Mostrar mensagens com a etiqueta vídeos. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta vídeos. Mostrar todas as mensagens

11.24.2019

Perguntas à Joana Paixão Brás



Fico sempre nervosa quando a Joana Gama me faz perguntas. Primeiro porque ela tem pouco filtro (e é por isso que ela tem tanta graça e é por isso que gostamos tanto dela) e depois porque tanto podem vir de lá perguntas existencialistas como podem vir perguntas que envolvam cocó. 

Aqui houve um mix. Ficam a saber que:
- não tenho nenhuma tara que envolva chamarem-me Sheila na cama
- eu era rato de biblioteca 
- tenho uma pessoa por perdoar


E muito mais. Vale a pena? Vale, mas eu sou suspeita. E humilde. :)




Entretanto, sabem que temos um podcast? Chama-se "a Mãe é que sabe", mas é onde falamos sobre tudo menos maternidade. Só para desenjoar um bocadinho. Quando estiverem a emparelhar meias ou no trânsito, somos boa companhia para desanuviar. Sexo, medos, amizade entre mulheres, sonhos, blogues: já houve de tudo e revelações bombásticas, como no Correio da Manhã, mas em bom. Podem seguir-nos no SpotifyApple PodcastsSoundCloud e Anchor FM



Para além disso, associámo-nos à Science4you para vos trazer um desconto de 10% em tudo o que comprarem por lá com o código AMAEEQUESABE, sendo que recomendamos encarecidamente as estufas de morangos, melancias e meloas. Uma prenda educativa, sustentável e comestível. Além de servir para os vossos filhos no natal (e sobrinhos, etc) ou para os próximos aniversários. Podem comprar já aqui, por exemplo ;)


11.03.2019

Ser mãe não é SÓ como nos anúncios

Agora que és mãe vamos dizer-te o que ninguém nos disse. 





Aqueles primeiros meses podem ser extenuantes. Queremos dar o máximo, ser a mãe que aquele ser precisa, queremos dar conta. Queremos estar bem. E, às vezes, fingimos dar conta. Fingimos estar bem. Damos o máximo, mas o máximo parece ser claramente insuficiente. No meio do caos de uma casa, do sono e da exigência, esquecemo-nos de nós. Temos vergonha de pedir ajuda.

Por isso, queremos dizer-te que é normal. É normal sentirmo-nos impotentes, cansadas e, até, desesperadas. Mas pedir ajuda é fundamental. E este é o nosso hino. Um hino à maternidade, mas principalmente um hino às mães.

A Meghan Markle, duquesa de Sussex, mulher do príncipe Harry, agradeceu ao jornalista que lhe perguntou se ela estava bem. Mais facilmente nos focamos no bebé do que na mãe. E não, não é vitimização. Não nos comparemos com as nossas avós ou bisavós que tinham de ir trabalhar no dia a seguir ao parto ou que os levavam para os campos e que "não estavam para aqui como mimimis” (expressão que até me dá comichão).

Claro que temos de “andar para a frente”, mas cuidar de nós, não nos armarmos em super mulheres e não fingirmos que está tudo bem, quando não está, é essencial. Falemos disto. Das coisas boas - que são inexplicavelmente boas - mas também das difíceis.

Estamos juntas?


Só para o caso de terem esbarrado connosco só agora, somos duas Joanas, uma com duas filhas e claramente mais cansada e lenta, uma com uma filha e claramente mais maluca: Joana Paixão Brás e Joana Gama respectivamente. Temos este blogue e podem seguir-nos também em www.instagram.com/amaeequesabe.pt e em www.instagram.com/joanapaixaobras e www.instagram.com/joanagama assim como no nosso canal de Youtube, onde abordamos os mais diferentes assuntos relativos à maternidade, mas não só.

Subscrevam este canal para conteúdos parvos e para outros de qualidade, que somos feitos de muita coisa, certo? Certo.

Ah! Só mais um recado: estamos a preparar mais um A Mãe É Que Sabe Ajudar, onde iremos a casa de uma recém-mãe ou grávida quase quase quase a parir, levar jantar, passar a ferro ou ajudar no que for preciso. Levamos presentes e, por isso, se as marcas desse lado se quiserem associar, são bem vindas. Email: amaeequesabeblog@gmail.com

10.27.2019

EXTREME MAKEOVER À JOANA GAMA - ou a rotina de beleza de que ninguém quer saber

Estão para aí todas histéricas - e histéricos - por saber o que este naco que é a Joana Gama põe naquela cara para ficar ainda mais linda, já sei. Por acaso a moça até tem jeitinho para se maquilhar, digo eu, praticamente leiga no assunto. Tirando o dia em que veio cá a casa, tinha a Irene um mês para aí, e , quando abri a porta, só vi umas maçãs do rosto muito marcadas e uns lábios muito rosa barbie (até hoje brincamos com isso), acho que a moça sabe não exagerar e ficar com uma make up leve que lhe realça a beleza natural. Juro que ela não me comprou com kinders para lhe fazer estes elogios.



Vejam lá este antes e depois, que vale imenso a pena, mais não seja porque filmei descalça dentro da banheira da Gama, arriscando-me a contrair pé de atleta ou assim.





Só para o caso de terem esbarrado connosco só agora, somos duas Joanas, uma com duas filhas e claramente mais cansada e lenta, uma com uma filha e claramente mais maluca: Joana Paixão Brás e Joana Gama respectivamente. Além deste bonito blogue, podem seguir-nos também  no instagram em amaeequesabe.pt e em joanapaixaobras e joanagama

Subscrevam este canal para conteúdos parvos e para outros de qualidade, que somos feitos de muita coisa, certo? Certo.

Ah! Só mais um recado: estamos a preparar mais um A Mãe É Que Sabe Ajudar, em que iremos a casa de uma recém-mãe ou grávida quase quase quase a parir, levar jantar, passar a ferro ou ajudar no que for preciso. Levamos presentes e, por isso, se as marcas desse lado se quiserem associar, são bem vindas. Email: amaeequesabeblog@gmail.com


10.20.2019

Racismo e homossexualidade: como explicámos às nossas filhas?

Bem, isto era para ser uma coisa e ficou outra. Deixámos a conversa fluir. A verdade é que, como pais, nunca temos certezas absolutas de como abordar certos temas, mas o mais engraçado é que, por vezes, nem temos de o fazer. Basta ver a forma descomplicada como eles resolvem os assuntos dentro deles e, afinal, somos nós que aprendemos uma grande lição: tudo é mais simples do que às vezes julgamos.



O que eu e a Joana Gama fizemos aqui foi um exercício sem termos aprofundado nenhum dos assuntos e sem estarmos sempre a tentar ser politicamente correctas no uso dos termos (as nossas opiniões são isso mesmo, com base na nossa sensibilidade e nos poucos documentários que fomos vendo, etc). Por isso, estamos à espera que venha desse lado mais alguma biblioteca sobre estes assuntos, sim? E até ajuda para a forma como nos referimos a "preto", "branco", se empregámos de forma errada a "etnia", etc. Queremos aprender. Sem "hate" desse lado, por favor.

Vamos a isso?





Entretanto podem seguir-nos também nos nossos instagrams: JoanaPaixaoBras e JoanaGama e claro, amaeequesabe.pt

Temos novo podcast, desta vez sobre sexo (estou corada só de pensar que vão ouvir, caraças).
Mas vá, coragem.

9.29.2019

Não senti nada pela minha filha quando nasceu.

Bem, tal como algumas vocês dizem (às vezes de maneiras menos charmosas): "vamos por as mamas da Joana Paixão Brás" de parte. Só durante um bocadinho. Ainda que, com aquele aconchego, suspeito eu que nunca tenham estado tão juntas.


Bom, falemos de coisas mais... coiso. 

É bem polémico este título, mas não deixa de ser verdade. Quando a Irene nasceu, houve algo em mim que pareceu não funcionar. Pelo menos de acordo com aquilo que eu esperava e tinha visto nos anúncios de televisão ou que as outras mulheres me tinham contado. Será expectável? Terá sido consequência de um parto atribulado? Ou apenas o desenrolar previsível de alguém que estava aterrorizada com a experiência de ser mãe? Seja como for, há coisas que todas nós podemos tentar garantir para termos partos melhores. Ouvindo os relatos umas das outras talvez nos dê mais ideias daquilo do qual nos podemos tentar proteger e até sugerir. 

Este foi o post que escrevi em Dezembro de 2014 que reuniu muitos comentários de mães que passaram pelo mesmo. Somos muitas: https://bit.ly/2mKIANj








Podem seguir-nos no instagram em www.instagram.com/amaeequesabe.pt




Um podcast que podem ouvir no Spotify, Soundcloud, Anchor FM e Apple Podcasts. ;)



E ainda uma iniciativa para a qual convidamos marcas parceiras. O "a Mãe é que sabe ajudar". A Joana e eu vamos a casa das mães vencedoras dar uma mão naquilo que precisem e também levamos ajudas preciosas. Quem nos queira contactar, poderá fazer através do e-mail amaeequesabeblog@gmail.com. 


9.15.2019

Que Joana vai ganhar no jogo das 5 perguntas?

Quem será... será.... ... ... Façam as vossas apostas!



Muito provavelmente acertaram na pessoa que vai ganhar. Não intereeeesa! O que interessa é participar ;) Querem experimentar fazer o mesmo com as vossas amigas? ;) Pode ser giro! Pelo menos lembram-se de mais coisas para falar da VOSSA vida, ahah.




Subscrevam o canal, comentem, façam like que todos os domingos há um vídeo novo para vocês, yes?

 




Aproveito para vos dizer que ontem saiu o segundo episódio do nosso podcast "a Mãe é que sabe" em que falamos de tudo menos de maternidade - só para desenjoar um bocadinho. Está disponível no Spotify, SoundCloud, Apple Podcastas e Anchor FM. Aproveitem para fazer boas reviews que, como ainda é novo, a Apple ainda está a ver se vale a pena ou não ;)





Para além disso,se conhecerem marcas que estejam interessadas em entrar no nosso projecto de ajudar mães nas primeiras fases mais difíceis de ter um bebé, falem connosco através do e-mail amaeequesabeblog@gmail.com. Ok?

9.08.2019

As 5 piores coisas da gravidez

Primeira coisa a apontar: falamos de rabo, demasiadas vezes neste vídeo. Uma já seria demais.

Vamos ao tema: sim que na gravidez as mulheres ficam com uma luz radiante; sim que (quase) toda a gente nos faz perguntas na rua e nos sentimos especiais; sim que estamos a gerar vida e - escutem o som dos passarinhos - e o milagre que é... /INTERROMPEMOS ESTA EMISSÃO/ vamos lá ao nosso momento do "menos bom da gravidez".

Eu, que adorei estar grávida, consigo na boa fazer uma lista de coisas que teria dispensado, se pudesse. A Joana Gama fez este corte de cabelo:

Ao pé do irmão da Joana Gama também não fica fácil igualar (calma JG, não sou pedófila)

Vejam se há na lista coisas com que se identifiquem e acrescentem as vossas ;)





Além destes conteúdos fantásticos neste fantástico blogue (dos melhores de maternidade da Buraca), estamos também no instagram, claro, em @amaeequesabept @joanagama e @joanapaixaobras, sim?
Toca a seguir!
E o podcast? Gostaram? Uhm?

9.05.2019

E amizades entre mulheres?

Este foi o tema do novo episódio do nosso podcast "a Mãe é que sabe", mas que fala de tudo menos de maternidade. Foi o nosso objectivo e, até agora, final do primeiro episódio, estamos a conseguir. 


Ontem tivemos duas reuniões. Uma neste sítio fantástico com a Cláudia com quem vamos iniciar mais um projecto daqui do nosso e vosso estaminé. E outro num restaurante onde afuçanhei um belíssimo tártaro a cairem-me lágrimas de comoção por quem terá inventado o ar condicionado.

Ainda tivemos tempo de gravar mais um episódio do nosso podcast, querem ouvir? Em breve estará nas outras plataformas. Tentei resolver isso sozinha, mas não está a ser fácil. Vou ter de pedir ajuda. Nãaaaaaaao, não gosto, mas vai ter de ser.




O quê? Ainda acham que trabalhamos pouco? Como assim?

Ainda esta semana vos presenteámos com um vídeo hiper cómico (vá, estou cheia de moral a dizer isto, mas é verdade) em que vos damos a conhecer a APP Mega Wook, vejam lá:


Podem descarregar a APP Mega Wook aqui: 

àna Apple Store

àou no Google Play
Sim, a APP preferida da Joana era a de um isqueiro. Está a mudar. Estamos a mudá-la juntas e vamos conseguir, malta!

Para além disso, acabámos de fechar mais um parceiro para a iniciativa a Mãe é que sabe ajudar, voltamos a ter um carro durante uma semana para a vencedora, mas outra marca ;) Acho que vão delirar com isto. 


Se conhecerem marcas que estejam interessadas em entrar no nosso projecto de ajudar mães nas primeiras fases mais difíceis de ter um bebé, falem connosco através do e-mail amaeequesabeblog@gmail.com. Ok? 



Entretanto, posso ainda relembrar-vos de um dos nossos últimos vídeos? Reflectimos em conjunto sobre o que temos andado a fazer com as nossas filhas e os tablets. Querem partilhar connosco o que pensam vocês? Não se esqueçam de subscrever o canal, yes? 



Um beijinho e tenham um óooooptimo dia ;)



8.25.2019

Crianças e tablets: sim ou não?

Quando digo tablets, quero incluir telemóveis mas também televisão. Enfim: todo o género de estímulos vindos de ecrãs. Apesar de não ser contra o uso dos mesmos, não estávamos a conseguir encontrar um meio-termo fixe, por isso, tive de arranjar uma estratégia mais rigorosa.



Querem saber qual foi? Digo-vos que melhorou a 200% as nossas vidas, as nossas noites, a nossa relação. Estava cheia de receio que, agora que voltámos de férias, fosse difícil fazer de novo o desmame, mas não, nada! 

Adoro que vejam desenhos animados, que gostem de imitar danças no youtube e, até, que joguem jogos educativos, mas não podia ser todos os dias, connosco não estava a resultar.



E vocês, como gerem? Preocupa-vos esta era, ou acham que há mais coisas positivas do que negativas? 

Subscrevam o nosso canal no Youtube para irem vendo os nossos vídeos, onde abordamos todo o tipo de temas, sigam-nos no nosso instagram @amaeequesabe.pt - os nossos pessoais @joanapaixaobras e @joanagama e - SÓ MAIS UMA COISINHA! - já nos podem ouvir em podcast aqui! Espero que gostem!



8.04.2019

E lidar com o corpo no Verão?

No Verão isto pesa mais. Isto de termos de mostrar o corpo a toda a gente. Bem, nem "temos", nem é a "toda a gente", mas é assim que muitas de nós nos sentimos por estar calor e, enfim, já não dar para nos escondermos atrás de t-shirts mais largas na barriga ou de vestidos que pareçam um saco. 

São das que andam a pular de dieta em dieta? De fé renovada em fé renovada? A sentir o fracasso de cada vez? A piorar a nossa auto-estima por não termos conseguido e, por isso, comermos mais até aquele dia em que nos voltamos a sentir tão mal outra vez que nos apetece voltar a tentar?

E a Joana Paixão Brás tem de parar de aparecer nua nos vídeos, sim. Está a tornar-se um hábito e ainda nos tornam o blog para maiores de 18. 

Queremos fazer com calma, mas os resultados não são imediatos. Queremos fazer rápido, mas a privação é muita... 

Andamos quase todas na mesma luta, verdade? Aproveitem para desabafar como nós aqui no vídeo... e... boas férias! ;)





7.21.2019

Sou gaga - como lido com isso?

É verdade, não sei se quem nos segue há mais tempo sabe disto, menos ainda quem nos segue há pouco: sou gaga, desde que me conheço.

Há duas teorias sobre a minha gaguez, já passei por alguns momentos constrangedores, fiz anos de terapia da fala, tive um professor a dizer-me que não poderia vir a ser jornalista de televisão... 



Conto-vos tudo neste vídeo, em que revelamos a importância de ter alguém que nos diz que isto não é um problema e que nos impulsiona a ser o que quisermos ser.



Esperamos que gostem e que ajude alguém que possa estar no meu lugar ou até a lidar com quem esteja (tipo, acabar frases nem sempre é fixe - porque pode não ser o que queríamos dizer e torna-se só parvo). Saber esperar, neste caso, que a outra pessoa complete a palavra ou o raciocínio é o que prefiro.

Subscrevam o nosso canal do Youtube, ativem o sininho para saberem quando saem vídeos novos, comentem, partilhem, já sabem, a pedinchice do costume <3



6.30.2019

As maiores vergonhas por que já passámos

Ai gente! Nós estávamos meio embaraçadas (não grávidas, pelo menos que se saiba) a gravar este vídeo mas valeu tanto a pena. Divertimo-nos! Espero que vocês também gostem.

Então... falamos de uma vez em que a Joana Paixão Brás passou uma grande vergonha num restaurante fino e uma vez que a mãe da Joana Gama a apanhou a... VEJAM, VEJAM.


Agora digam-nos: se tivessem de passar por uma destas vergonhas, qual seria?

Subscrevam o canal, façam like e comentem. Queremos saber das vossas maiores vergonhas! E sugiram tema para o próximo vídeo, já agora. O que querem saber de nós? Querem dicas para alguma coisa por que estejam a passar com os vossos filhos?

(Ah! E tentem não reparar muito no meu cabelo e apresentação no geral, tinha acabado de acordar, vá, ciau)


4.28.2019

Opero a minha filha?

Há uns tempos partilhei convosco que houve quem dissesse que deveria operar a Irene. Não eu em particular que não sou médica, né? Mas um otorrino por causa das amígdalas e os adenóides e tudo o resto. Agora que chegou a Primavera tanto eu como ela temos de lidar com os nossos espirros matinais graças à uma alergia ao pólen e gramíneas, mas felizmente houve um pai que decidiu ir além de uma ideia e lançar as mãos à obra.

Surgiu assim o esterilizador de ar Airfree, uma marca portuguesa que esteriliza o ar a 200ºC e que depois o devolve arrefecido. Não é fantástico?

Além de ser bonito e dar dar para mudar as cores também é TOTALMENTE SILENCIOSO. Para mim está em maiúsculas porque é a diferença entre usar e não usar, confesso. 

Podem saber mais no site Airfree, mas só depois de verem o nosso vídeo a três (nunca pensei vir a dizer isto neste contexto, mas a vida dá muitas voltas :)) 





Quanto à operação, vou esperar que ela cresça mais um pouco para me decidir. Até lá iremos fazer exercícios respiratórios, muito soro, ter cuidados extra com a alimentação e agora, o nosso Airfree :) 





4.14.2019

Uma de nós fez uma operação plástica!

Não resultou, pensarão as invejosas. Mas é verdade, uma de nós já foi submetida a uma cirurgia plástica e não só queremos que tentem adivinhar qual das duas, como queremos ver se acertam em que parte do corpo.

Enquanto revelamos, vamos falando do que faríamos e do que não faríamos e a Joana Gama vai contar-vos duas histórias insólitas que metem cordas vocais e mini-vulvas e a Joana Paixão Brás, esta que vos escreve, mostra os pés por arranjar. Ambas mostramos. Bleeeeec. Vale muito a pena, pela descrição, não vale?

Muito obrigada à Patrícia Marques, da nossa vasta equipa, que nos penteou e maquilhou e é por isso que estamos tão gostosas. Sem ela, os nossos pés eram o melhor de nós, imaginem.




Adivinharam?

E vocês, se pudessem fazer uma única, qual seria? E duas?

Já conhecem a pedinchice normal, subscrevam o canal de youtube, comentem, façam like, sejam nossas migas, suas fofas. <3



4.07.2019

Os piores acidentes com as nossas filhas

Ai, gente! Neste vídeo nem devem estar todas as "desgraças" que já nos aconteceram que é para não chamarem a CPCJ. Mas desde trilhar a perna de uma no carrinho, de ter caído com a Luísa ao chão, ter deixado a Isabel fechada no carro (com as chaves lá dentro), já muito nos aconteceu. 

A Joana Gama aparece neste vídeo basicamente para contar o episódio em que a Irene se besuntou em cocó e ao quarto todo e depois sai de mansinho, que a ela não a apanham com miúdas perdidas no Colombo (sim, também isso me aconteceu snif).

Vejam, riam-se de mim mas depois contem também as vossas maiores peripécias para uma pessoa não se ficar a sentir mal, pode ser? COMBINADO? 






Digam coisas! E divirtam-se! :)

Neste vídeo, fomos maquilhadas pela Patrícia Marques, que foi quem me maquilhou no casamento: fantástica <3

3.10.2019

Quem sabe mais? O Pai ou a Mãe?

Olá nossas queridas leitoras e ocasionais leitores que são tão amados como quaisquer outros. Desde que piem baixinho. Brincadeira :) Gostam da nova imagem do nosso blog? Ainda requer alguns afinamentos, mas não poderíamos deixar-de vos mostrar, principalmente na data em que foi - o Dia da Mulher.

Quando fomos ter com a Constança Ferreira ao Centro do Bebé, tivemos que lhe perguntar qual dos dois saberá mais no que toca a cuidar de um bebé. Óbvio que a resposta nunca seria "a mãe" ou "o pai", seria sempre muito na ordem dos jogos de educação física quando éramos mais novas "o importante é participar", mas não deixa de ser interessante ver que há muito mais além do "fazer as coisas" no que toca a criar uma criança com apego. 

Fica aqui o convite para ouvirem (e verem) a conversa que a Joana Paixão Brás teve com a Constança sobre isso mesmo. 




Enquanto gravava esta conversa... fiquei com muita coisa por pensar. Por exemplo: quanto de mim e da minha vontade de "controlar a situação" terá impedido que o pai da Irene tivesse entrado mais nos cuidados dela? 

Talvez seja importante partilhar este vídeo para que, algumas mães, também tenham consciência da importância de abrir espaço para não se sentirem tão assoberbadas, mas também para entregar também a quem de direito o prazer de cuidar dos filhos. 





2.17.2019

Ter mais filhos: sim ou não?

Eis a questão. Ter mais filhos: sim ou não? Aqui as Joanas tomaram, para já, decisões diferentes, que saltam à vista. A Gama tem uma filha, a Irene e a Brás tem duas, a Luísa e a Isabel, mas até gostava de ir ao terceiro (não para já). O que as levou a escolher ter um ou dois filhos? E será que ficam por aqui?
Elas, que sou eu e a outra que aqui não há quem escreva por nós (ainda eheh), explicam neste vídeo:


E vocês são #team1filho ou #teammaisfilhos ?
Aventurar-se-iam por mais do que um filho ou estão cansadas? Ou são outras as razões? 
Queremos saber! 

Subscrevam o nosso canal para terem acesso aos nossos vídeos, comentem, façam like, gostem de nós e tratem-nos bem, sim? :) 

Proponham temas, façam perguntas, que nós respondemos! 

2.10.2019

Como é ser freelancer?

2019 começou de forma diferente para as vossas duas autoras  preferidas deste blog (são as únicas). Ambas são agora freelancers ou lá o que é. Da experiência que temos tido, muitas das pessoas que nos seguem têm curiosidade em saber não só como é que é, mas também o que temos andado a fazer. Este vídeo pode ajudar.
Claro que nem toda a gente de todas as áreas poderá ou quererá dar este passo e se calhar também estamos naquela fase inicial da paixão em que o coração bate descompassado e em que quase não vemos os contras. Nem tudo serão rosas.
Mas cá vai. Esperamos que gostem!



Quais os próximos temas que gostavam de ver explorados? Os vossos desejos são ordens. Trabalhamos para vocês. 


Subscrevam o canal, activem as notificações, comentem e partilhem, se gostarem. <3


2.02.2019

Ai... isto das visitas à maternidade pode ser tão chato...


Claro que depende das mães e... dos familiares e amigos. Como é que podemos pensar em tudo isto antes de termos sido mães? Como não ter que aprender com "o primeiro" para não repetir no segundo? Ó minhas amigas, é para isso mesmo que fizemos este vídeo maroto. Para não terem que levar com o cheiro a Marlboro daquele parente que parece patrocinado pela tabaqueira ou para não terem que se sentir mal por negarem que uma tia vossa afastada pegue no miúdo ao colo enquanto ele está a dormir. 

Só queremos facilitar-vos a vida. 





Subscrevam o nosso canal, amigas. Pode ser que o próximo vídeo seja sobre como fazer dinheiro a dormir, enquanto uma cópia de nós vive a nossa vida. Pensem nisso, se não seria um sucesso. Não querem perder um conteúdozinho como esses, pois não? Nãaaao, claro. Subscrevam :) 

Entretanto, alguma coisa da qual nos tenhamos esquecido? E de que grupo fazem vocês parte? Do grupo do "venham, malta, que sempre não me sujam a casa depois" ou... "vá, o bebé, se tudo correr bem, ainda estará cá daqui a um mês ou dois, tenham calma"? 

Joana Gama Freire

1.27.2019

Tudo o que sei sobre convulsões febris.

A primeira vez que a Irene teve uma convulsão febril foi um susto enorme. Mesmo sabendo que é algo que é genético, não estava nem aí para que isso acontecesse. Para responder aos vossos e-mails e também porque gostaria de ter ouvido alguém a falar sobre isto com quem me identificasse, a Joana e eu fizemos um vídeo sobre isso mesmo.

Por acaso, uma semana depois de gravarmos o vídeo, a Irene voltou a ter uma convulsão. Parece aquilo que costuma acontecer quando nos gabamos que os nossos filhos estão a dormir... só para voltarmos a ter noção de que tudo é uma fase.

Ainda não passaram, mas acho que a nossa maneira de lidarmos com isso vai variando. Isto é: vai deixando de ser tão dramática, apesar do coração sentir as mesmas coisas, a mesma urgência.

Espero que gostem, que vos ajude a sentir que têm algum controlo pela situação. Ou a vocês ou à vossa amiga que têm um filho que têm convulsões febris.



Querem acrescentar alguma coisa? Alguma coisa com que não tenham concordado?

Se quiserem ler outros posts aqui no blog sobre convulsões febris e como tenho lidado com a Irene, carreguem aqui.