domingo, 9 de setembro de 2018

Adeus, pêlos! Aleluia!


Depois de ser mãe, tive várias fases: a de ter vontade de me arranjar e de me maquilhar; a de me sentir que tinha outras prioridades; a de lamentar a falta de tempo para mim; a de assumir que a onda de desleixo faz parte; a de me rir pelo estado do meu cabelo oleoso e de mal ter tempo para lavar os dentes; a de dizer “basta”. Houve de tudo. Perante isso, já tapei pelos nas pernas com calças em pleno verão, já cortei as unhas bem rentes por falta de tempo para as arranjar, já prendi o cabelo imensas vezes para disfarçar as raízes (como se…), já rezei para que, numa reunião, a luz vinda da janela não incidisse no meu buço ou de estar sempre a uma distância de segurança para que ninguém reparasse. O que me deixava sempre mais desconfortável eram mesmo os pelos. Parece ridículo, mas um dos meus pesadelos era ter de ir ao hospital de urgência e me verem aqueles pelos todos (ahah). A Isabel já me chegou a dizer: “mãe, pica muito!”, quando estava em cima das minhas pernas. A mais nova, nas suas parcas palavras, também já comentou “pica”, quando lhe dei um beijo. Como assim, pica? 

A verdade é que não tenho tempo para ir frequentemente à esteticista; as lâminas, além de me deixarem os pelos em palha de aço, deixam-me sempre a pele cheia de borbulhas e super irritada e a máquina é um instrumento de tortura. O meu desejo de fazer depilação a luz pulsada foi-se tornando cada vez maior, mas nunca cheguei a avançar não só porque isso implicava também tempo e deslocações, mas também porque amamentava.

Assim que a Philips me desafiou e me deu a oportunidade de fazer a depilação em casa com a Philips Lumea Prestige, depois das miúdas irem dormir ou enquanto estão a brincar, no horário que mais me dá jeito, os meus olhos brilharam. Ainda estou muito no início, mas posso já dizer que é muito mais fácil e rápido do que eu pensava: não demorei nem 15 minutos a fazer as duas meias pernas; a depilação nas axilas então foi rapidíssima; o buço foi num minuto – e é feita com um acessório diferente do resto do corpo. Até já desfiz alguns dos mitos que tinha. Não, não dói – tem um sensor Smartskin que ajuda a encontrar a intensidade ideal para cada tom de pele – e é suposto sentir só umas picadas, como se fosse um disparo de calor.

Ainda para mais, a APP Lumea faz com que nunca me esqueça de fazer a depilação. Ficamos logo assim com um calendário das sessões o que para a minha cabeça que anda sempre a mil (trabalho, blogue, miúdas, casamento, heeeeelp!) e não sou a rainha da organização, ajuda muito.




Já sonho com o momento em que vou ter uma pele macia e livre de pelos e já não falta tudo. A ideia de depois ter de fazer manutenção de vez em quando deixa-me uma sensação de alívio enorme. Quero mesmo ficar sem essa preocupação e sentir-me sempre bonitona.

Se tiverem interesse, farei um update à medida que for tendo resultados e respondo às dúvidas que possam ter – se não souber pergunto a quem sabe. Comentem à vontade!



*Este post foi escrito em parceria com a Philips.


Sigam-nos também no Instagram:



15 comentários:

  1. Oh Joaninha que sonho! Ainda não ganhei coragen com um medo - como funciona entre sessões? Quando fiz laser nas axilas e pernas tinha que fazer a gilette entre sessões e não me estou a ver a rapar a bigodaça (isso tem tudo para correr mal!)! Outra dúvida, já agora, dizem que não vale a pena fazer dessas coisas enquanto damos maminha porque não resulta será verdade?! Obrigada pela partilha :)

    ResponderEliminar
  2. Como me revejo nas suas palavras!
    Mas tenho algum receio nestes métodos ainda para mais não sendo aplicados por profissionais

    ResponderEliminar
  3. Oh pa...mandaram para a Joana errada!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A primeira coisa que pensei quando vi o comentário foi que quiseram dizer que a JG faria um texto melhor sobre o assunto. Mas não foi eu que o escrevi, por isso não sei.

      Eliminar
    2. A JG é que se queixa do buço e tem ar de andar um pouquito menos arranjada. Sem ofensa. Sofia

      Eliminar
  4. Hey. Eu experimentei fazer a lazer numa esteticista e odiei a sensação. Mas esse aparelho pareceu me super interessante por favor continua a partilhar a tua experiência.

    ResponderEliminar
  5. Adorei ler este post identifico me muito. Continua a partilhar a experiência.

    ResponderEliminar
  6. Estando a amamentar não é aconselhável?

    ResponderEliminar
  7. Queremos passatempooooo!!!��������

    ResponderEliminar
  8. Prometes dizer se resulta mesmo? Já ouvi dizer que lhz pulsada não tem grandes resultados. Qje apenas laser díodo tem. Mas se tiver adorva comprar e fazer ehem casa!!

    ResponderEliminar
  9. Sabem se se pode fazer a amamentar? Obrigada

    ResponderEliminar
  10. Tudo depende do tipo de pêlo de cada uma. A mim na clínica onde fiz, explicaram-me que a luz pulsada será eficaz em casos de pêlo que não seja muito forte. Para pêlo forte, que era o meu caso, era recomendado laser e foi o que fiz. A rapidez com que aparecem os resultados depende de pessoa para pessoa mas geralmente com 2 ou 3 sessões já se nota bastajte diferença com o laser. De qualquer forma, na gravidez e amamentação não é recomendado pelas muitas variações hormonais,pois o crescimento do pêlo é mt influenciado por essas questões. :) eu fiz a laser e recomendo muitoooo!

    ResponderEliminar