segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Vou a Paris (com uma bebé de 5 meses)?!?!?!

Ora bem, mis amies (é este o nível do meu francês)

Vou a Paris no final do mês a um encontro internacional de bloggers de tódo mundo chamado International Efluent Spot 2016! Estou em pulgas, claro, adoro aquela cidade e já não lá ponho os pés há uns 18 anos, e senti-me mega feliz com o convite da Parole de Mamans. 



Mas... e dicas práticas de quem esta habituado a levar os bebés a passear (só fui a Londres com a Isabel e ela já tinha um ano e meio e, além disso, o David também ia)?

O que levar? Carrinho leve + boba + pano. Como se transporta um bebé num táxi (ou no nosso caso numa limosine?!!!)? Peço um ovo à organização?

Andar com mala de rodinhas e carrinho não dá jeito nenhum, pois não? Levo mala às costas, daquelas de interrail?

Vai estar um frio de morte, polares e mais polares para a bebé e daqueles forros para o carrinho?

Parte boa da "confusão": não vou ter de me preocupar com sopas e afins! Yeah!

Dicas são bem-vindas! MERCI!!! (a dar palminhas por dentro)


Sigam-me no instagram@JoanaPaixaoBras
E o @aMaeequesabe também ;)

39 comentários:

  1. Podes levar carrinho e ovo para transportar a miúda lá.. o problema é depois teres que arcar com tudo.. acho que a legislação não obriga a ter ovo (como é que se anda de táxi?), mas eu cá entrava em parafuso só de saber que ia com um filho sem estar em ovo.. acho que deve haver possibilidade de contratar um transporte com ovo.. quanto a mala, sim, mochila, senão não te orientas.. ou então optas por não levar carrinho e aí podes levar mala com rodinhas.. o melhor mesmo era levares companhia ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. companhia é que era! :) ehehe mas vão bloggers fofinhas que já se disponibilizaram a ajudar

      Eliminar
  2. Olá Joana! Eu levava só o sling e uma mala com rodinhas com tudo (meu e do bebé), transportar bebés lá têm que ter meios de contenção adequados (digo eu!!). Mas... como a mãe é que sabe... a Joana vai saber na altura de fazer as malas ;-). Fico a aguardar a partilha da aventura. Boa viagem às 2! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Estou a ler-te de Pais, mas estou apenas em escala :) não tenho experiência de viajar com bebés mas acho que levaria apenas o carro bengala, um daqueles fatos de corpo inteiro de bebe. Levaria também um sling sem dúvida, pode dar bastante jeito! E troley com 4 rodas (fundamental!). Recomendo a leitura do blog Drieverywhere em que a autora viaja para todo o lado com a filha, desde que nasceu e agora já teve o segundo baby que se deve estar a estrear nas viagens não tarda nada! Boa viagem!

    ResponderEliminar
  4. Joana na minha opinião acho que levavas o Greentom com o ovo (já dá para o táxi)... um baby wearing para andar lá... e uma mala de rodinhas... o carrinho sabes que é super leve e muito fácil de manobrar por isso podes levar o carrinho numa mão e a mala noutra...

    ResponderEliminar
  5. Os rent-a-cars normalmente alugam cadeiras para automóveis, só não sei se pode alugar só a cadeira. 😊

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que lá vamos andar sempre com transporte assegurado. Ver se peço à organização um ovo/cadeira de transporte para não ir tão carregada. Obgda

      Eliminar
  6. Viagei esta semana sozinha com o meu bebe de 2meses de França para Portugal.. trouxe o carrinho (com o ovo) pois crianças com menos de dois anos têm direito a viajar com o carrinho (gratuitamente). O carrinho vai até a escada do avião, lá eles enviam para o porão e quando aterra já lá volta a estar lá à espera.. dentro do avião tem muito quem ajude (e sem duvida que ter a maminha à disposição é muito pratico). Eu levei duas malas de quatro rodas, assim e só preciso deslizar, o que é muito pratico sobretudo para condizi las ao mesmo tempo que o carrinho hehe!!! Trouxe uma manta bem quente, evita o veste e despe do quente para o frio do aeroporto .. e é uma aventura bem engraçada!!! :-)

    ResponderEliminar
  7. Olá Joana!
    Paris, hein?! Que chatice!

    A minha bebé viajou a primeira vez de avião com 5 meses, e na altura optámos por levar o ovo+carrinho, e marsúpio/sling. Sou paranóica com segurança rodoviária e só a ideia de a transportar ao colo num táxi ou carro alugado fazia-me tremer. Nem sempre é fácil arranjar Taxi/uber/o que for com ovo ou cadeirinha adequada.

    Se a Luísa for no ovinho, pode sempre arranjar daquelas forras quentinhas e uma capa para cortar o vento ou proteger da chuva. Para quando andar no pano, opte por aquele fatos inteiros, a Verbaudet tem uns cuja parte de baixo pode ser usada tipo saco ou como calças (tem um fecho no entrepernas).

    Quanto a mala de rodinhas, sou suspeita, porque todas as semanas viajo de comboio acompanhada da minha bebé com um carrinho+ovo, mochila do computador e mala. E andamos nisto há nove meses...

    Portanto a minha sugestão resume-se a: ovo+carrinho; pano/sling; mochila para o dia-a-dia e mala de rodinhas/troley.

    Uma ótima viagem!
    Beijinhos, Margarida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Margarida, encomendei um desses na Verbaudet! Parece excelente! :) OBRIGADA!

      Eliminar
  8. Joaninha! Uma palavra para ti: Uber! Ou cabify. E pedes com cadeirinha :) viajei com o meu filho com 7 meses para França,mas o pai tb foi,por isso foi mais fácil. Indo sozinha acho que tentaria pedir um carrinho (e já agora um ovo) à organização para evitar levar essa tralha :) e viajaria com ele na mochila,tudo muito mais fácil,quer para locomoção com malas,em aeroporto,através de pórticos de segurança. ...tem razão,só a parte de não ter de pensar a logística da comida é óptima :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, só não sei se levo já daqui um bengala ou se peço lá. é a minha maior duvida. Ovo vou pedir lá para as deslocaçoes de carro. Obrigada!!!

      Eliminar
    2. Se tiveres hipótese de pedir, pede lá. Um carrinho no aeroporto só atrapalha e mesmo a nível de estímulos (que serão imensos) o melhor é levares a Luísa juntinho a ti. Não dá é muito para andar a bater perna nas compras e assim, mas suponho que também não seja essa a ideia :)

      Eliminar
  9. É a primeira vez que comento, mas como vivo em Paris com um pequenote de 8 meses que já fez 4 viagens de avião (para ver avós:)), pareceu-me o bom momento.
    1) Eu ando de "kangoroo" por todo o lado em Paris, é o mais prático; e o melhor é um bom fato "Michelin" para o frio; no aeroporto também é o mais fácil;
    2) Quando chamas o táxi dizes que tens um bébé e que queres cadeira para ele; escolhe táxis tipo carrinha que costumam ter cadeira na bagageira "au cas ou";
    3) mala de rodinhas com tudo é pratico.
    4) está tudo super aquecido (18-20 C), por isso não é preciso roupa muito quente para a pequenina, excepto o fato completo para a rua;

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E um encontrozinho por lá era giro? :) Queria um carrinho porque vamos ter um dia mais agitado de palestras e workshops e dava-me jeito para eu descansar e para ela fazer uma sesta ou outra mais confortável, e para jantares e isso... para o dia mais livre para passeio, o melhor é mesmo babywearing sem dúvida. Obrigada!!!

      Eliminar
  10. Viajei este mes com uma bebe de 4 meses levei pano, para entrar e sair no aviao, carrinho+ovo. Nao leve mala de rodinhas mas sim as costas, ja que vai sozinha, roupa pratica para a viajem. Um conselho importante, se a bebe chorar muito no aviao de lhe de comer que ajuda a aliviar a pressao nos ouvidos. Se conseguir por tudo o que precisa numa so mala facilita imenso. Forro para o carrinho tambem. Espero ter ajudado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! sim, só uma mala! E uma pequenina para o avião com uma muda básica e fraldas e documentos. Estou a pensar levar carrinho bengala para (algumas) sestas e depois pedir lá um ovo só para as deslocações, que fique no carro...
      Obrigada pelo conselho de dar maminha, já tinha ouvido algures e vou seguir! Bjs

      Eliminar
  11. Olha Joana, conselho para o avião: apesar de a Luísa ir ao teu colo, porque não paga ainda o lugar, ela tem direito a uma máscara de oxigénio individual (ou seja ou o lugar ao lado do teu vai vazio para que a mascara possa ser usada pela Luísa ou terão de arranjar outra solução). Mas achei importante referir porque em caso de necessidade (que não vai acontecer) ela tem direito ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O lugar do lado não vai forçosamente vazio. As crianças de colo têm direito a máscara de oxigénio mas estas são distribuídas em caso de necessidade, não são as mesmas que estão encaixadas acima dos lugares. Os coletes salva vida para crianças até aos 2 anos também são distribuídos e não estão debaixo dos assentos.

      Eliminar
    2. Obrigada Anónimo :)
      Eu referi acima que podiam ter outra solução da qual não tinha conhecimento. Ainda bem que estas situações já estão previstas, era uma coisa que me andava a preocupar sempre que pensava em ter de viajar com o meu bebé.

      Eliminar
  12. Joana já fiz algumas viagens com a minha filha de avião. Nunc sozinha mas de qualquer forma se fosse eu e pela minha experiência faria o seguinte:
    - levava carrinho+ovo (no aeroporto no check-in menciona que tens uma bebe e tens o carrinho que eles põem te uma etiqueta e podes levar até a entrada do avião r quando aterrares tens novamente a saída do avião o carrinho. Há companhias que caso o teu ovo esteja homologado te permitem levar o ovo para dentro do avião r se não tiver cheio vais c a bebe confortável no ovo ao invés do teu colo.
    - para andar em Paris para além do carrinho e ovo levaria um marsupio
    - roupa bem quentinha ou um daqueles fatos completos. Para o ovo há cenas próprias e bem quentinhas.
    - nestes países dentro de casas/hotéis/lojas/restaurantes e sempre quente e por isso n convém tb agasalha-lá demais.
    - para a roupa levaria uma mala de 4 rodas ou mochila pois acho mais pratico e mantém-te sempre as mãos livres.
    - em táxis usavas o teu ovo preso c cintos. Era o que eu fazia em Malta quando lá tive c a minha filha de 5 meses.
    Acima de tudo relaxa. É mais simples e fácil do q parece. Era pior se tivesses q fazer sopas e assim.
    Beijos boa sorte e força aí :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Joana, óptimos conselhos! <3 Beijinho e relaxar sim, aproveitar!!!

      Eliminar
  13. Carrinho leve tipo bengala que tenha capa de chuva e mochila às costas. Um saco bem quente e uma manta quentinha para a rua. A cadeira de carro pede lá que de certeza arrajam caso contrário chama a Uber ou a Cabify e pede cadeira. Mala de rodinhas com bebé e sem ajuda não aconselho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tudo o que estou a pensar fazer por acaso! Obrigada! <3

      Eliminar
  14. O ano passado estive na Noruega no inverno e os bebés andavem todos na rua com -5graus, usavam fatos inteiros daqueles tipo de neve e umas mantas de pelo entre o carrinho e corpo par isolar do frio. Mala de rodas acho que não dá jeito, eu levava mochila.

    ResponderEliminar
  15. Ola. Nos fizemos Londres - Porto de aviao e taxi com bebe 3 meses. Sem duvida sling ( mais practico e seguro entrar/ sair aviao ). Ovo é obrigatorio ( taxis normalmente so tem o banquinho). Mala 4 rodas é muito mais facil. Se vais sozinha uma mala 4 rodas e carrinho é facil em piso liso ( dentro aeroporto e hotel) e se tens limousine nao tens de te preocupar na rua. Companhias aereas deixam levar 2 peças de graça. Meu carrinho é daqueles que traz 3 opcoes ( ovo, alcofa e o assento para mais tarde) levei só o ovo e as pernas. Se o teu carro o ovo nao encaixar no carro pagas extra e nao é practico sozinha. Boa viagem.
    Boa viagem.

    ResponderEliminar
  16. Tenta levar o minimo possivel claro.
    Carrinho que seja rodas+ovo, assim chamas um taxi qq, rodas para o porta bagagens e a miuda vai no ovo no carro com o cinto de segurança, sempre fiz isto. Depois, mesmo que ela queira estar ao colo/sling/canguru, usas as rodas+ovo para por tralha em cima. É mais facil do que parece!

    Aconselho tb um michelin completo para ela e pronto. Como é uma cidade com frio é um pouco mais complicado, mas não leves mesmo o desnecessário, tipo brinquedos ou coisas que na eventualidade de preicsares possas comprar lá!

    Eu viajei com o meu filho ocm um mês e foi facilimo. Bem mais facil do que viajar depois com ele com 1 ano e meio!!

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro pessoas que descomplicam, é mesmo o que preciso! Obrigada!

      Eliminar
  17. Joana sinceramente? Muito difícil, o melhor é arranajares uma companhia... eu por acaso estou livre no final do mês.... hihihihi!! Brincadeirinha! Vai dar tudo certo!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahaha é só amigas a aparecerem nestas alturas ;)

      Eliminar
  18. Ora bem, viajar é a minha praia e com 3 filhos já fiz imensas viagens muitas delas sozinha. Levar sling é essencial e uma mochila não muito grande onde possas por documentos, carteira, fraldas, toalhetes, mudas de roupa. Tudo organizado por zonas e bolsas para não perderes muito tempo a procurar tudo. Carrinho dá jeito para descansar as costas e para as sestas mas depende como for o dia-a-dia. Paris é bom para andar a pé e de autocarro mas muitas estações de metro têm escadas e são de difícil acesso. Uma mala de rodinhas com as vossas coisas lembrando que podes comprar fraldas quando lá chegares e que tudo está muito aquecido. Nada de muitas camisolas nem polares, lãs.Um bom casaco, gorro e camadas que podes tirar. Para a Luísa o ideal se estiver no carrinho é aqueles tipo saco cama que se encaixam no carrinho. E aproveita. Não há nada melhor que viajar. Mafalda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas dicas de organização, vou segui-las! Eu adoro viajar, adoro, adoro! E apesar do frio e dela ser pequenina achei que não podia perder a oportunidade. :) Vai correr bem!

      Eliminar
  19. Aposto que a outra Joana nao vai porque nao consegue fazer a saparação da Necas! E ainda lhe secava o leite!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Necas também foi convidada :) E tem de se informar que o leite não seca assim. Se precisar de informações pode sempre consultar online ou falar com alguma CAM. Beijinhos.

      Eliminar
  20. Eu já viajei com a minha filha de 4 meses e meio para Londres. Levei o sling, uma mala de costas para ela e uma de rodinhas para mim. Andei de autocarro, metro e comboio. O melhor do sling é ter as mãos livres e não magoa nas costas. Levei um macacão superquentinho para ela, e gorro e luvas para nós. Claro que andei distâncias curtas mas ela chegou a adormecer no sling mais do que uma vez.

    ResponderEliminar