Mostrar mensagens com a etiqueta bolos. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta bolos. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 23 de março de 2018

Bolos de anos nas escolas com açúcar: sim ou não?

Tenho um comportamento diferente nas festas em casa e nas festas na escola. Não gosto (ou não me sinto muito confortável) de levar bolos muito açucarados, com coberturas ou recheios, para a escola, nos aniversários. Se calhar sou até incoerente, mas é como se, não oferecendo outras opções saudáveis e não tendo por perto os pais das crianças para os orientarem, tivesse o dever de oferecer um bolo “menos mau”. Nessa semana tinham tido outro bolo de outra colega (não faço ideia de como era nem faço intenção de saber), iam ter outros bolos na festa, e foi uma espécie de contrabalanço. Além de que acho que a escola deve promover bons hábitos, sei lá. Já basta todas as excepções que vamos fazendo (e que, com os anos a passarem, vão sendo mais regulares: pelo menos aqui por casa, vou cedendo mais aos pedidos). Atenção que não me caem os parentes na lama se os bolos na escola tiverem coberturas, não fico a tremelicar de um olho, nem faço um abaixo-assinado, já fui mais stressadita com estas questões (e às vezes é mesmo o único bolo de anos da criança, não há cá mais festas).
Aliás, com 4 anos não me chateia como me chateava com 1 ano, nem com a Luísa me apoquento como me apoquentava com a Isabel (já comeu o dobro dos doces, gelados, que a irmã tinha comido com ano e meio, com os segundos é mais difícil controlar, não é?). Tento que tenham uma alimentação variada, não comem papas de compra em casa, nem muita comida embalada, mas ao fim-de-semana e dias de festa abro excepções, comemos fora, comemos sobremesa, pipocas se formos ao cinema, não recuso assim grandes pedidos. Vamos gerindo.
O bolo da escola foi de laranja, feito por uma amiga (obrigada Inês!), e por cima levou com um arco-íris e estrela com glitter, uma vela com o número 4 da Caramela Parties e uma Dora a Exploradora improvisada. Levou também o balão nr 4 e andou toda feliz a distribuir o bolo aos amigos. A Luísa deu em chorar quando cantámos os parabéns, a tentar roubar o protagonismo da mana, a miúda :) , mas de resto foi um momento bem bonito (eles ficam todos orgulhosos quando nos têm na escola, não é?). 








Vela rosa nr 4, topper arco-íris e balão hélio nr 4 - Caramela Parties

 Podem ler também:

A FESTA DE ANOS DA ISABEL

OS VESTIDOS DOS ANOS

FOI PINTAR AS UNHAS AO CABELEIREIRO!

Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:

domingo, 18 de março de 2018

A festa dos 4 anos da Isabel

Estava tudo tão bonito e feito com tanto carinho e atenção a cada detalhe que era impossível que as miúdas não ficassem encantadas. "A Masha pintou o bolo!", ouviu-se, numa voz límpida, vibrante, de quem tem a felicidade e a ingenuidade estampada no rosto. Era a festa dos quatro anos da Isabel e da prima Alice.

Quem tratou de tudo, fê-lo com tanto cuidado! Dos balões ao design, dos doces aos salgados, com marcadores a identificar cada delícia, desde os minicupcakes, com coberturas em cores deliciosas, bolachinhas feitas como se de uma pintura se tratasse, tacinhas com fruta, gelatinas e mousse de morango, wraps de atum e quark com milho, empadinhas, tábua de queijos... o cardápio era variado e saboroso, para adultos e crianças. As meninas da My Little Love vieram de Lisboa para Évora e chegaram com uma energia e simpatia contagiantes, mesmo quando se depararam com uma sala bem mais pequena do que esperavam e com menos uma mesa do que estava combinado! Deram a volta à questão em meio tempo e ficou tudo mais que perfeito.

E o bolo e as bolachas, há lá coisa mais querida? São da Açúcar às Bolinhas, assim como os “cupcakezinhos”. Por dentro, o bolo era de Oreo (escolha aqui da gulosa) e estava bem bom. O tema foi A Masha e O Urso e adorei a sugestão de, fugindo à temática da casa do urso e das madeiras e floresta, optar pela pintura. Diferente, com cores tão bonitas e com desenhos primários como se fosse uma criança (ou eu, tal é a minha habilidade...) a desenhar e a pintar. Perfeito.
Os miúdos adoraram e os adultos também. (As minhas pregas nas ancas também devem ter adorado os brigadeiros e os beijinhos de côco. Amanhã começo uma desintoxicação que podem esfregar-me leite condensado na cara que eu não vou comer! Prometo!)

Fiquem com uma amostra da festa bonita que fizemos na casa dos sogros e da felicidade das miúdas, que brincaram, correram, desenharam e pintaram, claro, os vestidos novos todos (vou fazer de conta que não me importei nada com esta última parte... sai com leite ou limão, certo?).
Espero que gostem!






































Festa - My Little Love 
Bolo dos anos, bolachas e cupcakes -  Açúcar às Bolinhas 

Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos 0e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram:
E nos nossos pessoais:


segunda-feira, 19 de junho de 2017

A Joana Paixão Brás diz que faz anos. Ou estará a mentir?

Ai que coisa mais linda e maravilhosa. A Joana Paixão Brás faz 31 anos. Sabem o que é que isto quer dizer? Uma dezena de posts a dizer que está muito linda e que não veste Prada (só porque não pode) e 82 festas de aniversário. 

Houve uma vez que faltei à festa de aniversário dela (ou, se calhar, a todas, que não me lembro de nenhuma), mas a verdade é que tinha esperança que houvesse mais uma todos os dias do ano seguinte. Como aconteceu, por exemplo, com a Luísa. 

Fomos de férias para o Aquashow e já tinha havido, pelo menos esta festa da Luísa: 


Depois, estava eu na piscina com a Irene, vejo isto a acontecer (uma bebé a pôr à boca imenso açúcar e a espatifar um bolo perfeitamente apto para comer... só porque... sim, para a foto?): 


Esperem, mas isto ainda não acabou! Ao jantar (óptimo buffet, by the way), lá veio mais um bolo (delicioso por sinal) e porquê? Porque a Luísa fez anos há semanas e porque 80 bolos ainda não foram suficientes. 


 

 


 
Ora, a Joana Paixão Brás faz anos e certamente que fará durante um mês ou dois ou três. Vai ser a festa em casa, a festa da festa, a festa da festa da festa, as fotografias da festa, a mãe que não usa Prada, a mãe que isto, a festa dos 30 que não sei quê, mas sabem que mais? A Joana é isto. A Joana é a pessoa que mais usa o coração em tudo o que faz e sente. A Joana faz 31 anos e eu ponho as mãos no lume em que como todos esses anos foram anos em que espalhou amor por toda a gente da sua vida e em que tentou apaziguar conflitos e tentar ver sempre o lado mais positivo de tudo. É daquelas pessoas que é fiel, mesmo sem escolha -  é o amor que a faz assim. 

O amor cansa-nos, mas não apaga a nossa beleza. E tu, Joana, és bonita. Tão bonita. Continua a amar assim.

Parabéns. 

Bolo  Que Seja Doce
One 1 glitter dourado  Happy Brunette

✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩

Sigam-nos no instagram 
aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade.