Mostrar mensagens com a etiqueta hotel. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta hotel. Mostrar todas as mensagens

domingo, 10 de junho de 2018

O nosso hotel na Irlanda era maravilhoso!

Acho que nunca tínhamos ficado num hotel tão elegante. Não é muito comum nas nossas viagens ligarmos a isso, mas desta vez foi diferente. Quisemos juntar o útil ao agradável e fazer uma espécie de lua de mel com as miúdas, com tudo a que temos direito: já que não vão connosco na nossa lua de mel e vamos bater todos os recordes de tempo longe delas, quisemos dar-lhes (e a dar-nos) este miminho. Foi especial.


Intercontinental Dublin
Ficámos no Intercontinental Dublin porque, apesar de não ser no centro-centro, nos pareceu perfeito para o que desejávamos e não nos custa nada caminhar (nem sei bem quantos kms fizemos ao todo). Logo que chegámos, ficaram radiantes só de ver um lago com repuxos. "Piscina!", gritou a Luísa. À entrada, o funcionário, que era sul-americano (não me recordo o país), era uma simpatia e começou a dizer umas palavrinhas em português e as miúdas acharam-lhe muita piada.






Dica importante: Reservámos directamente com o hotel porque, além de ficar mais barato, traz outras vantagens - tinha lido o post das Dicas da Bá sobre este programa de fidelização, o IHG Rewards Club e que fala de um estudo que mostra que a marcação diretamente nos hotéis permite elevadas poupanças: 28 milhões de euros por ano em toda a Europa. E eu usava normalmente aqueles sites de comparação de preços... [bem estranhava aquelas estratégias de marketing do "último quarto!", "mais 3 pessoas estão a ver esse hotel"]. O IHG tem vários hotéis, como o Holiday Inn, onde já ficámos, por exemplo, e assim vamos acumulando pontos e tendo outras vantagens, como late check out ou outras benesses, consoante o caso e o hotel. Por isso, não vos digo para não usarem comparadores de preços que até dão jeito, mas no final reservem directamente com o hotel, que é melhor :)

Recepção
A recepção é lindíssima, com um candelabro enorme, e com uma sala e bar em frente enorme e com muita luz. Vemos logo o jardim, muito verdinho e com outro repuxo - jardim que vimos aliás todas as manhãs ao pequeno-almoço - encantador!



Piscina
No primeiro dia, já lhes tínhamos dito que iríamos até à piscina e assim foi. Aliás, fizemos um primeiro dia praticamente só de hotel: já chegámos a seguir ao almoço e queríamos descansar - saímos para ir jantar lá perto e ir fazer umas comprinhas ao supermercado.
A piscina era na zona do SPA, coberta, mas com uma vidraça grande a dar para um pequeno jardim, de onde vinha muita luz. Tinha horários específicos para crianças (e acho lindamente, há que dar algum descanso a quem vai para ali sem filhos e para descansar!) - horários bastante alargados, atenção. Estava muito quentinho e ficámos lá até a pele dos dedos engelhar toda. :) À saída vestimos os nossos roupões - elas ficavam a coisa mais apetitosa deste mundo.











Pequenos-almoços
Na manhã seguinte, descobrimos a perfeição. Eu sei que sou uma fácil no que toca a comida, mas foram os melhores pequenos-almoços de hotel de sempre, a sério. Ainda hoje me babo toda a pensar neles, que reforçávamos bem para depois só almoçarmos algo mais leve e mais tarde. Tinha tudo. E quando eu digo tudo, é mesmo tudo. Desde refeições quentes, a imensos tipos de queijos e iogurtes, saladas, fruta imensa, muitos pães, escuros, claros, fatiados, bolos, flocos, frutos secos, ovos mexidos, cozidos ou omeletes feitas na hora com o que quiséssemos, sumos naturais e ainda uns smothies deliciosos (o de banana era uma coisa...) e várias opções para celíacos. Se vos disser que demorávamos quase uma hora a tomar o pequeno-almoço, não vos estou a mentir. Até porque, quando elas descobriram que havia melancias pequeninas, comeram umas 20 cada. 5estrelas: o melhor do hotel.










Quarto e a casa de banho
O quarto era espaçoso (vejam aqui o vídeo nos highlights do instagram)- puseram-nos uma cama para a Isabel e um berço para a Luísa e sobrava ainda imenso espaço - e a casa de banho era branquinha, grande, com chuveiro e banheira (onde elas tomaram banho todos os dias, para matar as saudades e relaxarem de dias intensos (em nossa casa só temos chuveiro). A cama era enorme e com um colchão mesmo mesmo bom.




Refeição no quarto
Na noite seguinte, estávamos tão cansados que achámos que o melhor era mesmo comer no quarto depois do banho. Encomendámos pizzas e saladas e lá fizemos o nosso banquete. Fruta e uns iogurtes bio de coco que comprámos no Tesco (vamos muito a supermercados quando estamos a viajar, abastecemo-nos de tudo o que é bom, até para tentar compensar a falta de sopas delas). Ficou mais barato do que se tivéssemos ido comer fora e sentimos como um luxo: aquelas bandejas a chegarem ao quarto parecia cena de filme :)




Família louca. Foi tão bom!


Juro que a miúda é tão leve que não danificou os arbustos (e sim, dissemos-lhe que não se fazia mal o fotógrafo se apercebeu)

Esta semana sai post sobre as mini-férias com dicas dos sítios que visitámos em Dublin, vai demorar mais um bocadinho a escrever ;)


Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:


terça-feira, 10 de abril de 2018

Terra do Sempre: um fim-de-semana em família mais que perfeito!

Já estava na minha lista há muito tempo. Em Grândola, a pouco mais de uma hora de Lisboa, havia um sítio a que desejava ir há já uns três anos, pelo menos: a Terra do Sempre. Tinha visto fotografias da Rita Ferro Alvim e da Isabel Saldanha por lá e ainda questionei se seria graças ao dom das fotógrafas que tudo aquilo parecia idílico. Mas não. Testemunhámos, por nós, a leveza de um turismo rural despretensioso, simples, acolhedor e muito, muito familiar, onde nos sentimos em casa. 

Dos passeios pela quinta da Gertrudes, onde as crianças podem alimentar os patos, os coelhos, o burro (viram um cisne recém-nascido e um gato com 3 dias, um amor!), ao cinema projectado numa tela depois de jantar (enquanto os pais conversavam e ouviam histórias de viagens por Moçambique, África do Sul e Marraquexe, que a Bárbara tão bem descreve - sigam o site Terra do Sempre em Viagem, que lançou agora!), ao quarto que nos devolve a capacidade de sonhar: ficámos no Mil e Uma Noites (há o Alice, Peter Pan, Romeu e Julieta, Tom Sawyer, Robin Hood e E Foram Felizes Para Sempre), seja na casa principal, na casa agrícola ou em cabanas de madeira sobre estacas: tudo  é simplesmente luminoso, harmonioso e despojado.

Só há uma televisão e fica na sala comum, onde também há um piano, livros e quadros. A sopa de entulho da Gertrudes estava daqui (a Luísa quis mais e mais). As panquecas, deliciosas. Os baloiços de madeira e a casinha na rua para eles brincarem. Aquela família, que se vem sentar à mesa connosco, uma maravilha de escutar (em calhando, o Pedro vai de férias com os 3 filhos para a neve - ouçam bem isto e registem para quando o vosso marido disser que lhe custa ir sozinho com a miúda ao... supermercado ;) ). Aquele ambiente põe-nos a fazer amigos como eu pensava que só as crianças faziam (olá, Eduardo, olá, Sofia!). A piscina fez-me sonhar com mergulhos em fins de tarde quentes, no verão. Sim, vamos voltar, digo-o com toda a certeza. 

Aproveitámos que estávamos perto e fomos até ao Badoca Park e foi muito giro, mesmo tendo apanhado um bocadinho de chuva que mal se notou. (Podíamos  também ter ido até à praia do Carvalhal, por exemplo, a 20 minutos...). Sábado à noite janta-se por "casa"; à chegada e de partida, fomos a Grândola e ficámos igualmente bem servidos: no Espiga (que migas de espargos de babar!) e no Taberna D'Vila (a trouxa de morcela e maçã para entrada é... tenho de parar com esta descrição e meter-me nos batidos verdes JÁ!).

A sério, dêem-se ao luxo de marcar um fim-de-semana na Terra do Sempre, assim que possam (caso tenham vaga AHAH), que vale mesmo, mesmo a pena. Só posso desejar muito sucesso a esta família empreendedora e sonhadora que fica nos nossos corações (a Isabel já perguntou pela Alice, a filha mais nova do casal, não sei quantas vezes...).

































































Gostaram? :)
Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais: