Mostrar mensagens com a etiqueta cabeleireiro. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta cabeleireiro. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Que corajosa!

Já há algum tempo que lhe queria cortar o cabelo, mas ela gosta de o ter comprido como a prima. Como o "grande rabo de cavalo loiro da prima". 

Desde que conheceu a Dora que me andava a falar de fazer de fazer franja e o desejo ficou reforçado quando voltou a estar com a Isabel no fim-de-semana em Tróia e porque António da escola também tinha franja...

"Mãe, quero fazer franja" tornou-se assunto do dia. 

Estava cheia de medo que cortássemos e que ela não gostasse e houve realmente choro imediatamente a seguir. Perguntou "estou igual à Isabel?" e eu hesitei na resposta... 

Eu sei que ela é a minha filha e que são sempre os mais bonitos aos nossos olhos, mas caramba. A Irene, de franja, derrete-me ainda mais. Que amor. 

A pintura foi feita pela minha Mãe, que estiveram num workshop de maquilhagem lá em casa :) 






 Bandolete Lemon Hair Lovers


Ainda quero ver se vou novamente para lhe dar mais um cortezinho. Eheh.

Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Oooops... voltei a mudar de visual!

Não estão bem a ver as gargalhadas da Isabel quando a fui buscar à escola! Primeiro, passou por mim e nem me reconheceu! :) 
Nunca tinha pintado tão escuro na minha vida! Mas... arrisquei e adorei! Cheguei à Nela (vou ao cabeleireiro na Amadora, mas também há em Alcântara e em Belas) e pedi castanho escuro. É um tom canela muito bonito e acho que realça o castanho claro dos meus olhos. Só tenho esta foto do Pau Storch mas podem ir espreitar aos stories a mudança de visual (só têm 18 horas - muahahahah - riso maléfico ). 
Ainda não é com este tom que eu quero casar, por exemplo, quero um intermédio, mas para já ficou mesmo como eu queria. Já me disseram "tu és 8 ou 80". Sim! Gosto de ir variando, experimentando, testando. Desta vez, acertei, acho :)

Cabelo Nela Cabeleireiros
Foto Pau Storch


Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:


sexta-feira, 20 de abril de 2018

É errado manipulá-la?


O que faço? Estou cheia de saudades de a ver de cabelinho curto. Fica com uma cara tão mais de boneca e realça tão mais os traços dela, a boca, fica tão delicada, mas ela não quer...

...há uma parte de mim que pensa: vou fazer campanha, propaganda e fazer-lhe a cabeça para não só ela ir cortar o cabelo como também irá gostar.

... há outra parte de mim que pensa: ela não quer, não quer. Ela lá sabe com usar o cabelo dela, não é? 

É. 

Mas fica ainda mais bonita de cabelo curto (e é tão mais fácil de lidar, agora no Verão também...). 


Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:

terça-feira, 20 de março de 2018

Filha minha não vai ao cabeleireiro fazer unhas!

Nunca verbalizei, mas já pensei nisto quando vi uma miúda de uns 5 anos a arranjar as unhas com a mãe. Já devia ter aprendido que nestas coisas da maternidade a melhor mãe é aquela que não o é. Antes de o ser e antes de passarmos pelas situações, todas somos as maiores. Em chegando o momento, olhamos para trás, deixamo-nos de ideias feitas, de intenções, de regras e regrinhas impostas por nós e pelos outros, e agimos, mudando ou não de opinião. 

A Isabel pediu-me para ir ao "cabeleiro" pintar as unhas da cor da mãe e eu achei uma ideia bem gira. Ia fazer anos e já sabia que ela ia adorar ir comigo arranjar as unhas e cortar o cabelo. Fomos. Caguei nas minhas ideias pré-concebidas e quis deixar a miúda feliz. Uma coisa era se fizessemos disto rotina, tendo ela quatro anos. Nada contra, pode fazer sentido para alguém (e fazer estes programas juntas é ter momentos de mãe e filha e isso só por si já é excelente), mas prefiro ir sozinha, ter um tempinho para mim, que já é bem raro e, por outro lado, acho precoce que uma criança tenha acesso a estes serviços por rotina. Brinquem ao faz de conta em casa e pronto. 

Fomos ao Nela Cabeleireiros, na Amadora, e foi um espetáculo: unhas cor de rosa e brilhantes, cortou a franja e ainda saiu de lá com duas tranças no cabelo. Eu aproveitei e fiz umas madeixas, ela levou a LadyBug que recebeu nos anos e brincou por lá enquanto esperava por mim. Ainda encomendei uma pizza com muito ananás, como ela gosta, e comemos por lá. Uma manhã muito fixe e diferente e ficámos lindonas :) 

Levámos a Joana do The Love Projectque já é família, para registar o momento. Como sempre, adoreeeeei! Obrigada, Joaninha, pela tua paciência e dom natural para crianças (e fotografia,  mas isso é demasiado ÓBVIO).

Há ali um sorriso e um olhar da Isabel para mim que me derrete toda. Que sejamos sempre assim cúmplices!


























Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Querido, mudei de visual!

Mais uma moeda, mais uma voltinha. Quando lhe pegamos o gosto, dificilmente conseguimos parar. Dizem isto das tatuagens: ainda não tenho nenhuma, com receio de apanhar esse vício (mas já tenho duas pensadas, por acaso!). Falo de mudanças de visual: da última vez que cortei o cabelo, saí de lá a pensar que, para a próxima, ou cortaria mais ou pintaria de outra cor.
PUMBAS.

Pintei de outra cor. E, desta vez, da cor mais clara que alguma vez pus neste cabelinho: louro-cinzento, mantendo a minha cor na raiz (sim, sim, já sei que algumas de vocês irão dizer que não entendem o conceito e eu digo-vos já aqui que também não entendo muito bem, mas decidi arriscar - sabendo que, caso não gostasse, lá voltaria para pintar de outra cor).

Mas a verdade é que ADOREI! E nem me fez confusão nenhuma a raiz mais escura! Pelo menos não por enquanto. Vantagem: quando nascer "o meu" já não vou morder o lábio e sair a correr para ir tapar a raiz, já me habituei, por essa altura, ao contraste!

Acho que encontrei uma cor que me dá uma dose extra de confiança e vaidosice. Está certo que ainda não vi a trabalheira que possa vir a ter a manutenção do bicho, caso comece a amarelar, e não nego a possibilidade de me arrepender e de pintar de mais escuro na próxima vez que vá ao Nela Cabeleireiros. Logo se vê, vamos lá viver no risco! UUUUUUuuuuuuuu

Adorei tudo: a simpatia daquela gente (a Joana Gama não ia mentir), a simplicidade e o profissionalismo. As unhas, que não arranjava há dois meses e meio, também ficaram óptimas. Aprovado. Fui ao da Amadora, por ficar mais perto da minha casa, mas há também em Alcântara e em Belas. 

Fiquem com as fotografias que tirei lá. Se calhar muitas de vocês já viram no instagram, mas cá vão:


Uma publicação partilhada por Joana Paixão Brás (@joanapaixaobras) a





Cabelos e unhas (já não as arranjava há quase 3 meses, adorei!) - Nela Cabeleireiros
Macacão - Bagoxa
Sapatos - Aerosoles
 



Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram: