segunda-feira, 16 de abril de 2018

O dia em que vesti, pela primeira vez, um vestido de noiva

Se eu fiquei emocionada só de entrar no atelier e de experimentar vestidos, nem imagino como ficarei quando for O DIA. O dia dos meus sonhos está a tornar-se cada vez mais real e estou cada vez mais entusiasmada.
Ainda por cima senti que a Margarida e a Catarina me conseguiam ler e construir comigo o vestido que una os meus gostos, o estilo do casamento, o que me poderá favorecer mais, o lado prático e pouco pesado para poder desfrutar do dia e das minhas filhas... foi muito mais do que tirarem-me as medidas, foi conhecerem-me e perceberem-me. Sinto que dificilmente estaria em melhores mãos do que na STOA.
Depois andei a ver os toucados, as jóias - têm lá muitas opções lindas - e já a começar devagarinho a idealizar como poderá ficar o cabelo, talvez numa trança? Sapatos têm de ser rasos ou com muito pouco salto por todas as razões: porque fazem mais o meu estilo, porque quero estar confortável e porque não quero ficar mais alta do que o noivo. 
Não quero adiantar muito que o noivo ainda cá vem ver, mas posso dizer-vos que estamos a pensar usar tule, transparências, usar rendas, talvez manga comprida, mas a parte boa é que nada está fechado e que este vai ser um trabalho em construção - e isso agrada-me muito.
Nunca tinha entrado num vestido de noiva e adorei, adorei, adorei. Que emoção!

Podem inspirar-se aqui. Garanto que são ainda mais bonitos ao vivo.


Podem ler mais sobre o casamento aqui:





Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:





3 comentários:

  1. Quando temos a sorte de encontrar pessoas assim, torna mais fácil planear um casamento... às vezes temos as nossas ideias bem organizadas mas as pessoas para venda fazer tudo para ir por outro caminho. A minha estilista estava sempre a contrariar me..sinceramente eu já dizia que sim a tudo..tao cansada que eu já estava de planear um casamento campestre no jardim de casa :) que dizia ok...ok... conclusão, não gostei nada do vestido! E estava grávida de 7 meses..o que também não ajudou :) boa sorte e que encontres sem pessoas que te ouçam, mesmo que queiras levar umas havaianas nos pés :)

    ResponderEliminar
  2. Joana, casei há quase um ano! Já com uma filha também! E só posso dizer que o Dia é inesquecivel, emocionante!
    Guardo tantas e tão boas memórias daquele dia!
    Quanto ao vestido de noiva senti o mesmo!! Aliás, digo a todas as minhas amigas que mesmo que não se casem, que experimentem vestidos de noiva! 😊

    ResponderEliminar
  3. Este blog tornou—se só mais um. Posts vazios, publicidade, blá blá.

    ResponderEliminar