segunda-feira, 25 de maio de 2015

a Mãe desbronca-se (#11) - A mala de bebé da Irene

Ora bem, eu tenho 0 de trend setter. Geralmente ninguém pergunta onde compro as coisas que compro, a não ser que seja com um ar de nojo. O que vale é que me casei com um tipo com sensibilidade artística e de bom gosto e, surpreendentemente, heterossexual. Daqueles que até é muito heterossexual, daqueles que dá gozo ver a beber uma cerveja, porque parece que o sabem fazer melhor que toda a gente.  Eu cá gosto.

Isto para responder melhor à pergunta da Paula Duarte. Paula, parabéns pelos bebés!!! :)





A Joana Paixão Brás é completamente diferente de mim, não vou revelar como era a mala da Isabel porque tem mais piada se for ela a falar sobre isso. No meu caso, optámos por gastar algum dinheiro (desnecessariamente) já que os avós fizeram o favor de oferecer quase tudo. 

Vimos esta mala algures e a história que nos vendem é que é feita "de pais para pais", portanto está tudo pensado ao pormenor para nos dar jeito. E dá, muito! Especialmente por estar tudo organizadinho e, portanto, é fácil de encontrar o que queremos. 

A desvantagem está em termos de arrumar tudo muito bem (o que leva algum tempo) e não ser muito gira. Mais uma vez, como foi o Frederico, consegui ficar longe das malas da Tuc-Tuc que eu tanto queria.

Chama-se Paca Pod. E chamam de pods àqueles compartimentos diferenciados dentro da mala, um para mudar a fralda (diaper pod) e outro para a alimentação que é térmico (para guardar o leite - seja ele de que tipo for).

Depois tem mais uns quantos compartimentos, mas nada de muita liberdade para atirar dois casacos e pares de sapatos. Eu usava o pod da alimentação para guardar outras coisas. Houve até uma altura que cheguei a tirá-lo da mala para ter mais espaço. Penso que assim o problema fique resolvido. 

O que acham? 



Está aqui a página do site para lerem mais, se quiserem. Eles têm malas mais giras, mas já eram muito além do orçamento que tinhamos para isto. Já nos sentiríamos um bocadinho estúpidos. 






Também querem fazer perguntas? Por muito boas ou estúpidas que sejam? Nós somos o Marcelo Rebelo de Sousa, dêem-nos um pretexto e não nos calamos durante horas. Passem por aqui e mandem vir essas questões.

4 comentários:

  1. Eu tenho uma dessa marca e dá-me imenso jeito! E gosto imenso dela precisamente por não ter bonequinhos... Afinal quem carrega somos nós, não os putos! ;)

    ResponderEliminar
  2. Boa noite Joana, conhece os triciclos para bebés, alguns até têm apoio para quando ainda não pedalam...pois bem, andei à procura e fiquei decepcionada com o que vi, grandes e caros! São bons para passear mas deviam ser bons para empurrar! Tem alguma sugestão?
    Beijos,
    Isabel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu comprei este para o meu bebé e ele adora:

      http://www.imaginarium.pt/triciclo-dobravel-66469.htm

      não é nada barato não, mas ele dobra o que dá um jeitaço para transportar (levar para o parque e assim) e parece-me que ele fica bem confortável: tem um apoio para os pés enquanto ele não chega aos pedais e esse apoio depois recolhe quando já não for preciso. Estou muito satisfeita!

      Eliminar
  3. Olá eu mandei fazer a minha personalizada. Foi 75€, mas n tem bonecada nenhuma e é super funcional com o tamanho certo e mais tarde tendo outra miuda ou um rapaz continuo a ter um bom saco de bebé. Procurem no facebook "de trapos e sonhos" e vejam os feitios, podem escolher os tecidos de dentro e de fora. E é um produto português feito à mão e original.

    ResponderEliminar