar
  4. Infelizmemte as minhas filhas não sabem o que é ter avós mas tem um avô assim.

    ResponderEliminar
  5. ♡ mesmo! E tantas que são postas de lado e não lhes permitem ter esse papel... os avós deviam ser eternos! Beijinhos Joana

    ResponderEliminar
  6. Uaaau! Deixaste-me com lágrimas nos olhos ;)
    É mesmo isso, sem tirar nem por..


    ResponderEliminar
  7. adorei e....roubei mas claro que não como meu!!!! Este texto define mesmo o que eu penso no ser avó. O meu neto tem agora 18 meses e sofro mais com os pais do que com ele....e criei 3 filhos

    ResponderEliminar
  8. adorei e....roubei mas claro que não como meu!!!! Este texto define mesmo o que eu penso no ser avó. O meu neto tem agora 18 meses e sofro mais com os pais do que com ele....e criei 3 filhos

    ResponderEliminar
  9. Parabéns excelente texto.

    ResponderEliminar