Mostrar mensagens com a etiqueta verão. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta verão. Mostrar todas as mensagens

5.02.2019

É muito cedo para ela usar biquini?

Nunca tinha pensado nisto até ao ano passado, acho eu. Houve uma ida à praia ou umas fotografias que lhe tirei que fizeram com que uma amiga e ou umas leitoras dissessem que era muito cedo para ela andar de biquini.



Ela gosta de usar por ficar parecida com as crescidas, mas não tem grandes pudores de andar sem biquini também. Quer imitar a pequena sereia e tal, acho que é o costume. Quando era mais nova, lembro-me de usar um pensinho diário da minha mãe para ir para a creche e tinha mais ou menos a idade dela. 

Mudam-se os tempos, mantêm-se as parvoíces. Será que ela vai usar a minha gilete às escondidas quando se quiser depilar e tiver vergonha de me pedir? 

Eu gosto de vê-la de biquini também. Não faço grande distinção na minha cabeça. Sim, fica mais "crescida" e quem me dera a mim ter o à vontade de andar com as mamas de fora, mas vou poupar o mundo a isto que vai para aqui. 



Viemos a Cabo-Verde. E além de dois biquinis da Irene, trouxemos os nossos protectores solares. Os que vieram este ano são os clássicos Ambre Solaire de Garnier. Sou fã do que tem a aplicação fácil para as crianças - para mim é como se tivessem entrado numa máquina de lavar carros: tudo muito prático e rápido. É grande e, por isso, acho que mesmo sendo muito cautelosa com a quantidade de aplicações, vai durar o verão inteiro. É hipo-alergénico, o que é óptimo dada a pele da Irene (tem uma pele atópica e geneticamente não tem muito a seu favor, vá - mãe com rosácea e pele muito sensível).


Não podemos brincar com o sol, especialmente aqui. Está sempre algum vento e nem sentimos a pele a queimar. Temos saltado algumas sestas e, então, pela primeira vez, a Irene está mais perto do sol nas horas de maior calor. Tem corrido tudo muito bem com a protecção muito alta do Garnier Ambre Solaire Crianças, testado sob controlo pediátrico e também protecção foto-estável UVA e UVB (percebi quase zero do que acabei de dizer, mas quando há muitas letras parece-me mais de fiar, ahah, pior influencer de sempre ;)).


Além do formato familiar, não dispensamos o específico para o rosto e pescoço (a minha pele até tem ficado melhor desde que o uso e, por causa da tal rosácea, sou... cliente difícil). Não uso o 50 para mim, tenho usado o 30 e em formato spray para ser mais prático :). Tive de experimentar o Ideal Bronze porque, no fundo, é para isso que gastei o balúrdio que gastei em viagens para vir para cá, isto é:  para vos fazer inveja a todas com o meu corpinho intensamente bronzeado (não tem acontecido por ficar muito à sombra com a Irene, mas vou conseguir amanhã, com calma e com protector solar).

O protector solar é bom, mas não me estava a rir por causa disso. Acho que ninguém tem este grau de satisfação com a vida com um protector solar e, se sim, esgotariam sempre. Ahah


Ninguém quer parecer uma bifa. Vocês sabem. Protejam-se e não menosprezem este solinho fora de Verão aí por Lisboa. Sabem como é. Já foram jovens e tesudas uma vez.




O meu objectivo para este verão? Estar em forma ao ponto de poder fazer estes posts com product placement de solares mas sem ter que estar defendida com o meu vestidinho lindo da Zara. Olhando para estas fotos só me lembro da irritação que estava a sentir por ter ficado com três pelinhos na parte de trás das pernas a abanar com o vento. Que nervos. Odeio quando me falha um sítio.

Ah! Para toda a gente que me tem perguntado, viemos para o Hilton. Por causa da convulsão febril da Irene da semana passada, tivemos que mudar as reservas e viemos parar aqui. Não ter tudo incluído está a deixar-me muito pouco relaxada, mas não imagino sítio melhor. Sinto é falta de comer (haha brincadeira). 



8.22.2018

As nossas férias na Fuzeta

Sentem-se no meu sofá e comecem a folhear o álbum das nossas férias. Vai cheirar a sul, a sol, a calor, vai saber a sal, a figos e a mar. Foi maravilhoso. Ficámos na mesma casinha que no ano passado (leiam aqui) que, apesar de não ser mesmo mesmo na Fuzeta (e temos de pegar no carro para chegar até ao barco e ir para a ilha), faz as nossas delícias e tem piscina (as miúdas adoram e nós também). Fomos como meu pai, tal e qual como no verão passado, e espero que se torne ritual de família: faz-nos bem. Uma semana longe da confusão, dos e-mails e dos compromissos, uma semana só para descansar (o possível com filhas LOL), essencial para nos olharmos, nos ouvirmos e nos sentirmos uma família. Depois disso, rumámos à Galé para acampar 4 dias. E depois a Évora para estarmos com os avós paternos. E depois a Santarém para estarmos com a avó materna. Duas semanas mesmo boas que me fizeram querer zero voltar ao trabalho (ahah conhecem a sensação?) - mas vá, não estou com depressão pós-férias. 

Fizemos praia na ilha da Fuzeta (que só por si já é óptima) mas depois fomos de barco até à praia da Barra que é mais deserta [e as viagens um bom bocado mais caras] dois dias. Nem vos conto o fantástico que aquilo é. Quer dizer, conto. Ainda por cima, apanhámos a água mesmo boa, um caldinho. Tinha caranguejos, estrelas do mar, búzios: as miúdas puderam ver a natureza em todo o seu esplendor. E sabem como as bolas de Berlim chegam lá, mesmo tendo muito pouca gente? De barco também! (e eu a dizer que para ser o paraíso só faltava haver lá bolas de Berlim...) 
Não tenho grandes dicas de restaurantes naquela zona porque só fomos a um em Tavira e de resto comemos em casa (numa das vezes o meu pai fez uma incursão ao mercado de Olhão e foi a nossa melhor refeição - que delícia de marisco). 

No último dia, fomos a Benagil (já bem longe, mais para os lados de Lagoa) para relembrar bons velhos tempos - foi a minha praia na adolescência toda e já em adulta também. Fomos de barco ver as grutas e o algar (as miúdas até hoje falam disso: a Luísa diz "barco escuro" porque entrámos numa gruta mesmo escura e foi um libertar de adrenalina enorme) - mesmo giro! (aquilo tem imensa fila, vejam se dá para reservar online).

Boas férias se ainda não tiverem ido!

how cute?


Fui com o David passear a deixámos as miúdas a dormir a sesta com o meu pai (yeah)

Aconselho-vos a irem uns dias de férias com miúdas mais velhas: fazem de babysitters na piscina, do melhor

Fato de banho Bikini Kloset (de que vos falei aqui) - é reversível - podem vê-lo mais abaixo com outro padrão (as miúdas também têm em padrões parecidos) - os fatos de banho nunca são bem bem iguais, são peças únicas, no fundo

Adoro esta imagem <3

Fato de banho Free Society Swimwear (têm sempre um toque desportivo e são feitos de materiais reciclados, love it)








O Algar de Benagil (tem um buraco no "tecto" da gruta)

O nosso passeio de barco

Contra todas as expectativas, entrámos ali dentro! (uma emoção)

Cá está o outro lado do fato de banho Bikini Kloset

Happy

Isto resume um bocado as minhas férias AHAHAH (mentira, mas agora que já não amamento, vingo-me um bocadinho)

O que eu adoro aquela cara de safada!

Grandpa



A maravilha que é elas a dormirem ao mesmo tempo na praia, genteeeeee! Só me apetece fulminar com os olhos os senhores das Bolas de Berlim quando passam perto a berrar

Love this girl!

Amores da minha vida!!!

Up in the air (adora estes regabofes)



Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:


6.28.2018

Truque para ficar mais tesudona de fato-de banho.

Estou longe de estar apresentável de fato de banho ou de bikini na internet (para a vida real, porém, estou óooooptima), mas estou a trabalhar nisso fazendo exercício físico (yoga, pilates e fitness), melhorando a minha alimentação e esforçando-me para ser mais feliz, no geral.

Um dos truques que tenho usado é: nos dias em que o almoço me parece algo praticamente impossível, tenho à mão as barras substitutas de refeição da Depuralina. Adoro a Nutriberry porque além de ter um sabor doce (adoro coisas doces, parece mesmo que estou a cometer um pecado, mas sem cometer, hehe), tem um alto teor em proteína que contribui para o crescimento e manutenção da massa muscular. Ganho tempo, está equilibrada nutricionalmente para ser comida com frequência (sempre acompanhada com água) e sabe mesmo muito bem.


Um bom rabo já tenho, agora falta só a barriga e cuidadinhhhoooooo!!!

Presenteio-vos com uma sexy mother foca (estava mesmo a fazer de baleia que deu à costa, mas pode ser foca para o trocadilho).




É bom, não é? Já com agradecimento à Depuralina (e ao exercício físico e genética).

E vocês? Como fazem para conseguirem aproveitar o dia ao máximo (possível)?


Post escrito em parceria com a agência de comunicação. 

6.19.2018

Este vai ser o melhor Verão até agora!

Vá, esqueçamo-nos dos nossos Verões quando éramos adolescentes e quando já tínhamos uma hora de chegada a casa à noite mais alargada e, por isso, com o calor todo, à noite, com os amigos, tínhamos dos melhores momentos da nossa vida, sem pensar se aquele e-mail da escola que falava de virose era na sala das nossas filhas ou não. 

Muito mudou na nossa vida desde que passámos a ter grandes preocupações, mas o que realmente importa, continua o mesmo: sol e brincar com os amigos. 

Este ano temos a sorte da Joana Paixão Brás estar a morar em Lisboa (vivia em Santarém) e, por isso, não vamos perder uma oportunidade de juntar as miúdas (que já se conhecem até antes de nascerem). 

Há que cuidar destas amizades, destas memórias e, já agora, da pele de todos :)


Não sou apologista de os embalsamar em protector solar assim que haja um bocadinho de sol. É preciso que os exponhamos também à luz, mas com precaução. Nem tanto ao mar... nem tanto ao escaldão. A Irene tem uma pele naturalmente muito branquinha além de ser atópica, como já vos falei. Por isso, além de ter de ter um cuidado redobrado, tenho de usar produtos feitos à medida da pele dela. 

Ando sempre com um protector mini na mala, para os dias em que o sol esteja já bem forte ou, quando a for buscar à escola e formos treinar juntas (um dia falo-vos disso) em Monsanto, poder proteger a pele dela (e a minha). 



Factor 50, sempre. Ainda não faz birra como eu quando era mais nova que só aceitava o que fosse abaixo de 10, por isso vou aproveitar. Além de ser super prática a embalagem, ela também consegue colocar (neste caso à Isabel, da Joana Paixão Brás) o que torna tudo mais prático também. Temos sempre de dar retoques no fim, claro. Sabem como é...  A gama Anthelios da La Roche-Posay é a mais recomendada na Europa por dermatologistas não só para peles sensíveis ao sol, mas também para peles alérgicas ao sol. A protecção contra os raios UVA é ainda mais elevada do que a norma europeia e tem o mínimo indispensável na fórmula, nada de parabenos e extras que não nos/lhes fazem bem a nada. 



Vamos aproveitar este Verão ao máximo, sem que isso signifique prejudicar a nossa saúde. Vamos dar espaço a que esta amizade tão bonita continue a marcá-las para sempre e que se sintam família com todas as memórias que vamos fazer com que existam. 





6.17.2018

Vamos tirar a barriga de misérias?

Chegou o Verão. Pelo menos até agora vou acreditar nisto. 

Chegou a altura de aproveitarmos as horas até o sol começar a desaparecer. 
Aquelas tardes em que ficamos até mais tarde no jardim. 
Aqueles finais de dia na praia, com o cabelo cheio de sal, a pele ainda quente de todo o dia ter estado a ser queimada pelo sol enquanto se fazia castelos, jogava raquetes ou se fugia da água gelada para não tocar logo nos pés. 

As piscinas de areia feitas com os braços do pai ao pé do mar. 
Andar de maminhas de fora, de chapéu e fazer pegadinhas do tamanho 20 e tal na areia. 


O não comer sopa, o jantar fora e pedir-se de vários pratos. O estar cheia de sono e adormecer em viagens de carro ou ao colo de um dos pais enquanto os crescidos falam. 

Conhecer crianças no mesmo restaurante e ficar a falar delas durante dias. Ir para a praia em família. Ter areia em todos os buracos do corpo. Usar roupa de Verão. Comer gelados. Sentir o cheiro a carvão. Comer em restaurantes com vista para a praia, muitas tostas mistas e batatas fritas. 

Piscinas. Com prancha ou sem prancha. De água salgada ou doce. Com o pai, com a mãe, com o padrasto, na Madeira, no Algarve. 

Fazer rodas na areia, tentar fazer pinos. Ter medo e nojo de algas. Inventar brincadeiras. Não parar de chatear os pais. Apanhar lixo da areia e pôr nos sacos. Querer comer fruta. Muita. Querer que chegue a hora de almoço para comer tudo o que se levou para a praia. Estar sempre ansiosa por chegar a casa e ver que marca se ficou do fato de banho e se o cabelo ficou mais loiro.

Acreditar quando diziam que, com as maminhas ao sol, cresciam mais rápido. Apanhar muito sol nas maminhas. Sestas debaixo do guarda-sol. Frustração por não poder ir ao mar. Comer meloa fresquinha.

Aquele duche quando se chega a casa. O cabelo molhado, preto, penteado, liso. O pijama ou roupa de Verão para ir comer ao restaurante ali perto. S. Pedro de Moel. Figueira da Foz. Portimão. Mosteiro de Vairão em Colónia de Férias. A prima que passa sempre férias connosco. 

O tamagotchi que não largava, o cd dos Backstreet Boys. Não ter escola, mas brincar e fazer exercícios na mesma. Agora parece-me divertido, mas na altura talvez não tivesse gostado tanto desta parte. 

Estender 20 vezes a toalha para não ter areia. Até que passei a ter idade de ter que fazer dois buraquinhos no sitio das maminhas para me conseguir deitar sem que me doessem por ficarem tão espalmadas. 

Que tenhamos todos um Verão "daqueles". Sejam muitos fins-de-semana aproveitados ao máximo e semanas que não deixaremos escapar porque se há quem saiba aproveitar Verões é quem já os tenha sentido na pele e isso nós, portugueses, damos bailinho :)

Tirada hoje, no primeiro dia de Verão da Irene.

6.21.2017

É a saúde dos nossos heróis que está em jogo!

Não se brinca com o sol. Pode-se brincar ao sol, mas com cuidado, sempre com cuidado.

Escolhi Ambre Solaire, que tem uma gama para crianças testada sob controlo pediátrico, não só porque me agrada escolher produtos que tenham história e credibilidade: Ambre Solaire está há mais de 30 anos em Portugal e apoia a Liga Portuguesa Contra o Cancro, já há 17 anos, com a missão de sensibilizar os portugueses para hábitos mais saudáveis de exposição solar.

Já viram o vídeo amoroso dos Heróis por um Sol Saudável? Aquele que partilhámos há uns dias no nosso Facebook? 



Convidamo-vos agora a participarem no passatempo aqui onde podem ganhar cabazes de produto para toda a família. E, já agora, a verem o quão divertido foi ver as nossas filhas a tentarem pôr protector uma à outra. 










Só assim ficamos descansadas, com a gama infantil testada sob controlo pediátrico... (e cheiram tão bem, tão a praia, trazem-me tantas memórias boas...). 

♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡ 

Coisinhas giras: 



Fotografias - 
The Love Project 

Piscina - Aquashow - Quarteira
✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

Enviem-nos um mail  à vontade.

6.11.2017

Lista de Material necessário para o Verão.

Fomos recentemente de férias juntas (a Joana Paixão Brás, o respectivo, as filhas, a Joana do The Love Project - fotografia - os três filhos e o respectivo) ao Aquashow em Quarteira. Estando eu nunca situação bem mais fácil - só uma filha (apesar de sem respectivo), pude reparar que a Irene ia  bem mais artilhada que os outros miúdos. 

Fiquei contente por isso, porque evitou algumas situações menos agradáveis. 

O que levei: 

- Bóias de esferovite

... ou lá o que é que comprei o ano passado porque as de plástico de insuflar deixavam-na com as axilas assadas e com sangue pisado. Têm o inconveniente de não serem práticas de transportar, mas antes isso, certo? Ajudou a que não estivesse constantemente preocupada com o facto dela estar na piscina sem mim (até me lembrar que ela tem convulsões febris, depois desrelaxei-me...)


- Óculos de piscina 
Por acaso a iniciativa nem foi minha, foi dela. Houve um dia em que a fui buscar ao colégio e ela quis ir comprar uns óculos da Skye e fomos. Tive a sorte de não me esquecer deles porque foi a primeira coisa pela qual perguntou assim que chegamos à piscina.  Ajudou a que ela não ficasse com os olhos todos vermelhões e ter mais um motivo para andar birrenta ao final do dia, fez diferença. Mergulhava também mais confiante. 


- 3 fatos de banho 
Porque sou blogger, senão levaria só dois. Ahah. É importante para não condicionarmos a nossa vida a um fato de banho por secar ou ela ter que vestir um fato de banho frio - eu odiava isso. Isto toda a gente levou, não me posso armar em ratolas. 

Da esquerda para a direita: Boboli, Jumbo e Principessa Made With Love (links no final). 


- Chinelos 

Está louca com os chinelos que compramos. Não sei se deveria dizer isto, mas deixei-a ir para a piscina com eles e tudo (eram novos). Agora só toma banho na banheira com eles e anda tristíssima por eu dizer que não se pode andar com eles na escola. Não me esqueci porque houve uma vez que fomos juntas de férias para Évora e, por não ter levado os chinelos (porque a Joana roubou os da Irene - SIM, ROUBOU), foi uma complicação para calçar sapatos com os pés molhados, etc. 





Há algo que me esteja a escapar? Mais um bocadinho e a miúda parece o Robocop - só que com menos peitorais e mais QI que o actor, ihih.







 
Coisinhas giras: 

Fatos de banho Irene - Boboli, Jumbo e Principessa Made With Love 

Fotografias - The Love Project 

Óculos, Bóias - Decathlon

Chinelos - Havainas - Ericeira Surf Shop

✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩

Sigam-nos no instagram 
aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade. 

4.16.2017

Páscoa assim.

Espero que tenham tido uma Páscoa tão feliz quanto a nossa! Não houve viagens nem passeios, mas houve família (vejam nos stories do instagram a minha avó a dançar eheh), docinhos e até direito a uns mergulhos. A Luísa é louca por água. A Isabel fica até ficar roxa e nunca tem frio (já fui assim!). Obrigada, querido Abril.

Bom, mas bom.


















Fato de banho Isabel - Principessa 
Bóias - Primark
Braçadeiras - Imaginarium

............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.