sábado, 23 de julho de 2016

Duas irmãs, duas imagens

Perguntaram-me e assumo: é verdade que não tenho tirado nem um terço das fotografias que gostaria. Da Isabel, tenho pastas organizadas por dias. Da Luísa tenho umas quantas no telemóvel, com ângulos manhosos (ou a mamar ou no meu colo, ou nas minhas pernas) e nem sempre tenho tempo/paciência/vagar para ir buscar a máquina fotográfica. A culpa também é dela. Ela que não se armasse em esquisitinha e não de pusesse sempre mal disposta e chorosa quando a deito (tem de andar quase sempre ao colo e na vertical), que logo teria mais pastas de fotos queridas no disco externo para ver, quando fosse mais velha. A miúda é gira e badochinha que se farta e as fotos manhosas que lhe vou tirando não fazem jus ao querido que ela é.

Mas tenho duas fotos que espelham bem a fofura que se vive cá em casa, daquelas de derreter corações.



São ou não uma perdição? <3

Sigam-me no instagram @JoanaPaixaoBras
e o @aMaeequesabe também ;)

6 comentários:

  1. São mesmo! Uns amores! Os primeiros filhos são sempre mais privilegiados no que toca a fotos pois temos mais tempo, os segundos é tudo com telemóvel que está logo ali!

    ResponderEliminar
  2. Joana as fotos são maravilhosas :-) mas quero só dar te uma dica, vai imprimindo aos poucos as fotografias. Eu tinha tido num disco externo e um dia numa descarga de corrente (penso eu) desapareceu tudo!!!!
    Agora com a minha bebé (tem ela 2 meses e 15 dias) já mandei imprimir umas quantas. Não me quero arriscar a ficar sem estas recordações maravilhosas

    Liliana

    ResponderEliminar
  3. São, sim. E mais vale viver os momentos do que tirar fotos.

    ResponderEliminar
  4. A Luisinha está na "paz", aqueles dois dedos não enganam! haha :D
    Lindas! A menina Béu é um doce.

    ResponderEliminar