quinta-feira, 14 de julho de 2016

A conversa mais séria que tive com a Irene.

Como é que só me lembrei disto agora? Isto de ser mãe realmente... ao mesmo tempo que parece que põe os neurónios todos a funcionar, acho que faz com que só tenhamos dois. São dois muito bons? Epá, são. Mas não deixam de ser só dois. 

Então e não é que a Irene fala extremamente bem, compreende extremamente bem e eu ainda não tinha tido a conversa mais importante de todas? 

Essa mesmo. 


- Necas, anda cá à mãe, sff. A mãe quer ter uma conversa muito séria contigo, pode ser?

- Sim.

- A Necas acorda durante a noite, não é? E chama pela mãe, verdade?

- Sim.

- Como chama a Necas pela mãe durante a noite?

- "maaaaãeeeeeeeeeeeeeeeeee!".

- Não precisa de chamar, Necas. Sabe porquê? Porque... está tudo bem. A Necas é a maior e a Necas consegue adormecer sozinha. Consegue, não consegue?

- Sim.

- Vamos fazer uma coisa muito gira. Sempre que a Necas acordar durante a noite e não vir luz lá fora, a Necas vira de barriga para baixo, abana o rabo e adormece. Não precisa de chamar a mãe. 'Tá bem?

- Sim.

- Quando a Necas acordar durante a noite o que vai fazer?

- Abanar o rabo.

- Pronto, mas na cama ou vai sair?

- Sim.


Acho que tenho o problema resolvido.


Nota: para todas as minhas fãs (estou a brincar, eu sei que sou o Éder deste blog), trato a Irene por Necas porque é como ela se trata a ela própria. Tem que acabar, eu sei.

17 comentários:

  1. Necas é giro, tratar na terceira pessoa é que é bimbo

    ResponderEliminar
  2. Tem de acabar pq?? Aqui em casa a Constança é Kikaz...
    Eu: como te chamas??
    Ela: kikaz... kikaz babalho(Carvalho)

    Mas outro dia esteve aqui uma menina em casa que lhe chamou Camila a tarde toda... e ela corrigiu sempre..."não sou Mamila... o meu nome é Contanta"

    Ela sabe como se chama e sabe que Necas é o nome carinhoso...

    Está melhor ela??

    ResponderEliminar
  3. Irene é mais bonito do que Necas, muito sinceramente...mas é um termo carinhoso.
    Porque se tratam na 3° pessoa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque é bem...
      Bem piroso.

      Eliminar
  4. Necas é giro. Só não percebo o tratamento na terceira pessoa.

    ResponderEliminar
  5. Até podes ser o Éder do blog , mas a tua filha leva a taça da mais gira do blog !! A miúda é um espanto :)

    ResponderEliminar
  6. E a conversa deu certo? Porque aqui em casa também tive uma conversa muito séria, e ela na mesma seriedade respondeu... mãe, eu sei dormir sozinha, eu consigo dormir sozinha, mas prefiro ir até a tua cama e vou continuar indo sempre, toda a noite.... Ok... Resolvi deixar mais um tempo até a próxima conversa séria!!! ehehhehehe!!!

    ResponderEliminar
  7. Eu também não percebo pq ainda falas assim com a Irene... mas vocês é q sabem :P Ainda lhe dás maminha quando ela acorda à noite?

    ResponderEliminar
  8. Isto de tratar na 3ª pessoa é quase involuntário. Já me apercebi disso várias vezes. Estou a falar com o meu filho e em vez de o tratar por tu, trato-o pelo nome próprio. eheh Acho porque estamos mais habituadas a falar deles do que com eles :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fácil, não é o verbo que interessa? O verbo está na 2a pessoa (tu) ... a expressão tu por si só é feia e pode cair no "tu cá tu lá" com facilidade. Substituir o tu pelo nome, além de ser mais giro, mostra educação com proximidade (pelo verbo estar na 2a pessoa do singular) Necas é giro, toda a vida fui Nonô e já na faculdade me cuatou habituar ao Leonor. Qual o mal de nick name em familia??? Bjos Joana eboa sorte com a conversa séria lol

      Eliminar
  9. A minha filha tem 17 meses e diz que se chama Nonô Tátá ( Leonor Constança)! Hahaha... Já tem nome artístico, falta a carreira na música pimba! Lololol...

    ResponderEliminar
  10. O meu Francisco autodenomina-se de Xito desde que começou a dizer as primeiras palavras.. Quando lhe perguntavam o nome ele dizia Francisto, muito solenemente... Actualmente já fala perfeitamente mas continua, por vezes, a referir-se a si próprio como Xito... Quanto ao tratamento na terceira pessoa, por experiência própria, verifica -se no seguimento do próprio tratamento que eles dão a si próprios quando são pequeninos. Nós naturalmente tendemos a seguir, sem que isso seja bimbo...Com a idade deles geralmente passa :)

    ResponderEliminar
  11. Acho muito querido Necas, não vejo porque acabar com isso. Eu tive essa conversa "seria" com o meu há 2 meses acerca das fraldas. Disse vamos acabar com as fraldas e usar só cuecas e resultou! Ele tinha 29 meses e a partir daí o desfralde foi um sucesso!

    ResponderEliminar
  12. E a conversa resultou?? Sinceramente?? Na minha casa nada resulta... Alice continua a gritar e a chamar pela mãe, ou simplesmente vai até ao meu quarto e deita se ao meu lado... já me resignei...
    :(

    ResponderEliminar
  13. Necas é um nome super carinhoso... :) O meu Vasco também se autodenomina de Tato e quantas vezes não dou por mim a chama-lo assim... quanto à conversa também tenho de experimentar, se bem que ele aind me pede para mamar durante a noite (a maior parte das vezes só por mimo mesmo...)

    ResponderEliminar