domingo, 4 de março de 2018

Coisas totalmente aleatórias do fim-de-semana

- A Luísa pôs-se ontem de pé e hoje até andou! Devia estar de repouso mas só pode ser bom sinal de qualquer forma!

- Estendemos roupa. Apanhámos que começou a chover. Sol. Estendemos. Chuva e mais chuva. Está neste momento estendida encharcada. Caguei. Senti-me estúpida, claro. Tempo perdido!!!

- Começámos a dar-lhes banho numa banheira pequenina em vez de chuveiro. Choravam que se desunhavam porque tinham frio, ou ia água para os olhos ou sei lá o quê. Agora, sentem que estão num jacuzzi e também não se gasta assim tanta água. É o que há! 😀


- Estes são os Óscares com menos filmes vistos da minha parte. Cá em casa adoramos cinema e tentamos ver tudo de uma ponta à outra, mas este ano não deu. Não vimos todos os nomeados para melhor filme sequer. Mas se tivesse de arriscar, ganharia o Três Cartazes, melhor filme e melhor atriz principal. Melhor ator Gary Oldman. Desertinha para ver os vestidos!!! (A Sofia Cerveira está lindona com um Luís Carvalho!).

- No Festival da Canção aposto na Cláudia Pascoal, gosto da interpretação e a música é bem bonita. Já espreitei as outras e este ano, sim senhor! 

- Não tenho as unhas arranjadas, restos de gelinho, uma desgraça que nem me apetece sair à rua amanhã.

- Hoje só me apetecia ir gastar dinheiro em roupa. Nem saí de casa que é para não estar com ideias. Para isto até ia com as unhas todas a descascar.

- Tenho uma técnica nova: quando elas estão chatinhas ponho-as na varanda.


Brincadeirinha! (Se bem que não é má ideia!) 


sexta-feira, 2 de março de 2018

Um ano depois, o que nos diz a Irene sobre os pais se terem separado?

Já vos contei o que tivemos em conta como estratégia para responder às dúvidas da Irene relativamente ao pai deixar de morar lá em casa. Dissemos, ambos (não muitas vezes, nem me lembro de serem mais do que duas), "a mãe e o pai são muito muito amigos, mas já não são namorados". 

Fez mais uma pergunta aqui e acolá, mas nada que me tivesse deixado sem fôlego ou que me fizesse sentir muito triste - talvez por ter mesmo a certeza da decisão que foi tomada. 

No outro dia, quando abracei o Frederico no final de uma conversa importante e à frente dela, ela disse, confusa: "mas vocês não são namorados, parem com isso!!". Acabamos por lanchar os três e fiquei contente por ela ter a sorte disso acontecer. Ponho-me sempre no lugar dela e no quão confuso é parecer que cada pai pertence a um mundo diferente e que nunca se cruzam. É importante para ela, julgo eu, ver que somos uma equipa mesmo que não vivamos juntos ou que já não sejamos namorados. 



Não tem feito grandes perguntas, o que não sei se será bom ou mau. Sei que pergunta sempre quem é que a vai buscar à escola e praticamente todos os dias, apesar de termos uma rotina, mas ainda não compreende os dias da semana. Já aconteceu, ao vir embora da casa do pai dizer que não o quer deixar sozinho e, desde aí, que lhe tentamos passar mais informação sobre os dias do pai sem ela: "o pai não está sozinho, está cheio de amigos, olha aqui o tal e tal e tal". 

Agora, o que tem sido mais complicado para ela (do que nos diz) é perceber porque é que não posso ir para a casa de férias para onde já fomos todos juntos um ano. Ela continua a ir lá com o pai e os avós, no Verão, mas eu não "posso ir". Quer muito que eu fique lá e que não seja "só para um beijinho". Aqui confesso que ainda ando um bocadinho às apalpadelas e desconfortável. Talvez me toque um pouco mais fundo. Seria mais fácil se a casa fosse outra, talvez. Talvez não associasse tanto a "todos juntos", mas não é essa a questão, claro. 



Tem sido muito mais "simples" do que a minha cabeça tinha imaginado. E fico genuinamente feliz quando me diz que tem saudades do pai. Quer dizer que não só que tem saudades do pai, mas também que se sente à vontade comigo para partilhar isso. Que não nos vê em equipas diferentes. 


Mais sobre a separação e a Irene: 



Nota: o Facebook decidiu mudar o seu algoritmo e a partir de agora vai mostrar-vos mais posts dos vossos amigos e menos de páginas onde fizeram like. Querem saber quando publicamos coisas?
👉 Aqui na página de Facebook da Mãe clicam onde diz “A Seguir” e seleccionam "Ver Primeiro"
Sigam-nos também no Instagram: