domingo, 25 de março de 2018

DORMIU A NOITE TODA!!!

Sim, em CAPS, tal foi a alegria! Estou a escrever este texto no dia em que, mais de um ano depois - já lhe perdi a conta, mas acho que já não acontecia desde o dia em que ela tinha 6 meses e 4 dias e já tem 22 meses (quase dois anos, meu Deus...) - ela dormiu uma noite seguida. Só quem passa pela privação de sono meses e meses, anos e anos, sabe a sensação de alívio e a sorte que se sente quando isto acontece. Foi bom, mas bom. Acordei com vontade de dançar, de cantar, de me maquilhar e de me arranjar. Eu já dizia que estava habituada, mas a isto é que eu me habituava bem! 
Disse logo à Joana que tínhamos de combinar mais festas de anos da Irene ou que milagre lhe aconteceu. 

Pronto, agora lá vou eu voltar a adormecê-la que hoje já está com tosse e a dose já não se vai repetir. C'est la vie! Estamos juntas na luta! Força!

Menina do papá. E da mamã. E da família toda.



Tudo o que já escrevemos sobre SONO aqui.


Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:

24 comentários:

  1. Que sorte! A minha filha mais velha desde os 2/3 meses dormia a noite toda. Agora a mais nova, 6 meses, é um pesadelo, acorda várias vezes e demora horas a readormecer. Estou desesperada... já bati com o carro, sinto-me tão mal que até já me ocorreu que se calhar tenho alzheimer, não tenho vontade de fazer absolutamente nada,.. Não está a ser nada fácil.
    Estou solidária. Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez não seja Alzheimer, mas depressão. A sério! Procure ajuda especializada, não deixe agravar.

      Sofia

      Eliminar
    2. Ou um esgotamento, é normal se não descansa o suficiente...

      Eliminar
  2. Olá Joana
    Espero que possas ter oportunidade de me responder.
    A minha bebé de 10 meses também passou a acordar várias vezes durante a noite a partir dos 7 meses. Tentamos procurar um padrão, para tentar perceber o que fez despoletar isto (pois não acho normal, ela desde que nasceu sempre foi uma bebé muito fácil, chora pouco e adormecia quase instantaneamente e até adormece sozinha na sua cama no início da noite). No nosso caso, coincidiu com a mudança para o quarto do irmão mais velho. Enquanto esteve connosco, no berço colado à cama, bastava ouvi-la mexer ou fazer um som e era pôr a chucha ou a mão e ali ficava sossegada. Não encontro outro motivo para estes acordares (que de início sossegavam com um embalo e ela readormecia logo, mas com o passar do tempo, agora só volta a dormir se lhe a tirar da cama e der mama e/ou biberon).
    Aproveito este teu post para indagar se também no caso da Luísa coincidiram estes acordares com mudança de quarto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode efectivamente estar a acordar com fome/sede. Garantam que durante o dia come e bebe o suficiente. Pode estar-se a habituar a esse mimo pois acorda e uma vez que lhe dão biberão/mama ela está a habituar-se a precisar disso para voltar a adormecer. Por estar mais longe dos pais pode sentir mais insegurança, podem tentar que ela adormeça com um bonequinho e se ela acordar tentem que adormeça novamente sem precisar de colo, reforçando que o boneco (escolhido por ela) está ali mesmo ao lado dela.
      Por outro lado pode ser apenas uma fase. A minha que sempre dormiu a noite toda passou 3 meses a acordar para beber um biberão. Acabou como começou. :)

      Eliminar
    2. Obrigada! Tudo ideias que já nos ocorreram... Mas é bom ter o reforço exterior :)
      Ela durante a noite também vai conseguindo readormecer sozinha... Depois do biberon. Ela tem uma fralda de pano para agarrar.
      Durante o dia é impossível forçar mais comida/bebida do que já come/bebe.
      Esperemos que seja mesmo só uma fase mas claro que temos receio de a estar a viciar. Sobretudo porque o irmão nunca precisou de biberon nenhum...

      Eliminar
    3. Há um pormenor que faz toda a diferença. Enquanto o irmão era filho único, havia toda a disponibilidade para o deixar chorar um pouco a habituar-se a adormecer. Mas agora temos tendência a dar logo uma panaceia à irmã, precisamente para impedir que chore muito e perturbe o sono do irmão!

      Eliminar
    4. "Deixar chorar um pouco a habituar-se a adormecer" é algo que me deixa realmente triste com este mundo... mas cada "mãe é que sabe"

      Eliminar
    5. :)
      Não terei sido clara. Quando crianças dormem no seu próprio quarto, se chorarem de noite é impossível ir logo a correr acudir... O tempo de acordar , sair da cama, ir até ao quarto deles... Nesse entretanto choram. E deixar chorar é ao colo... Embalar ao colo para ver se é suficiente e readormece. Ou na caminha por a chucha... Claro que dá para ver pelo tipo de choro e perceber que é preciso fazer mais qualquer coisa...mudar fralda/embalar mais/dar mama/dar biberon/limpar nariz etc.
      E o deixar chorar até são palavras do próprio pediatra em resposta a questão se bebé de 10 meses é normal precisar de mais do que um biberon por noite...'deixar chorar um bocadinho'.

      Eliminar
    6. Conte-me tudo anónimo das 23:24, por favor? Assim ao nível das crianças que passam fome ou menos triste? Sabe a que se refere esta mãe especificamente? Serão 20 ou 30 segundos? Terá ela percebido que o filho fazia aquilo é depois parava se não fosse lá? Serão 2 horas? E conte-me outra coisa: aquela última frase foi só para se se sentir bem consigo própria, não foi? Na realidade acha que esta mãe (que não sou eu) é assim para o fraquinho não acha?

      Eliminar
    7. Nada disso anónimo das 19h08, simplesmente já ouvi demasiadas pessoas entre elas bastantes profissionais de saúde a aconselharem mães em desespero a "deixar chorar para se habituar a adormecer sozinho".
      Já percebi que não era a isso que a a.i. se referia. Mas de facto ouvir esse "conselho" e saber que há mães em desespero por tantas noites mal dormidas que o fazem deixa-me profundamente triste.
      A.i. interpretei-a mal, peço desculpa.
      Anónimo das 19h08 não somos todos iguais!

      Eliminar
    8. Bom obrigada por responderam de qualquer modo! Demonstra empatia por outra mae (neste caso eu) que está no mesmo barco que vocês! (O barco das noites mal dormidas há vários meses)

      Eliminar
    9. Continua a passar a mensagem que a sua verdade é que é certa. Não tem que ser. O filho da minha prima “não dormia”. Assim que ela saia do quarto desatava a berrar e ela voltava a correr no 1o segundo. E assim andavam neste vai vem péssimo para mãe e filho de privação de sono. Uma vez, cansada e desesperada e com xixi não foi a correr, foi à casa de banho primeiro. Quando se encaminhou para o quarto já em silêncio deu com o miúdo a dormir ferrado. No dia seguinte fez o teste, e no outro, e no outro... e todos dias o raio do puto berrou durante 30 segundo a 1 minuto e depois ferrou-se a dormir. Pronto era isto... passadas duas semanas deixou de chorar. Parece ficção mas não foi. Há choros e choros. Os bebés não falam, choram. Haverá choros de aflição, choros para socorrer de imediato e haverá também choros que são o equivalente da conversa para dormir dos 3/4 anos “quero água/xixi/boneco/beijinho/you name it”. Por isso deixe lá cada mãe resolver com o seu filho a melhor maneira de dormirem todos e entristeça com reais males no mundo.

      Eliminar
    10. Não vou alimentar mais esta discussão.
      Longe de mim a minha verdade ser absoluta, é apenas a minha opinião e como disse da primeira vez "a mãe é que sabe" (e não, não o digo só para me sentir bem).
      Sou livre de expressar a minha opinião, mesmo que seja contrária, ou só podemos vir aqui dar opinião se for de acordo com as outras pessoas?!

      Eliminar
    11. Pessoal, não se zanguem!
      Eu confesso que às vezes neste blog (que é o único que leio sobre parentalidade, por isso não sei se se passa o mesmo em outros) dá vontade de exclamar como nos monty pythons 'I didn't expect the spanish inquisition!'
      ;)

      Eliminar
  3. eu tenho a sorte de ter uma filha que desde que tem 2 meses dorme pelo menos 8 horas seguidas. hoje com 3 anos e meio dorme entre 10 a 12h seguidas. vem ai a segunda filha e eu so rezo para que seja como a mana que a privação de sono deixa me com um feitio que nao me aguento nem a mim.

    ResponderEliminar
  4. Parece que há luz ao fim do túnel..;)
    O meu pequeno nunca mas nunca dormiu uma noite..alias poucas vezes dorme mais de 2/3 horas seguidas..tem 2 anos e 3 meses e uma mãe que qualquer dia não sabe como se chama! Ja fui a uma consulta mas dizem me sempre a mesma coisa..que é a mama, mas não quero muito acreditar..se calhar tb ja não entendo muito bem lol..p.s gosto muito de vos ler joanas e acabam por ser uma óptima companhia no dia a dia

    ResponderEliminar
  5. O meu tem quase 2 anos e também acorda várias vezes durante a noite. Dos 2 aos 3 meses dormia a noite toda, mas desde aí contam-se pelos dedos de uma mão.
    Agora tenho optado por pô-lo na nossa cama quando acorda a meio da noite... Não é o ideal. Não é o que eu queria, mas ele acordava 2 vezes por noite (na melhor das hipóteses) e demorava 1h/1h30 a adormecer. Foi a solução que encontrei para eu também conseguir descansar...

    ResponderEliminar
  6. Nao é a toa que privação de sono é uma forma de tortura. A minha filha tem 2 anos e nunca dormiu a noite toda. Acorda duas a três vezes por noite...numa noite boa! Acho que já li tudo o que havia para ler sobre o sono das crianças e sinceramente não acho que exista nenhuma razão em especial e também acho que a culpa não é minha. Um dia há-de passar...mas enquanto não passa é duro.

    ResponderEliminar
  7. Entre amigas o cenário é o seguinte. Crianças que ainda mamam (mais de um ano) não dormem nunca a noite inteira. Crianças que já não mamam dormem 8/9/10 horas seguidas. Será sempre assim?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Afianço que não. O meu filho mamou até aos 18 meses e desde 3 meses que dormia noites inteiras. E ele nunca precisou de biberões. Agora irmã também mama mas começou com acordares nocturnos a coincidir também com reforço de biberões. Eu acho que acorda por causa do vício do biberon.

      Eliminar
    2. Naoooooo 😂😂😂😂😂

      Eliminar
    3. Não é assim, o meu só mamou até aos 8 meses e no entanto só começou a dormir a noite toda aos 2 anos, até lá acordava de 2 em 2 horas, de hora em hora... Uma noite boa era se acordasse aí umas 2 vezes só...

      Eliminar
  8. O Santiago tem um sono muito agitado, sinto que nunca descansa bem. Acorda sempre de noite e vai para a nossa cama, sei que não é o ideal, mas estamos a chegar ao limite e precisamos de descansar. Nunca consegui que ele se habituasse a qualquer coisa para agarrar, a única coisa que agarra para adormecer é a nossa cara. Até que adormeça está sempre a mexer nos. Custa tanto. Já nem sei oq eu fazer. realmente a privação do sono custa horrores.

    ResponderEliminar