Mostrar mensagens com a etiqueta almofada. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta almofada. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 13 de julho de 2017

4 sugestões giras para o quarto dos vossos filhos.

Sinto que o quarto delas está em eterna construção, qual Sagrada Família, mas sabe bem ir mudando algumas peças de decoração, brinquedos e livros (já andava a enjoar um bocado os da Patrulha Pata). 

1) Já temos uma colecção considerável de almofadas, mas, para já, não são demais. Agora que a Luísa dorme ali e partilham a cama (contei-vos aqui a novidade), forramos a parede e o chão com elas e, quando estão na cama durante o dia, acaba por funcionar como um sofá confortável. 

Unicórnios Let it Sweet

Almofada dos pandas Ternurinhas de Pano

2) Instrumentos musicais, apesar de me cansarem um bocadinho (alguém me cale o órgão na cozinha, pff!), são uma excelente forma de eles explorarem músicas e improvisarem. Esta guitarra nova é uma delícia (pelo menos enquanto não dão com ela na cabeça uma da outra).

Guitarra Fragosa
Vão estando atenta aos stories que todos os dias estas duas dão concerto


3) Livros nunca me parecem a mais. Adoro contar-lhes histórias (contamos todas as noites antes de dormir desde os 5 meses da Isabel - a Luísa ainda não liga muito) e é o que realmente gosto de coleccionar (acho o melhor presente de todos) e gosto de variar. 

Descobre o caminho no fundo do mar / o caminho na Selva (jogo/mapa interactivo) - Booksmile ( 20|20 Editora)







Histórias da Princesa Poppy - Booksmile ( 20|20 Editora)






4) Acessórios pendurados na cama e no tecto, que miúdo não gosta? Na minha adolescência punha autocolantes daqueles que brilham no escuro no tecto e nas paredes. Agora elas têm uma grinalda de bolas, uma de estrelas e umas nuvens queridas penduradas na cama.

Nuvens Cloudish







Vejam aqui:
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade.

Já dormem as duas juntas!

Custou até tomar esta decisão mas foi. Quando estávamos em Barcelona, experimentámos pô-las a dormir em colchões no chão no mesmo quarto e a Luísa, que andava a acordar de 2 em 2 horas, fez 4h-3h e pareceu-nos uma eternidade a dormir e soube-me a cura de sono (até acordava durante a noite com medo de não a estar a ouvir... como se isso fosse possível). E elas pareceram gostar de adormecer juntas! Por isso, decidimos que quando voltássemos a casa, tentaríamos pô-las no mesmo quarto. Não correu tão bem quanto nas férias, mas continuaremos a tentar. Dormem as duas na mesma cama, uma em cada ponta. Não li nada sobre isto, foi o que nos pareceu fazer mais sentido (para não se atropelarem nem acordarem tanto) e para, caso seja preciso, eu ir lá dar-lhe mama, tendo espaço para me deitar.
 
Confesso que as viagens até lá me matam aos bocadinhos e que, para dormir melhor, a trago para a minha cama no último ciclo da noite (da manhã, mais propriamente), que é quando dorme melhor, e eu, por conseguinte, também.

Não sei se vai melhorar, se voltaremos a trazê-la para o nosso quarto: não sou de decisões definitivas, se achar que não nos está a fazer bem a todos, darei um passo atrás.

Sabe bem estar no quarto à noite a ver séries (ou a babar-me toda a tentar ver séries) de mãos dadas. Sinto que reconquistei essa parte e soube-nos bem. Mas, convenhamos, dormir está em primeiríssimo lugar. Não vamos desistir já, não vamos. Vamos ver como corre. Para já aguenta-se bem.




Vejam aqui mais:


Tenho coisas novas no quarto para vos mostrar: almofadas, nuvens lindas, uma guitarra e livros. Já está aqui: Sugestões giras para o quarto dos miúdos.


Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade.

domingo, 15 de janeiro de 2017

Sou do team #golinhasàcamões

Quem diria que, numa segunda filha, eu iria resistir tantas e tantas vezes a cor-de-rosa, a fofos e golas com rendinhas? A verdade é que, estando em casa com a Luísa a 100%, e sendo eu a lavar a roupa e a tirar os cocós que às vezes fazem incursões até ao pescoço, acabo por ter menos paciência para a vestir toda arranjadinha. Acabo por optar por calças confortáveis e leggings, camisolas e casacos fáceis de vestir e despir (e a verdade é que há coisas giras num estilo mais descontraído/ boho ou lá o que é) e, quando aposto numa roupa mais romântica e girly, até sinto que estou a brincar às bonecas. 

Mas o que é facto é que, fútil ou não, adorei vê-la assim vestida. Já sei que a Joana Gama vai estar a pensar (se ler este post) que a gola é para aparar migalhas de pão, mas eu quero é que ela se lixe. Eu sou do team #golinhasàcamões (só não sou mais por preguiça) nos primeiros meses delas. E mais, andei dois anos a resistir aos Moleke, mas desta vez teve mesmo de ser. A Luísa tem apenas dois pares de sapatos (estes e umas carneiras), mas os que tem são molinhos, confortáveis e giros. Já que estava toda benzoca, vai de sessão "profissional". 

E por aí? Alguém deste team? Ou são mais #estoumenastintaspararoupas #queroéqueelesandemquentes #nãotenhovidaparapassaraferrofolharecos











Coisinhas que podem ter achado giras:
Coelhinho - MiMar Baby


---------------------
---------------------
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.