Mostrar mensagens com a etiqueta receitas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta receitas. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Fruta com manteiga de amêndoa caseira? Delícia!

É a segunda vez que faço manteiga de amêndoa em casa e adoro! Mais fácil é difícil. ;)

Ora atentem:
- Põem as amêndoas um bocadinho no forno ou numa frigideira em lume brando para ganharem uma corzinha. Nesta última que fiz saltei este passo e, apesar de estar boa, não está tão boa como a primeira que fiz! Cuidado para não queimarem. 

- Trituradora com elas - acreditem que, por mais que vos pareça que nunca vai dar manteiga, VAI! Vão libertar óleo e transformar-se em manteiga 😁

- Podem por uma pitada de sal marinho para intensificar o sabor ou há quem ponha um bocadinho de baunilha. Eu não ponho nada e gosto assim. 
(podem pôr também cacau em parte dela, por exemplo, suas gulosas). 

Depois: imaginação. Com maçã e com banana é divinal, mas também uso por exemplo com iogurte grego! 







A Isabel comeria às colheradas, se pudesse. 
A Luísa gosta e espalha pelo cabelo, será que dá um bom hidratante?

www.instagram.com/joanapaixaobras
a Mãe é que sabe Instagram

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Papa com elas (e para mim também)!



No outro dia, no regresso a casa de um fim-de-semana fora, vinha na viagem a pensar no que faria para jantar. Já sabia que ia ser difícil tê-las bem-dispostas depois de uma viagem de Aveiro até Santarém em que vinham a dormir. Já sabia que ia ser bem complicado conseguir fazer uma refeição de jeito sem que me pedissem colo, atenção, e ainda dar banhos e todas as tarefas do costume e já era tarde. Estava sozinha com as duas. Deu-me a preguiça e pensei: “Comeram sopa ao almoço, comeram bem, por que não faço uma papa fácil, rápida e nutritiva?”
 
Tinha em casa de certezinha MAIZENA, uma das minhas papas de infância, que a minha mãe tem sempre na despensa para mil e um pratos, sejam eles doces ou salgados. Achei que a Isabel fosse torcer o nariz e a Luísa também não é a maior amante de papas e já tinha o plano B pensado. Mas a mim apetecia-me tanto Maizena com uma casquinha de limão e canela (que memórias boas, meu Deus!) que decidi arriscar. E não é que correu bem? Mais que bem! Adoraram! Achei até uma parvoíce não me ter lembrado mais cedo: não tem açúcares (e já sabem o que penso das papas de compra), não tem sal, não tem glúten, podemos personalizar e adicionar a fruta que quisermos e a melhor parte é que é 100% natural!
 

A MINHA RECEITA (3 pessoas)
5 chávenas de leite (podem usar de vaca ou qualquer bebida vegetal)
8 colheres de s. de farinha Maizena
Casca de limão
Pau de canela e/ou canela em pó
2 colheres de mel ou 2 colheres de açúcar de côco
1 ovo [é um extra: uso uma gema para ficar ainda mais nutritiva]

PREPARAÇÃO
- Dissolvo a Maizena em duas chávenas de leite frio e reservo
- Coloco num tacho ao lume o restante leite, a casca de limão, o pau de canela e o mel/açúcar de côco (no nosso caso, se for para a Luísa também, misturo apenas já na taça, porque a da Luísa não leva)
- Adiciono o leite com a maizena no tacho e vou mexendo bem
- Numa taça com a gema batida, vou pondo umas colheres do preparado quente e mexendo vigorosamente, para o ovo não cozer
- Adiciono então o ovo ao tacho e deixo ferver até obter a consistência desejada.
[Se não quiserem usar ovo, é só passar essa parte à frente :) ]

PODEM DECORAR com:
Canela apenas (a minha preferida)
Sementes, lascas de côco, mirtilos e framboesas
Banana e morango
Pêssego, kiwi, amêndoas laminadas torradas
Puré de maçã e canela (a Luísa adorou assim e não juntei açúcar na dela).

A ajudar-me



Que bonitas ficaram!

A da Luísa com puré de maçã e canela

Esta leva manga, granola caseira e mel








Outra opção: lascas de côco, pêssego, canela e raspas de chocolate 92% cacau.

É BOM DEMAIS, minha gente.
(Se há coisas que vale a pena herdar das nossas mães e avós, a papa Maizena é uma delas)


Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Querem receitas saudáveis para a Páscoa?

Cá em casa é preocupação que se coma coisas o mais saudável possível. Não somos fundamentalistas, há dias em que entram na equação sobremesas com açúcar ou até batatas fritas, mas não fazemos disso hábito. À refeição há água - guardamos os sumos naturais ou estes de compra biológicos para dias de festa. Para o dia em que servem flocos na escola ao lanche, mando uns que a Isabel adora: quinoa, millet, trigo puff, arroz puff. Conseguimos substituir a 100% as papas de compra por papas de aveia, como vos contei aqui. Fazer coisas em casa, controlando o que se come, tem outro sabor. 
A Luísa, como sabem, é uma pequena debulhadora e até hoje ainda não me disse que não a nada (tirando a comida passada - e é por isso que começámos a fazer BLW -, mas agora até já aceita a colher e, por isso, vou-lhe dando de vez em quando papa de aveia - vê a irmã a comer e também quer; sopa; iogurte natural, etc, etc - quer é COMER!). Tenho partilhado algumas ideias e receitas nas stories do instagram.

Com o aproximar de épocas festivas, tentamos contrabalançar a oferta de doces com coisas saudáveis, que eles gostem, que fiquem atractivas ou que eles nos possam ajudar a fazer!  Há para todos os gostos: coelhinhos, ovinhos e um bolo mais simples que podem depois decorar. Vamos entrar no espírito da Páscoa?


PANQUECA COELHINHO



- 1 caneca de farinha com fermento (a farinha pode ser trigo integral ou até pode ser substituída por metade polvilho doce, metade polvilho azedo e uma colher de café de fermento)
- 1 caneca de leite (podem usar leite vegetal, se preferirem)
- 1 ovo
- 1 banana
- 1 colher de sopa de azeite, óleo de amendoim (ou óleo de côco)

Numa tigela, junta-se o leite à farinha e mistura-se tudo com uma colher de pau. Parte-se o ovo para a tigela e continua-se a mexer. Acrescenta-se o azeite. Esmaga-se a banana e envolve-se no preparado. Aquece-se uma frigideira untada com azeite/óleo de amendoim, em lume médio. Deita-se uma a duas conchas de massa na frigideira. Frita-se as panquecas durante alguns minutos ou até que façam bolhas e as bordas fiquem douradas. 

Usa-se uma espátula para virar as panquecas e deixem-nas alourar do outro lado mais 2 minutos, ou até que estejam bem cozinhadas.

Depois a decoração: corta-se uma banana ao meio e coloca-se as orelhas, usa-se 6 palitos de aperitivo ou gressinos para fazer os bigodes e ainda uns bocadinhos de queijo fresco ou mozzarela para os dentes e o nariz pode ser com uma rodela pequenina de morango, por exemplo.
 
OVOS DE PÁSCOA ORIGINAIS


- 6 ovos
- 1 batata
- 2 colheres de sopa de maionese (faço caseira)
- 1 cenoura
- 2 colheres de chá de mostarda (opcional, eu não uso)
- ½ colher de chá de sal (de preferência marinho)
- Pimenta q.b.
- Azeitonas



Coze-se os ovos, a batata e a cenoura. Descasca-se os ovos (eles adoram ajudar, peçam-lhes ajuda!). Corta-se a tampa do ovo e retira-se a gema. Depois amassa-se a batata e a cenoura com um garfo e levam-nas ao liquidificador com as gemas, a maionese e a mostarda. Acrescenta-se o sal e a pimenta.
Bate-se até a massa ficar homogénea. Depois coloca o conteúdo num saco plástico limpo e seco, faz um furo numa das pontas e enche os ovos ocos com a mistura. Para fazerem o bico cortam bocadinhos de cenoura e para os olhos podem usar pedacinhos de azeitona.

Nota
Maionese: (faço caseira - é simples! 1 ovo, sumo de meio limão, sal q.b, bate-se tudo com varinha e depois acrescenta-se um bocado de azeite devagarinho - uns 100ml - continuando com a varinha mágica até ficar creme e já está!)



LANCHE DA PÁSCOA PARA OS COELHINHOS

Uma sandes de pão escuro com uma fatia de queijo; fiambre de peru cortado em forma de coelho, bocadinhos de cenoura para as miniaturas de cenoura, tomate “cherry” e alface para decorar. Um copo de leite para acompanhar e à sobremesa uma mini salada de frutas com banana e frutos vermelhos. Os coelhinhos vão ficar satisfeitos!


Estas e outras receitas para eles fazerem (ou fazer com eles) estão no Rik&Rok.


BOLO DE IOGURTE
do Na cadeira da Papa
(com pasta de tâmara em vez de açúcar)

- 2 iogurtes naturais (de 120-125ml) - uso iogurtes naturais bio da Auchan
- 2 ovos
- 1 copo de açúcar mascavado ou outro adoçante a gosto (uso pasta de tâmara)
- 1 copo mal cheio de óleo vegetal (usei de côco)
- 1 colher de chá de essência ou aroma de baunilha (opcional)
- 4 copos de farinha de trigo ou espelta
- 4 colheres de chá de fermento para bolos
  1. Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma com o óleo usado
  2. Numa taça colocar os iogurtes, os ovos, a pasta de tâmara, o óleo e a essência de baunilha. Misturar com as varas.
  3. Juntar a farinha de trigo e o fermento. E envolver até ficar sem grumos.
  4. Colocar a massa na forma.
  5. Levar ao forno por 30-35 minutos ou até o palito sair limpo.
Notas
- Usar o copo de iogurte como medida para os restantes ingredientes
- Se usarem tâmaras secas tenham o cuidado de demolhar para ver se retiram ao máximo o xarope de glicose em que são envoltas; se usarem pasta de tâmara convém dissolver num bocadinho de água quente











A Leonor do Na Cadeira da Papa deixou aqui o link para fazerem o download desta receita com símbolos para serem os filhotes a fazerem, tal como a Isabel está a fazer aqui.



Próxima coisa a experimentar: panquecas de espelta e alfarroba ou estes muffins de banana. (a adorar este site com receitas maravilhosas e, melhor ainda, com link para todos os ingredientes necessários!)


Inspirem-se e partilhem!
BOA PÁSCOA!
............
............
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.