domingo, 5 de fevereiro de 2017

A Luisinha na Sic Notícias e o BLW

Já não é novidade que a Luísa se alimenta através de um método chamado Baby Led Weaning (BLW) - podem ler e ver os nossos vídeos aqui e aqui.

Não aguento esta boca desdentada cheia de comida! <3

Esta semana aconteceram duas coisas importantes.

1) Fomos a um workshop de BLW no Centro Pré e Pós Parto, em Lisboa, ministrado pela enfermeira Marília Pereira, que além de ser especialista em saúde materna e obstetrícia é a autora do blogue O Bebé Sabe (visitem, que tem óptimas receitas e sugestões). 

Além de ser um curso muito completo, que nos dá todas as bases do BLW e que acalma todos os receios e satisfaz as dúvidas, ficamos a provar várias receitas deliciosas e a comprovar que se podem fazer coisas cheias de sabor mas saudáveis. Saí de lá super inspirada! 

Vejam aqui as várias receitas que a Marília nos deu a provar: 
- almôndegas de carne e aveia
- hambúrgueres de quinoa e grão
- bolinhos de peixe
- pão de banana
- bolo de limão (a delícia das delícias)

A Luísa não me podia ver a comer nada que queria roubar [vou ficar magraaaaa eheh]. 

Há um grupo chamado O Bebé Sabe Comer, já com 11 mil membros, de onde se tiram ideias fantásticas e onde se pode esclarecer também algumas dúvidas. Se tiverem interesse, peçam adesão! 


2) Fui entrevistada, assim como a Vera e a Beatriz, para a SIC Notícias Online sobre o BLW. Leiam aqui:



Deixo-vos com o mais recente vídeo da Luísa a comer bolinhas de pescada e panquecas de banana (que aprendi no curso). Sou suspeita, mas ela é UM AMOOOOOR! (e por mim os vídeos teriam 20 minutos, mas poupo-vos um tempinho, vá).


Os próximos cursos de BLW para pais e cuidadores serão em Lisboa, dia 21 de fevereiro - vejam aqui mais pormenores - e em Beja, a 4 de março! Se têm curiosidade em saber mais sobre este método, inscrevam-se, vale muito a pena!


---------------------
---------------------
Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.

11 comentários:

  1. Até era adepta de BLW mas para isso tenho que arranjar primeiro uma cobaia :)

    ResponderEliminar
  2. Que máximo! Adoro as expressões da Luisinha quando a Joana pergunta: "é bom? gostas?" haha :)

    ResponderEliminar
  3. Bom dia. Estive a ver as receitas mas algumas tem ovo.ovo a partir dos 6? Tenho indicaçoes da pediatra que só a partir dos 9 meses se comeca a introduzir. Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No BLW a introdução dos alimentos não tem propriamente datas definidas. Só não se pode dar sal, açúcar, fritos, alimentos processados... de resto, é ir dando. O que pode fazer, caso se sinta mais segura com a introdução por ordem convencional, é ir dando consoante o "deliberado" pelo médico. Beijinhos!

      Eliminar
    2. Se não há histórico de alergias ou dermatites não há evidência que suporte adiar introduzir alimentos depois dos 6 meses, pelo contrário. O meu bebé faz 2 refeições de purés e uma de finger foods e eu introduzi o ovo porque facilita muito em fazer comidas cozinhadas que eles possam agarrar.
      Quanto ao não dar açúcar, sal e fritos, humm, essas panquecas não foram fritas? Torradas é algo muito comum de se dar com blw e pão sem sal e açúcar não é coisa que muita gente tenha por casa. Não estou a dizer que seja problemático mas nunca conheci nenhum bebé a fazer blw que não tivesse tido pelo menos 1 dessas coisas na sua dieta regularmente antes de fazer 1 ano.

      Eliminar
  4. Olá Joana,
    Onde compraste a base verde que prolonga o tabuleiro? É que o chão cá de casa anda em desespero...
    Obrigada
    Joana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vem em conjunto com o babete (une-se com velcro) é da Rebento! Não viu o vídeo, ai ai! Lol Beijinhos

      Eliminar
  5. Ela é super fofa... adoro quando ela "fala" ao mesmo tempo que come :)))

    ResponderEliminar
  6. Boa noite!Gostaria de saber se vão haver datas deste curso no Porto.Obrigada��

    ResponderEliminar
  7. Parece-me difícil conseguir que um bebé coma tudo aquilo que deve comer, sobretudo os legumes, sem ser em puré ou na sopa, por isso nunca conseguiria aderir a este método...

    ResponderEliminar