sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Ia acontecer...




Ia acontecer, mais tarde ou mais cedo. Faz parte. Mas o instinto animal começa a rugir. "Quem foi?" Como se a resposta importasse. Como se fosse tirar satisfações com a mãe do miúdo ou com o miúdo "fazes isso outra vez à minha filha e... e..." e nada, como é óbvio. 

Qualquer dia - se é que não o fez já na creche - será ela, chateada e frustrada por lhe estarem a tentar tirar o boneco das mãos. Foi o que aconteceu e o outro bebé mostrou-lhe a sua garra. Os dentes, neste caso. Faz parte, repito vezes sem conta para me convencer disso. Mas custa. Custa não poder protegê-los. Custa não os ter debaixo da nossa asa.

Será que um dia vamos conseguir encarar todas estas coisas sem dramas e achar natural? Ou vamos ter sempre este fogo que passa no peito e faz acelerar o coração durante uns segundos?

9 comentários:

  1. O meu já levou com duas.. Do mesmo menino.. Custa muito! E qdo vi o menino não consegui deixar de pensar: seu rufia, a morderes o meu menino lindo e anjinho! Por acaso hoje vi o meu filho de um ano a interagir com uma menina de um ano Tb e vi que ele não é santo nenhum.. Tirava-lhe os brinquedos a força e queria puxar-lhe os cabelos.. Faz parte, mas custa vermos os nossos bebés terem comportamentos agressivos, e serem vítimas dos outros..

    ResponderEliminar
  2. Tadinha... e parece bem grande. deve ter doido tanto. Mas sim, faz parte. A minha ainda não apareceu com nenhuma em casa... Ainda...

    ResponderEliminar
  3. A minha já veio mordida e já mordeu! faz parte mas custa e também custa quando são os nossos a morder. mas são crianças e faz parte só temos que os ensinar que não se morde.

    ResponderEliminar
  4. Eu tenho medo do oposto, a minha piolah mais pequena e tao brutinha, e nao se deixa ficar em nada.... Tem a mana mais velha em casa, e e raro a mana tira-lhe algo das maos sem causar tumulto....
    E tem a mao bem pesada.... eu ja a vi com outras criancas, e ela addoooorrraaaa brincar.... mas ha dias menos bons, e tenho medo que num desses dias alguem lhe tire o brinquedo e receba uma chapadona -.-'

    ResponderEliminar
  5. Deixo-te as palavras do ‘Poema Enjoadinho’ de Vinicius de Moraes. Tirado daqui: http://www.viniciusdemoraes.com.br/pt-br/poesia/poesias-avulsas/poema-enjoadinho

    'Filhos… Filhos?
    Melhor não tê-los!
    Mas se não os temos
    Como sabê-los?
    Se não os temos
    Que de consulta
    Quanto silêncio
    Como os queremos!
    Banho de mar
    Diz que é um porrete…
    Cônjuge voa
    Transpõe o espaço
    Engole água
    Fica salgada
    Se iodifica
    Depois, que boa
    Que morenaço
    Que a esposa fica!
    Resultado: filho.
    E então começa
    A aporrinhação:
    Cocô está branco
    Cocô está preto
    Bebe amoníaco
    Comeu botão.
    Filhos? Filhos
    Melhor não tê-los
    Noites de insônia
    Cãs prematuras
    Prantos convulsos
    Meu Deus, salvai-o!
    Filhos são o demo
    Melhor não tê-los…
    Mas se não os temos
    Como sabê-los?
    Como saber
    Que macieza
    Nos seus cabelos
    Que cheiro morno
    Na sua carne
    Que gosto doce
    Na sua boca!
    Chupam gilete
    Bebem xampu
    Ateiam fogo
    No quarteirão
    Porém, que coisa
    Que coisa louca
    Que coisa linda
    Que os filhos são!'

    ResponderEliminar
  6. Pois... A minha entrou na creche há uma semana e até nem correu mal. O pior que aconteceu é chegar a casa com restos de comida na roupa toda, no pescoço e no cabelo. Parece que ela, que até há pouco tempo era uma comilona, faz um filme de terror na hora do almoço.
    Mas quando olho para ela, tão inocente, tão delicada e tão pequenina não sei como reagiria se visse um menino a ser mais agressivo com ela, não faço ideia. O contrário é mais fácil, acho, porque sei que iria repreende-la com vigor. Custa mesmo bastante mas, lá está, faz parte... Há que ficar atenta e abraçar-se ao sentimento de impotência parcial. Não conseguimos tê-lo sempre debaixo da "asa", com muita pena nossa ja se sabe.
    Muita sorte e paciência para todas nós.
    Beijinhos

    Deixo aqui o relato da primeira semana de creche da Lara: http://www.vinilepurpurina.com/2015/09/12/primeira-semana-de-creche/

    ResponderEliminar
  7. Custa...mas os nossos um dia tb podem fazer o mesmo

    ResponderEliminar
  8. Custa, mas faz parte, nesta idade, morder é uma forma de se expressarem, de reagir... mas ninguém gosta...
    foi uma valente dentada...

    ResponderEliminar
  9. É mesmo normal e faz mesmo parte.
    A minha pequena foi mordida várias vezes. Houve uma vez, que num dia, foi 2 vezes, por 2 amiguinhos diferentes.
    Mas ela não se ficou LOL.
    Também já cheguei à creche e me disseram que agora tinha sido ela a morder. É assim, faz mesmo parte, e acho que calha mesmo a todos.

    ResponderEliminar