Mostrar mensagens com a etiqueta auchan. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta auchan. Mostrar todas as mensagens

terça-feira, 20 de junho de 2017

21 brinquedos para cada fase da criança

Brincar é das coisas mais importantes da primeira idade - e das que se seguem. Cada vez mais os pais e os profissionais de saúde estão atentos à relevância de, mais ainda do que lhes dar brinquedos adequados à idade, estimulá-los, dando-lhes oportunidade de crescerem saudáveis e felizes. Estar com eles, dar-lhes tempo para brincarem connosco e sozinhos, é fundamental. Mas como escolher os melhores brinquedos para as respectivas fases?

Falo-vos da minha experiência com duas crianças de 1 e 3 anos, numa casa em que tentamos que não haja excessos: abusamos em livros, mas brinquedos achamos melhor apostar em dois ou três bons e didácticos para cada fase do que exagerar, amontoar e acabarem por ficar todos a um canto.

1 mês

Não vejo necessidade de lhes dar brinquedos. Colo, mimo, canções de embalar são mais do que suficientes.

2 - 3 meses
Já começam a ter algum interesse por alguns brinquedos, como rocas, bolas ou guizos, gostam de ter algo para agarrar no banho, por exemplo, gostam de mobiles (na Luísa não usei), mas o melhor brinquedo continua a ser os pais - preferem caretas, vozes diferentes, sorrisos, músicas, embalo ou danças, beijinhos ou cócegas no corpo.


4 - 7 meses

Nesta fase já brincam com as mãos e os pés, já começam a querer rebolar para buscar brinquedos, já vêem as cores e têm noção da bidimensionalidade, já passam objectos de uma mão para a outra, já têm maior motricidade fina e começam a querer sentar-se.
É também quando habitualmente começam a nascer os primeiros dentinhos e quando começam a descobrir o mundo através da boca. Brinquedos de plástico, mordedores, bolas e brinquedos que se empilhem ou encaixem começam a ser interessantes, assim como livros apropriados para a idade. A hora do banho pode ser das mais divertidas, por isso uns patinhos de borracha (cuidado para não ficarem com água e ganharem muita sujidade) vêm sempre a calhar.





8 - 12 meses
Além de continuarem a gostar de brincar com tudo o que foi anteriormente mencionado, começam a ganhar maior destreza motora, a gatinhar, a querer ir atrás mas também a perceber como funciona o encaixe (adoro ver a Luísa toda feliz a "arrumar as coisinhas" dentro das caixas em vez de ser só mandar tudo ao ar, como era até então eheh). Brinquedos de empilhar ganham agora outro significado, assim como todos os que tenham sons e luzes (confesso que sou um bocadinho alérgica a esses, por me cansarem de sobremaneira e alguns têm volume tão alto, credo!), mas eles costumam gostar mais ainda se imitarem objectos que já conheçam: telemóveis, telefones, tablets (se forem os dos pais, ainda melhor hehe). A prenda de aniversário da Luísa escolhida e oferecida pela Isabel foi um tablet com sons, formas, bonecos e cores (e música, muita música!).








1-2 anos


Noto que a Luísa (1 ano acabado de fazer) começa agora a achar piada a livros, apesar de sempre os ter tido à disposição. Ao longo deste ano muita coisa muda, claro: começam a andar e a gostar de puxar bonecos à frente e atrás, carrinhos de bebé, começam a querer pintar (há aquelas digitintas muito giras), brincam com bonecos, peluches, carrinhos, começam a reproduzir o que vêem e as dinâmicas familiares, gostam de plasticina caseira (da outra acho que só me arrisco mais próximo dos dois anos para não ir parar à boca), o leque de brincadeiras aumenta que é uma loucura. É quando brincam com Lego (adoro!), quando começam a achar muita piada às bolinhas de sabão e a tentar soprar e estar dentro de uma piscina de bolas então é como ir à Eurodisney.




2 - 3 anos

Bem-vindos ao hospital, a casa, à escola, às compras. Nesta idade, eles já fazem as vozes das diferentes personagens, já constroem histórias e realidades e é uma delícia vê-los brincar com tanto simbolismo (e brincar com eles). Carros dos bombeiros, máquinas registadoras, carrinhos de bebé, vale tudo. Esta é também uma boa idade (não que as anteriores não sejam já) para lhes dar uns instrumentos musicais (cá em casa há um órgão do Frozen) e para apostar em puzzles mais elaborados, assim como experimentar o triciclo, a bicicleta...
Livros, contos e jogos didácticos são também boas opções, mas sabem o que também é bom? Dar-lhes objectos simples do quotidiano e deixá-los imaginar e inventar histórias e acções. Menos é, muitas vezes, mais.




Espero que tenham gostado :)


Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade. 

terça-feira, 11 de abril de 2017

Querem receitas saudáveis para a Páscoa?

Cá em casa é preocupação que se coma coisas o mais saudável possível. Não somos fundamentalistas, há dias em que entram na equação sobremesas com açúcar ou até batatas fritas, mas não fazemos disso hábito. À refeição há água - guardamos os sumos naturais ou estes de compra biológicos para dias de festa. Para o dia em que servem flocos na escola ao lanche, mando uns que a Isabel adora: quinoa, millet, trigo puff, arroz puff. Conseguimos substituir a 100% as papas de compra por papas de aveia, como vos contei aqui. Fazer coisas em casa, controlando o que se come, tem outro sabor. 
A Luísa, como sabem, é uma pequena debulhadora e até hoje ainda não me disse que não a nada (tirando a comida passada - e é por isso que começámos a fazer BLW -, mas agora até já aceita a colher e, por isso, vou-lhe dando de vez em quando papa de aveia - vê a irmã a comer e também quer; sopa; iogurte natural, etc, etc - quer é COMER!). Tenho partilhado algumas ideias e receitas nas stories do instagram.

Com o aproximar de épocas festivas, tentamos contrabalançar a oferta de doces com coisas saudáveis, que eles gostem, que fiquem atractivas ou que eles nos possam ajudar a fazer!  Há para todos os gostos: coelhinhos, ovinhos e um bolo mais simples que podem depois decorar. Vamos entrar no espírito da Páscoa?


PANQUECA COELHINHO



- 1 caneca de farinha com fermento (a farinha pode ser trigo integral ou até pode ser substituída por metade polvilho doce, metade polvilho azedo e uma colher de café de fermento)
- 1 caneca de leite (podem usar leite vegetal, se preferirem)
- 1 ovo
- 1 banana
- 1 colher de sopa de azeite, óleo de amendoim (ou óleo de côco)

Numa tigela, junta-se o leite à farinha e mistura-se tudo com uma colher de pau. Parte-se o ovo para a tigela e continua-se a mexer. Acrescenta-se o azeite. Esmaga-se a banana e envolve-se no preparado. Aquece-se uma frigideira untada com azeite/óleo de amendoim, em lume médio. Deita-se uma a duas conchas de massa na frigideira. Frita-se as panquecas durante alguns minutos ou até que façam bolhas e as bordas fiquem douradas. 

Usa-se uma espátula para virar as panquecas e deixem-nas alourar do outro lado mais 2 minutos, ou até que estejam bem cozinhadas.

Depois a decoração: corta-se uma banana ao meio e coloca-se as orelhas, usa-se 6 palitos de aperitivo ou gressinos para fazer os bigodes e ainda uns bocadinhos de queijo fresco ou mozzarela para os dentes e o nariz pode ser com uma rodela pequenina de morango, por exemplo.
 
OVOS DE PÁSCOA ORIGINAIS


- 6 ovos
- 1 batata
- 2 colheres de sopa de maionese (faço caseira)
- 1 cenoura
- 2 colheres de chá de mostarda (opcional, eu não uso)
- ½ colher de chá de sal (de preferência marinho)
- Pimenta q.b.
- Azeitonas



Coze-se os ovos, a batata e a cenoura. Descasca-se os ovos (eles adoram ajudar, peçam-lhes ajuda!). Corta-se a tampa do ovo e retira-se a gema. Depois amassa-se a batata e a cenoura com um garfo e levam-nas ao liquidificador com as gemas, a maionese e a mostarda. Acrescenta-se o sal e a pimenta.
Bate-se até a massa ficar homogénea. Depois coloca o conteúdo num saco plástico limpo e seco, faz um furo numa das pontas e enche os ovos ocos com a mistura. Para fazerem o bico cortam bocadinhos de cenoura e para os olhos podem usar pedacinhos de azeitona.

Nota
Maionese: (faço caseira - é simples! 1 ovo, sumo de meio limão, sal q.b, bate-se tudo com varinha e depois acrescenta-se um bocado de azeite devagarinho - uns 100ml - continuando com a varinha mágica até ficar creme e já está!)



LANCHE DA PÁSCOA PARA OS COELHINHOS

Uma sandes de pão escuro com uma fatia de queijo; fiambre de peru cortado em forma de coelho, bocadinhos de cenoura para as miniaturas de cenoura, tomate “cherry” e alface para decorar. Um copo de leite para acompanhar e à sobremesa uma mini salada de frutas com banana e frutos vermelhos. Os coelhinhos vão ficar satisfeitos!


Estas e outras receitas para eles fazerem (ou fazer com eles) estão no Rik&Rok.


BOLO DE IOGURTE
do Na cadeira da Papa
(com pasta de tâmara em vez de açúcar)

- 2 iogurtes naturais (de 120-125ml) - uso iogurtes naturais bio da Auchan
- 2 ovos
- 1 copo de açúcar mascavado ou outro adoçante a gosto (uso pasta de tâmara)
- 1 copo mal cheio de óleo vegetal (usei de côco)
- 1 colher de chá de essência ou aroma de baunilha (opcional)
- 4 copos de farinha de trigo ou espelta
- 4 colheres de chá de fermento para bolos
  1. Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma com o óleo usado
  2. Numa taça colocar os iogurtes, os ovos, a pasta de tâmara, o óleo e a essência de baunilha. Misturar com as varas.
  3. Juntar a farinha de trigo e o fermento. E envolver até ficar sem grumos.
  4. Colocar a massa na forma.
  5. Levar ao forno por 30-35 minutos ou até o palito sair limpo.
Notas
- Usar o copo de iogurte como medida para os restantes ingredientes
- Se usarem tâmaras secas tenham o cuidado de demolhar para ver se retiram ao máximo o xarope de glicose em que são envoltas; se usarem pasta de tâmara convém dissolver num bocadinho de água quente











A Leonor do Na Cadeira da Papa deixou aqui o link para fazerem o download desta receita com símbolos para serem os filhotes a fazerem, tal como a Isabel está a fazer aqui.



Próxima coisa a experimentar: panquecas de espelta e alfarroba ou estes muffins de banana. (a adorar este site com receitas maravilhosas e, melhor ainda, com link para todos os ingredientes necessários!)


Inspirem-se e partilhem!
BOA PÁSCOA!
............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

terça-feira, 4 de abril de 2017

Há um DIU para festas de aniversário? Não sei se quero mais.

A Irene e eu gostamos muito de ir às compras, apesar de não irmos muitas vezes. Não vamos porque quando chega a altura de escolher como vamos usar o nosso tempo, preferimos fazer outras coisas, já que podemos despachar tudo online e as compras chegarem sem atrapalhar os nossos planos para o dia. Aliás, já vos mostrei como é o nosso sistema aqui com a história das Bananas. 

Continuamos a preferir o Jumbo, por vários motivos e as nossas compras fisicamente ou online continuam tal como viram no vídeo (ou deviam ter visto), aí em cima. 

De repente, quando tive a ideia para fazer a festa das miúdas em conjunto, pensei que teríamos de encomendar mais coisas para a Joana Paixão Brás e a Ana da Chan Events Planner se divertirem e para as pessoas terem que comer (senão não iria parecer uma festa, mas uma reunião de condomínio com muitas crianças). Não me imaginei a levar sacadas para a festa, mas também não queria não saber a hora certa a que chegariam e lembrei-me de ver no parque de estacionamento do centro comercial um sinal qualquer que dizia que se podia recolher ali as compras. 

Assim foi, a Joana Paixão Brás fez as compras pela net (a fingir que não trocou o azeite em spray por tabasco em spray) e encontramo-nos no centro comercial no dia seguinte. Abri a bagageira do carro, duas senhoras muito queridas já tinham procurado tudo por nós, tudo ensacado e vinham com a máquina para pagamento.

Nunca tinha reparado nas minhas várias idas ao Jumbo que tinham uma linha BIO: sumos e iogurtes na Mesa Montessoriana feita pela Joana. 

Não parece mas eram muitos sacos (também foram muitos sacos depois para levar para casinha, eheheh)
Normal que a Joana do Love Project não tenha querido fotografar os petiscos todos, até porque andou sempre com um ou dois a serem mastigados hehehehehehe.

Estava ou não linda? 
Foram várias dezenas de sacos (até gelo que até se aguentou bastante bem na A5) despachadas em menos de 5 minutos e tudo pago num instante. Até aqui eu ainda não sabia a quantidade de trabalho que organizar uma festa de aniversário dá. Estava muito loooonge de saber. 

Ao contrário do que pensava, as compras foram a parte mais simples... Obrigada, Jumbo, senão acho que teria tido um esgotamento nervoso. 


Comecei a pensar nas vantagens deste tipo de serviço: 


  •  Fazer as compras online e levantar as compras no Jumbo mais perto do nosso local de férias para não perder tempo, 
  •  Piqueniques (como vos contei aqui) em que precisemos de comprar coisas para partilhar e assim apanhamos "a caminho", 
  • Festas em que tenhamos de levar coisas ou organizar para várias pessoas e podemos levar tudo organizadinho a caminho...

A verdade é esta: é um serviço que eu imaginaria só para gente fina mas que compensa para quem queira poupar tempo ou usá-lo de outras formas.

Há outra verdade: não sei se há um DIU para festas de aniversário, mas por mim punha um desses para não ter festas nos próximos 5 anos... 

Compras - Jumbo
Fotografia - The Love Project
Decoração aniversário - The Chan Events Planner.
...............

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

terça-feira, 28 de março de 2017

A outra andava a queixar-se que eu isto, eu aquilo... agora embrulha!

A Joana Gama andava a carcomer-se toda aos bocados (vejam aqui o pânico) por eu não estar a pegar o touro pelos cornos, isto é, por andar a preguiçar e não me envolver decentemente na festa das nossas miúdas. Eu, a Joana dos pratos Bordalo Pinheiro, dos bordados e do fois gras em cama de couscous (deve ser óptimo! not), andava a deixá-la ter o prazer de tratar de uma festa sozinha. Até que decidi entrar em ação e surpreendê-la. Ela, que anda toda Montessori, iria gostar que eu pusesse uma mesinha com coisas saudáveis ao alcance das crianças. E assim foi.
  • Mesa do Ikea da Isabel com uma toalha, leites, sumos bio Auchan e iogurtes naturais bio, queijo, bolachas de arroz, tomates cherry, maçãs, queijo e águas.








Como nestas festas há sempre muitos adultos, uma mesa de salgados, umas minis e uma sangria de frutos vermelhos não podiam faltar (eu cá acho e faço uma bem boa. Pena não poder beber "como deve ser" ahah). Encomendámos tudo no Jumbo e pedimos ajuda à Ana da Chan Events Planner para empratar, decorar e dispôr as coisinhas com aquele requinte que, convenhamos, é um contra-senso: fica tudo com óptimo ar (e apetece provar tudo) mas dá-nos pena desfazer a mesa. Felizmente chamo sempre o Renato que não se importa de ser o primeiro a dar cabo da simetria das coisas.





























Pormenores que fazem a diferença e que me deixaram rendida: 
- a Ana da Chan fez as personagens em pvc à la pata (patrulha pata ahahah), assim como muitos outros detalhes, para que ficasse tudo personalizado. 
- as cores e as personagens desta mesa complementam a mesa dos doces (que ficou o delírio para as  miúdas com a Skye e a Everest) - logo vos mostramos mais ao detalhe a mesa e os bolos e o salame caseiro (o melhor que já comi, feito pelo marido da Ana).

Joaninha, estou perdoada, não estou? Minha fortalhaça.




Fotografias: The Love Project

............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

domingo, 26 de março de 2017

Querem espreitar a festa das miúdas?

Ontem foi o maior evento do qual eu já fiz parte. Mentira. Já tinha organizado uma feira quando era mais nova, mas de todo teve a mesma importância sentimental para mim. Acho que senti parte daquela motivação das mães das miúdas do TLC e estava entusiasmada por fazer do aniversário da minha filha, a festa que nunca tive. Vá, haters, calma. Não é bem assim (atenção ao "bem), mas fizemos mesmo questão de dar tudo o que tínhamos para que o dia fosse bem especial. 

Tivemos sorte que o tempo não ficou terrível o dia inteiro e bem melhor do que no dia anterior e do que o de hoje que até deram alerta amarelo! 

Mas mesmo que nevasse e até que houvesse uma explosão algures (credo), com os nossos parceiros (parece que temos uma relação de poliamor... - é quase), a festa teria sido maravilhosa! Só para vos aguçar o apetite, aqui vão algumas fotografias que dão inicio a uma semana de patrulha pata e de festividades. Quem não for de festas de aniversário, sugiro que, durante uma semana passeiem pelo blog da Catarina Beato (que não foi à festa, sacanita) ou pelo site da Zara, que são dos meus preferidos. E bem que a Catarina podia ter ido porque descobrimos a The Love Food com uns bolos só saudáveis e que são maravilhosos... Depois mostro-vos tudo!

A Joana do The Love Project já conhece os nossos piquinhos para ter as fotografias e vos contar tudo e, por isso, começou logo a trabalhar, aproveitando que os 435353 filhos tinham ido à casa da sogra. 


Já conheciam o Chase e a Skye da FUNtoche? Fizeram a festa, meninas. São os dois mesmo muito doces e a atenção ao pormenor e também às mães é maravilhosa. Comovi-me quando a Irene viu a Skye e perguntou "és a Skye?". 
Ficaram ali de olho na mesa, não foi? Eu percebo. Pronto. Aqui em maior estrelato todo o amor e carinho da Ana da Chan Events Planner que disse e fez "trato cada festa nossa como se fosse das nossas filhas". Confesso que, não estando grávida, enquanto se montava a festa, senti muitas hormonas a puxarem para um choro aqui e ali por estar tudo tão bonito e cuidado e, sem esquecer, a arte também da Lara Bolos e Design.... Incrível!



Uma das melhores ideias da Joana Paixão Brás de sempre: a mesa Montessoriana. Ela depois falar-vos-á disso, mas foi uma delícia ver os mais pequeninos a servirem-se sozinhos de tudo o que compramos no Jumbo (pacotinhos de leite, iogurtes e sumos bio, ...).

Até gatinhava mais rápido para ir contar à irmã que tínhamos prendas Lego e Imaginarium para todas as crianças. Acho que conseguimos levar os brindes da festa a todo um nível que, bem, para o ano teremos de falar com a produtora do Preço Certo. 


Nem sei o quanto esta foto me faz rir. Aproveitamos o serviço Kids da Grand'Ideia e tivemos dois ursinhos muito carinhosos a receberem os miúdos na festa, mas acho que foram além do que poderiam ter ido: deram o lanche à Irene e tudo. Foram mesmo impecáveis, além de, sem fato, também não ficarem nada mal! Wink wink! ;)



Não percam as cenas dos próximos episódios porque... nós... também não! Lembram-se disto? Era só eu que via o Dragon Ball? Ok.

...............

Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.