quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Notícias do meu pipi

Nunca pensei em escrever um título assim mas se houve o Monólogos de uma Vagina, por que não? [É pergunta retórica, nem vale a pena tentarem abafar o tema]
Hoje fui ao ginecologista. A minha ginecologista dá consultas mais longe e, no meio desta azáfama  casamento-trabalho-blogue-filhas, tinha de ser perto do trabalho. Fui na semana passada e voltei nesta porque o meu pipi assim o está a exigir. As razões não são para aqui chamadas (ui que ela depois deste desenho todo que já nos fez, está com vergonhas, a sonsa). Tenho os meus limites. AHAH

A questão que me traz aqui é que, quando fui contar-lhe que estava a usar copo menstrual (comecei só agora e estou a dar-me muito, muito bem), ele franziu a testa e torceu o nariz. Disse-me que não gostava nada. E eu perguntei-lhe porquê e o que recomendava. "Pensos", respondeu ele. E eu perguntei porquê. A reposta foi que "qualquer coisa que se introduza na vagina não é boa ideia" (engoli o riso, não sou nenhuma miúda de 12 anos e contive-me). Disse-me que nem os tampões aconselhava - "claro que para um dia de praia, para um dia "não sei quê" (não me lembro o termo), em excepção é pratico, mas o melhor são pensos que se vendem em farmácia com algodão na composição". 

Eu achava que finalmente estava a fazer uma coisa certa, estou a dar-me muito bem com o copo (só não adoro tirar, mas já estou a melhorar - como fazem vocês, meninas com unhas de gel?!), não me dou nada bem com tampões, acho até que faço alergia, e achava - e ainda acho - que estava a poupar, a reduzir a pegada ecológica e vou poupar trocos. Acho prático, rápido, eficaz e duradouro. Quais são, na verdade, as contra-indicações - alguém me explica? Acabei por não perceber o argumento. 

Obrigada! 

Qualquer foto que pusesse aqui iria soar estranho, bem sei.


Sigam-nos também no Instagram:



31 comentários:

  1. Também o faço! É o melhor que fiz e nada de contra indicações. Creio que a ginecologista está a ser obtusa :)

    ResponderEliminar
  2. Não li ainda nada especificamente sobre copos menstruais, mas no geral qualquer corpo estranho que aumente a probabilidade de entrada de bactérias e a sua permanência na vagina fornece uma superfície de colonização e pode levar a infeções, principalmente se a mulher já tiver outros fatores de risco ou mesmo predisposição genética para tal.
    Espero ter ajudado :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha tia, ginecologista, sempre disse isso dos tampões. Quando a consultava ainda não havia copo, mas o que ela dizia era exatamente isso.
      Nunca me senti confortável com os tampões, uso em raras ocasioes (praia) e não me passa pela cabeça usar o copo.
      Maria Noivo

      Eliminar
  3. Acredita que não tem um argumento válido, eu uso copo há 4 anos ou seja desde quando ainda ninguem sabia o que era, e foi através da minha ginecologista que me recomendou, e todas as opiniões que tenho ouvido são positivas, exceto colocar e pôr. Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, há ginecologistas que recomendam outros não... fico confusa!

      Eliminar
    2. Nada de novo no mundo dos médicos, o melhor é sempre investigarmos por nós proprias.
      Duvido sequer que com um único argumento de que "é melhor não introduzir coisas na vagina" que ela sequer saiba o que é melhor ou não.
      Provavelmente nem ela conhece o suficiente de copos e saiu-se com essa.
      Eu não sei nada de copos, mas duvido que sejam mais sujos que um penis, e ninguém nos diz para não pôr esses. Ahah!

      Eliminar
    3. Não é questão de ser mais sujo ou não. Um pénis é corpo humano e copo é corpo não-organico.
      Maria Noivo

      Eliminar
    4. Lol.. Melhor resposta de sempre ahaja

      Eliminar
    5. Além do mais, sim, há mulheres que após as relações sexuais têm frequentemente infeções urinárias dada a proximidade de orifícios. Por sim, mesmo um pénis pode trazer problemas.

      Eliminar
  4. Há uns meses, toda a gente falava do copo menstrual. Eu detesto tampões, e não sou nada fã de pensos, porque acho que nunca são grandes o suficiente. Enfim, não interessa. Então comprei um copo menstrual, esterelizei-o e depois experimentei. Normalmente tenho a menstruação por 3/4 dias. Ao fim do segundo dia, comecei a sentir um ardor estranho. Criei uma infeção tão grande que tive que tomar antibiótico e pôr umas pomadas cheias de químicos esquisitos. Acredite que não foi por descuido da minha parte que isto aconteceu, mas o copo menstrual é um corpo estranho, fonte de bactérias. O seu ginecologista tem razão e não é antiquado, mas sim preocupado e atento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, eu não disse que ele era antiquado. Gostei imenso dele. Só não explorou muito o tema e eu fiquei com (ainda mais) dúvidas. :)

      Eliminar
  5. Os tampoes podem causar sindrome do choque toxico estafilococico. Uma infeccao, rara, mas potencialmente fatal. O copo, sendo um corpo estranho com potencial para trazer consigo/acumular microrganismos (msm q lavado entre mudas), ao entrar em contacto directamente com a ricamente vascularizada mucosa vaginal poderá também aumentar o risco de infecções sistêmicas (infecções não só locais, mas q se disseminam e ameaçam a saúde ou msmo a vida). A lógica será esta, penso. Não uso por isso mesmo. E evito tampões também (apesar de serem os meus favoritos em termos de conforto).

    ResponderEliminar
  6. O melhor é mesmo não ter período. Tomar pílulas de 28 dias por exemplo! É sabido que quando se toma a pílula aquele sangramento mensal nao é propriamente o período (não sei explicar bem), é um sangramento forçado digamos assim.... eu estive sem período quase 10 anos depois parei a pílula e engravidei ( aos 40 anos! ) e agora estou novamente com pílula que não me deixa ter sangramento mensal. Vivo num país muiiiiiiiito quente o ano todo e ter o período era extremamente desconfortável! Tudo isto recomendado e acompanhado pelo ginecologista e até pelo médico de família.
    Acho que esta é a melhor opção até porque em termos hormonais tb estou bem mais estável (sofro de enxaqueca e esta solução ajuda muito).
    Acho que deve pensar nesta hipótese e colocá-la ao seu médico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei imenso saber desta solução, uma vez que dou-me muito mal com pensos. Mesmo usando os da Natracare, tem dias que a pele reage. ;)

      Eliminar
  7. Ele está apenas a avisá-la de que qualquer coisa que introduza no corpo é susceptível de estar a permitir a entrada de bactérias e a criar alguma infecção, que pode vir a revelar-se grave. É por essa mesma razão que há oftalmologistas que não aconselham o uso de lentes de contacto. Não por serem obtusos ou antiquados mas porque de facto se está a colocar um objecto estranho ao corpo no olho, que se não for devidamente manipulado com mãos limpas e outros cuidados, pode levar bactérias para os olhos e criar um grave problema. Agora, claro que há imensa gente a usar lentes de contacto sem nunca ter tido problemas. Mas há esse risco e acho normal que os médicos o indiquem. O seu ginecologista fez isso. :)

    ResponderEliminar
  8. Uso há quase 1 ano e dou-me muito bem. Sinto-me muito melhor (efeito psicológico por saber que estou a reduzir a pegada ecológica? Talvez!) e acho tão higiénico, ao contrário do que se possa pensar! (Só tiro e ponho no banho pois o meu fluxo dá para as 12h e mais). Às vezes ainda não acerto com a colocação e não faz logo o vácuo mas acho que é da minha anatomia sinceramente ahah Há 2 meses, num fim de semana fora em que ia ter o período, não sei como mas perdi o meu copo e tive de usar tampões. Não sei se coincidência ou não, mas na semana seguinte tive o princípio de uma infeção urinária. No ciclo seguinte comprei logo outro copo. Acho que o corpo de cada uma reage de maneira diferente, mas pelo que sei do copo e do que ouvi numa palestra na Maria Granel, por ser silicone cirúrgico, a possibilidade de apanhar infeções (quando devidamente esterilizado após e antes de cada ciclo menstrual) é muito menor do que com os plásticos que atualmente são usados nos pensos das marcas mais conhecidas. Acho que o corpo, melhor que o médico, indicará se lhe faz bem ou mal... mas se está com necessidade de ir ao ginecologista talvez já tenha a sua resposta :)

    ResponderEliminar
  9. Este artigo explica bem o porquê do risco aumentado de infecções e até síndrome do choque tóxico com o uso dos copos...https://www.independent.co.uk/life-style/health-and-families/toxic-shock-syndrome-mooncups-tampons-risk-tss-menstrual-america-study-a8314546.html

    ResponderEliminar
  10. Bons velhos maxi pensos higiénicos mais dois pares de cuecas estilo avozinha para a noite nunca me deixaram ficaram mal. Tampões só mesmo para a praia. Copo não obrigada!

    ResponderEliminar
  11. No meu caso que tenho reações aos pensos de supermercado (plástico), tampão só uso naquelas alturas que assim exigem (longe a longe). Então optei pelo copo, mas deixei, devido ao exigente cuidado que se deve ter, e no meu novo trabalho não tenho, deixei. Mas à uns meses encontrei este artigo ...

    https://www.noticiasaominuto.com/lifestyle/999090/estudo-aponta-relacao-entre-copo-menstrual-e-risco-de-choque-toxico

    Conclusão tampão ou copo é tudo uma questão de bactéria, por isso uso os Natracare, tudo uma questão de hábito.

    ResponderEliminar
  12. Olá,
    Existem outras opcões amigas do ambiente como pensos reutilizáveis e cuecas também. Eu honestamente não gosto de usar tampão só mesmo quando é preciso. E mudei para estes pensos de algodao organico reutilizavel e gosto bastante. Pode parecer uma porcaria, mas também retirar o copo vai dar no mesmo. Lavo os pensos no banho e depois máquina. Amigos do ambiente e mais economico.
    E consigo entender o que o médico diz. realmente a nossa vagina é muito sensivel. Mas claro pode acontecer a umas pessoas e nunca acontecer nada a outras. Dificil tomar uma decisao. Mas é assim em tudo, nunca há um consenso entre os médicos. Já alguem dizia acima, então e a pilinha? alguem a esteriliza antes do sexo? não ne!!!!
    O copo pode potenciar alguma infeccão mas ate pode acontecer que nunca venha a acontecer.

    ResponderEliminar
  13. Eu comecei agora a usar o copo menstrual e também me estou a dar relativamente bem. As minhas motivações são exclusivamente ecológicas. Não o acho particularmente confortável e como tenho tendência para fazer infecções estou para ver até quando consigo não arranjar problemas. Então arranjei uma solução que me permite usar o copo menstrual menos dias (tenho períodos muito longos), que são as cuecas absorventes. Já experimentaram? Estou super fã! Há várias marcas, é uma questão de se procurar, e como se reutilizam tal como umas cuecas normais são igualmente uma opção sustentável. E menos "invasiva"... Nos primeiros dias de maior fluxo uso o copo também (mas estou segura se houver alguma fuga). Depois uso só as cuecas. É super estranho mas funciona. Quando as minhas filhas precisarem daqui a uns anos é isto que quero que usem!

    ResponderEliminar
  14. Consigo perceber a lógica no sentido em que, entre ter alguma coisa na vagina e não ter nada ao usar pensos, esta última opção é a melhor. No entanto, uso tampões e nunca tive qualquer problema.

    ResponderEliminar
  15. Joana, uso o copo há 3 meses e adoro! Também me questiono se introduzir um corpo estranho é a melhor solução… Mas será que andar com o penso como todas sabemos que fica ao fim de umas horas é melhor?
    Quanto ao tirar, é uma aventura, ahahah! Mas não tenho unhas de gel :-D
    Ah, eu só uso Organicup e o sabão líquido com Ph neutro Organiwash. Tanto para higiene como para lavar o copo. E até agora não voltei a ter nada de alergias e afins (poupemo-nos aos pormenores)!
    Um grande beijinho!

    ResponderEliminar
  16. Na Maldivian tradicional ha sempre opiniões divergentes do que quer que seja. A meu ver está a ser conservador, quem recomenda pensos hoje em dia?! Parece que se anda de fralda. Uso copo ha muitos anos e é mesmo como dizes, melhor para o ambiente, para a carteira e para o corpo porque nao tem os químicos que os pensos e tampoes contêm.
    A essa sugestão de tomar pilula continua e nao ter sangramento nunca durante anos a fio parece-me a coisa mais anti-natura que alguma vez ouvi falar. Pobre menstruação ali aprisionada :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto é uma posição completamente antiquada. A menstruação não fica aprisionada em lado nenhum, porque interrompe o seu ciclo menstrual. Quando as pílulas começaram a ser comercializadas a grande razão para a interrupção era mesmo as mulheres não deixarem de se sentir 'mulheres' por não ter o período!

      Eliminar
    2. "A essa sugestão de tomar pilula continua e nao ter sangramento nunca durante anos a fio parece-me a coisa mais anti-natura que alguma vez ouvi falar. Pobre menstruação ali aprisionada :p"
      Nada a ver. Com a pílula o endométrio (a camada de dentro do útero que cresce durante o ciclo menstrual e 'morre' durante a menstruação, se não houver gravidez) não se desenvolve devido à ação estabilizadora das hormonas, e não se desenvolve, não fica lá aprisionado :P

      e noutra questão... já ouvi uma vez este ponto de vista teórico: há muito muito tempo, tipo no tempo das cavernas, a mulher quase não menstruava. vejamos: pocuo depois do primeiro período, ainda adolescente, engravidava; depois de ter um bebé, com amamentação em exclusivo se calhar até andava uns meses sem menstruação; quando a menstruação voltava (e tinha por isso poder reprodutivo), engravidava novamente... e assim consecutivamente, até chegar à menopausa ou, provavelmente, morrendo antes disso. Não menstruar não é nada anti-natura, pelo contrário :p

      Eliminar
  17. Olá Joana, se formos a ver o anel vaginal também fica lá durante 21 dias e é recomendado pelos ginecologistas. Eu uso os dois e nunca tive problema. Uma boa higiene é importante para que tudo corra bem, mas claro que por vezes à mulheres mais sensíveis que mesmo tendo super cuidado apanham infeções com muita facilidade. Acho que não tens que deixar de usar só pelo que o gineco disse, mas sim veres a reacção do teu corpo. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o anel é recomendado pelos ginecologistas mas eles sabem perfeitamente que aumenta o risco de infeções vaginais - quem tem facilidade/propensão para isso deve escolher outro método contracetivo. não há um método que seja perfeito para toda a gente, mas felizmente há muitas opções por onde escolher :)

      Eliminar
  18. eu uso o copo há 6 anos e adoro. nunca tive problemas. é certo que não tenho o período muito abundante mas tenho sempre cerca de 6 dias. :)

    ResponderEliminar
  19. Tanta conversa e eu só penso numa coisa:pílula contínua! Melhor coisa de sempre. Isso sim, faz confusão a toda a gente mas foi a melhor coisa que fiz e demorei demasiados anos a tomar das de 21 dias. Além de não ter período, acabaram-se as brutais enxaquecas com que vivia frequentemente. Portanto, copo, tampão, pensos... Há que tempos que não sei o que é nem gasto 1 cêntimo em nada disso e vou à praia, piscina, wtv, sem pensar em nada.

    ResponderEliminar