Mostrar mensagens com a etiqueta o casamento da mãe. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta o casamento da mãe. Mostrar todas as mensagens

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Posso casar todos os anos?

Ainda tenho o dia bem guardado na memória. Passou rápido mas foi muito bem saboreado. Senti que, como éramos poucos, conseguia ir estando um bocadinho com cada. A par da cerimónia, que foi o momento mais intenso do dia, cheio de frases de amor, promessas e choro, houve momentos cheios de gargalhadas e em que nos divertimos, brindámos e tirámos o pé do chão.

E o Tiago estava em cada um deles. O Tiago é o DJ Worp, caso se pensem casar ou saibam de alguém que esteja à procura de DJ numa festa ou num evento. Ele é mesmo muito bom. Tinha amigas durante o cocktail a pedirem-me o contacto porque a música que estava a pôr era mesmo boa. E houve vários momentos em que ele fez a diferença, além do cocktail e da festa (para a qual tínhamos dado uma playlist pequena, apenas indicativa dos possíveis moods): 

- eu entrei ao som de uma música linda - Into My arms, um cover do Nick Cave
- depois, no jantar, cantei, de surpresa, Somewhere Only We Know, dos Keane, uma música especial para ambos, já que marca a altura em que começámos a namorar e em que o David me levou a um concerto no Porto, a nossa primeira escapadinha a dois; 
- dancei com o meu pai By Your Side, da Shade, uma música que ouvíamos vezes sem fim no carro, ainda com cassete e, também, a Mafiosa (sim, sim, isso)
- dançámos, com as miúdas, uma música de que elas gostassem (acho que foi o Você Partiu Meu Coração ou algo do género) e depois dançámos mais umas horas com os amigos e a família, avó Rosel incluída - deu Show! Houve de tudo: anos 90, 2000, pop, pop rock... por aí fora.

A festa foi muito gira! Ainda por cima, o David, que era, dos dois, quem não fazia questão de cantar, adorou o dia! Há lá melhor sensação? Gostava de repetir. <3

As fotografias da Inês (Yellow Savages) e da Joana (The Love Project) não têm som mas deixam que se perceba a ramboiada que para ali ia :)





























Fotos:
Inês - Yellow Savages


Mais posts do casamento aqui.


Sigam-nos também no Instagram:

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

A decoração do casamento - todos os pormenores!

Já sabia há algum tempo o tipo de decoração que queria para o casamento. Algo simples, com branco e verde, com muitas folhas. De resto, não sabia muito mais. Ainda bem que encontrei a minha alma gémea, a Renata da Cravo - Event Concept Designers e juntas definimos o conceito. Ela era o meu pinterest, com a diferença de já ter experiência na área e de ter o seu próprio pinterest no instagram - tudo de sonho! Digo "juntas" e não "juntos" porque, convenhamos, o David deixou esta parte do meu lado: ele não tinha sonhado com o dia e não tinha muito tempo, mas, de vez em quando, pedia-lhe opiniões. 

A Renata foi o meu braço direito e, a par da Raquel e do Renato, os meus padrinhos, quem mais me ajudou com o casamento. Além de nos termos tornado amigas (ela é um docinho e eu desejo-lhe toda a sorte do mundo: se precisarem de ajuda a planear o vosso casamento, a receber conselhos, podem confiar nela).

Mas vamos a pormenores: 

As alianças chegavam até nós numa caixinha com vidro e repleta de folhas de oliveira. Adorei! 

Elegante, simples...



Em vez do arroz no final da cerimónia, a Cravo também encheu saquinhos de papel craft com folhas de oliveira. A ideia mais querida! 






Os convites da Molde Design Weddings definiram a parte gráfica de todo o casamento. Os menus, nas mesas, e os marcadores de lugar, com os nomes dos convidados, seguiram-se. Ficou tudo tal e qual foi pedido.

A Renata (Cravo) colocou, na hora, raminhos de oliveira em cada marcador, em cada lugar. 













 A Placa de Boas Vindas foi sugestão da Renata também e ficou maravilhosa, com acrílico e vinyl (design da Molde). 








O topo do bolo da Molde Design também seguia a linha do casamento: com os nossos nomes, com o mesmo lettering e romântico.



Um livro de honra para que os convidados pudessem escrever umas dedicatórias e duas máquinas instantâneas ficaram numa mesinha, com uma placa também em acrílico e vinyl e umas washi tapes.

O livro é da Rosa com Canela, personalizado com o nosso nome e a data, e as câmaras instantâneas brancas foram um presente que veio mesmo a calhar, da FNAC, para que pudéssemos registar os melhores momentos do dia e dos convidados. "Não percas o momento!" e nós não perdemos nadinha. Tenho o livro na mesinha no meu quarto e adoro folheá-lo, rever cada fotografia e ler o que nos escreveram as pessoas que melhor nos querem nesta vida.




























O painel "It Was Always You", feito à mão pela Renata da Cravo, foi mais um pormenor que me deixou muito feliz e acabou por ser o sítio onde fizemos as fotografias mais "clássicas" com a família e os amigos. Detalhes que fazem a diferença.



E, por fim, como já vos mostrei aqui, tivemos um cantinho especial para as crianças, que teve as mãos de fada da Maria das Festas (que são mais "Marias", na verdade) e ficou muito bonito. E bem doce. Elas podem dar um toque especial ao vosso casamento.
"Roubei" um daqueles arcos de oliveira para a minha cabeceira de cama, adoro a recordação.





Acho que está tudo. Espero que tenham gostado, que se inspirem e que partilhem com quem vai casar alguma ideia de que tenham gostado <3

Obrigada a todos os fornecedores por tamanho talento e paciência.

Com a Renata <3 

Fotografias The Love Project 

💗

Sigam-nos também no Instagram: